fbpx

domingo, 18 de abril de 2021

‘Eu amo meu próximo’: projeto ajuda as crianças órfãs da Covid-19

Voluntários "adotam" crianças que perderam seus genitores e as ajudam com alimentos, kits de higiene, fralda, etc. Projeto foi divulgado no Fantástico na noite de ontem (14).

15 de março de 2021

Compartilhe

Projeto tem ajudado mais bebês recém-nascidos (Foto: Reprodução)

Um dos reflexos mais tristes que o país vive ao ser considerado o epicentro da pandemia é o drama dos órfãos da Covid-19. São bebês, crianças, adolescentes e jovens que, em algum momento, terão que lidar com os impactos – financeiros e psicológicos – que as perdas lhes causaram.

Pensando em diminuir estas dores, surgiu, em Manaus, o projeto “Eu amo meu próximo”.

A idealizadora da campanha, Glauce Galúcio, conta que a ideia surgiu quando recebeu um telefonema de uma família cuja genitora havia falecido um mês após o parto de gêmeas. A mãe já tinha dois filhos.

“Muito triste ir na casa de alguém que faleceu e ver crianças precisando de ajuda”, disse a idealizadora da campanha que, por enquanto, alcança, em sua maioria, crianças recém-nascidas.

“Nós convocamos voluntários, padrinhos e madrinhas, que pudessem ajudar essas crianaças doando alimentos, kits de higiene, fraldas, São crianças que não estão em abrigos e nem estão para adoção, mas no seio familiar, com algum sobrevivente”, explicou Glauce Galúcio.

O que precisam e como ajudar

Glauce elencou quais são as principais necessidades das famílias que tem, entre seus membros, algum órfão.

  1. Leite nestogeno 1 e 2;
  2. Leite Ninho;
  3. Leite NAM;
  4. Leite Aptamil 1;
  5. Mucilon;
  6. Cesta básica;
  7. Alimentos perecíveis como: frango, carne, peixe e ovos;
  8. Fralda tamanho P, M,G e XG;
  9. Vitamina C gotas ou efervescente.

Para saber como ajudar na campanha “Eu amo meu próximo”, Glauce disponibilizou o número (92) 9 9248-0221. Ou, caso queiram entregar as doações in loco, devem se dirigir no Instituto Ipeds, localizado na Avenida Djalma Batista, nº 4836.

Texto: Rosianne Couto

Leia Mais:

Leia mais sobre a Pandemia

MP-AM descobre “fura fila” da vacinação contra a covid-19 em boca do Acre e Pauini

Processo “fura fila” estava acontecendo desde o dia 08 de abril no município de Boca do Acre, e desde 10 de abril em Pauini. MP solicitou a suspensão da vacinação.

17 de abril de 2021

CPI da Pandemia será instalada após feriado, anuncia presidente do Senado

Segundo Rodrigo Pacheco, reunião de instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito da Pandemia ocorrerá após o feriado de 21 de abril, possivelmente no dia 22 ou no dia 27.

17 de abril de 2021

Manaus faz repescagem para vacinação de pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos

Semsa disponibiliza sete pontos de vacinação estrategicamente localizados, que funcionarão até às 16h, em sistema de drive-thru e ponto fixo, para agilizar a aplicação.

17 de abril de 2021

Profissionais de saúde do Amazonas recebem abono salarial

O governo investirá R$ 30 milhões no pagamento de 25.406 trabalhadores, por meio de uma folha de pagamento extra. O menor valor é de R$ R$ 732 e e o maior, de R$ 3,3 mil.

17 de abril de 2021

AM ocupa segundo lugar na imunização com a primeira dose contra Covid-19

Levantamento realizado pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) apontou que 18% dos amazonenses foram vacinados com a primeira dose do imunizante contra a Covid-19.

17 de abril de 2021

‘Não podemos relaxar’, diz Wilson ao anunciar 21 municípios sem internações

Wilson Lima usou as redes sociais para compartilhar a 'excelente notícia' com seguidores, mas fez um alerta quanto à necessidade de manutenção dos protocolos sanitários.

16 de abril de 2021

‘Nenhuma dose foi perdida no Amazonas’, garante diretor da FVS

Wilson Lima reforçou na live de hoje que "não houve desperdício e que há em estoque é referente à reserva técnica e doses que ainda não foram retiradas pelos municípios".

16 de abril de 2021

Lojistas são os mais beneficiados com novo decreto anunciado por Wilson Lima

Shoppings, academias, supermercados, lan houses e lojas, em geral, ganharam horas a mais para o funcionamento no decreto que passará a valer na segunda-feira (19).

16 de abril de 2021