fbpx

terça, 20 de abril de 2021

Evento nacional discutirá fatores da recusa da população à vacina

O evento é uma realização em parceria da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais com o Nexo Jornal e tem transmissão gratuita

15 de março de 2021

Compartilhe

A vacinação é o meio mais eficaz de proteção - Foto: Divulgação

Nesta terça-feira (16), às 17h (horário de Brasília), a Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (Anpocs), por meio do Grupo de Trabalho Anpocs Pública, em parceria com o Nexo Jornal, realizará o Festival Anpocs Pública Nexo. O tema do evento é “A velha e a nova revolta da vacina” e será transmitido pelo canal do Nexo no YouTube.

Para participar, o interessado deve acessar o link https://www.youtube.com/watch?v=jWYyveCiFG0


O Grupo de Trabalho Anpocs Pública atua no fortalecimento de ações de comunicação pública da Anpocs junto à sociedade civil e nos meios digitais.

O Festival contará com a participação de Natalia Pasternak, bióloga e divulgadora científica e fundadora e primeira presidente do Instituto Questão de Ciência (IQC) e primeira brasileira a integrar o Comitê para a Investigação Cética.

Outra participante do Festival será a socióloga Simone Kropf, graduada em Ciências Sociais pela PUC-Rio, mestre em História Social da Cultura pela PUC-Rio e doutora em História Social pela Universidade Federal Fluminense. Atualmente, ela é pesquisadora da Casa de Oswaldo Cruz/Fundação Oswaldo Cruz e professora do Programa de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde (COC/Fiocruz).

As discussões serão mediadas pela coordenadora do Grupo de Trabalho Anpocs Pública, Lilia Moritz Schwarcz (USP), que é secretária adjunta da Anpocs. Também participarão os professores José Szwaco (IESP/UERJ), Lorena Fleury (UFRGS), Lúcia Stumpf (USP), Manuela Cordeiro (UFRR), Mario Medeiros (Unicamp) e Paulo Augusto Franco (USP).

As revoltas

O evento se propõe a fazer uma análise entre a recusa de uma parcela da população brasileira atual que não está comparecendo aos postos de saúde para se vacinar contra a Covid-19 com a revolta que aconteceu em 1904, no Rio de Janeiro, quando a população se rebelou contra a vacinação obrigatória contra varíola imposta pelo sanitarista Oswaldo Cruz.

Naquela época, o Rio de Janeiro, tinha cerca de 800 mil habitantes e sua população sofria com diferenças doenças, sendo comuns surtos de febre amarela, varíola, tuberculose, malária e peste bubônica. Por falta de informação sobre a vacina, muitas pessoas se recusavam a tomar a vacina e ocasionaram diversos tumultos por toda a cidade, sendo preciso a utilização de forças policiais. Apesar de todas as confusões, a campanha de vacinação conseguiu erradicar a varíola do Rio de Janeiro.

Sobre a Anpocs

A Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais foi fundada em 1977 e é uma entidade de direito privado sem fins lucrativos, que reúne mais de uma centena de centros de pós-graduação e de pesquisa em antropologia, ciência política, relações internacionais, sociologia, de todo o Brasil.

A Anpocs é composta por sócios institucionais e não por pesquisadores individuais. Seus afiliados contam com mais de 1.200 professores universitários e pesquisadores, além de milhares de estudantes de mestrado e doutorado em centros localizados em todas as regiões do Brasil.

Seu atual presidente é o sociólogo André Pereira Botelho, eleito para o biênio 2021-2022. Ele é graduado em Ciências Sociais pela UFRJ, mestre em Sociologia e doutor em Ciências Sociais pela Unicamp. “O propósito desse Festival é aproximar a Anpocs do debate público de temas candentes na sociedade brasileira hoje, reunindo acadêmicos e outros jornalistas, intelectuais, artistas e ativistas públicos. Daí o nome de Anpocs Pública e a parceria com o Nexo Jornal”, explicou Botelho.

Sobre o Nexo Jornal

Fundado em novembro de 2015, por Paula Miraglia, Renata Rizzi e Conrado Corsalette, o Nexo Jornal é um veículo de jornalismo eletrônico brasileiro independente. O seu objetivo principal é produzir um jornalismo que contribua para um debate público qualificado e plural, contribuindo, dessa forma, para fortalecer a democracia brasileira.

O Nexo utiliza uma diversidade de formatos na divulgação de sua produção jornalística, dentre eles infográficos, materiais interativos, vídeos e podcasts. A sua sede é em São Paulo e sua equipe é formada por 41 pessoas com diferentes formações e habilidades, incluindo jornalismo, ciências sociais, estatística, ciência de dados, design, tecnologia, marketing e negócios.

Leia mais:

Leia mais sobre a Pandemia

Guia apresenta iniciativas para suavizar efeitos da pandemia nas populações marginalizadas

Lançamento foi realizado na data em que é comemorado o Dia do Índio, e alerta que a pandemia chegou aos índios em um momento "de fragilização da política de saúde indígena".

19 de abril de 2021

Com reforço do Governo, municípios do Amazonas avançam na vacinação

De acordo com o presidente da FVS-AM, Cristiano Fernandes, equipes técnicas estão analisando as dificuldades enfrentadas de cada município para alcançar a meta de vacinação.

19 de abril de 2021

A pandemia não acabou: amazonenses precisam seguir medidas de prevenção

Usar máscaras faciais, limpar objetos de uso coletivo com álcool em gel e evitar aglomerações são as principais medidas que podem coibir o avanço da Covid-19 em todo o mundo.

19 de abril de 2021

Das Américas, é no Brasil onde há mais mortes por Covid a cada milhão de habitantes

País passou EUA, México e Peru em abril e agora é também o 13º com mais óbitos proporcionais à população no mundo. Em termos absolutos, é o 2º com mais vítimas do planeta.

19 de abril de 2021

Brasil alavanca curva e mundo registra recorde de contágio pelo coronavírus

O mundo teve 5,3 milhões de pessoas diagnosticadas com Covid em uma semana. O aumento é puxado pela Índia, mas Brasil também puxa curva para cima com novos contágios.

19 de abril de 2021

Conselho Federal de Medicina reprova tratamento precoce contra Covid-19

O posicionamento do órgão foi feito durante uma audiência pública da Comissão Temporária da Covid-19, realizada no Senado Federal na manhã desta segunda-feira (19).

19 de abril de 2021

Butantan recebe insumo e fabricará mais 5 milhões de vacinas CoronaVac

O Instituto Butantan recebeu nesta segunda-feira insumos para a fabricação de mais 5 milhões de doses da vacina chinesa CoronaVac.

19 de abril de 2021

Confira como funcionará a vacinação na semana de 19 a 23 de abril

A partir de segunda-feira, pessoas a partir dos 35 anos com comorbidades e idosos que já receberam a primeira dose das vacinas deverão comparecer aos postos de vacinação.

18 de abril de 2021