fbpx

quinta, 06 de maio de 2021

Covid-19: especialistas dizem que vacinar todos em 2021 é ‘improvável’

Ontem, o ministro Marcelo Queiroga disse ser possível vacinar todos os brasileiros este ano. Para especialistas, meta só é possível com estratégia para obter imunizantes.

4 de maio de 2021

Compartilhe

Debate aconteceu na manhã de hoje (Foto: Reprodução)

Na manhã desta terça-feira (4), três médicos especilistas participaram de um debate com a jornalista Fabíola Cidral, do site UOL.

Na discussão, cujo tema abordado foi “Quando estaremos todos vacinados contra a Covid-19?”, os três entrevistados foram enfáticos ao afirmarem que, até o final do ano – como disse ser possível, ontem (3), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga – é “bastante improvável” que a vacinação contemple toda a população.

Participaram do debate os médicos Drauzio Varella, Natalia Pasternak e Esper Kallás que justificaram seus posicionamentos alegando falta de vacinas e, também, falta de logística para o Plano de Vacinação.

“Nós temos um dos melhores Programas Nacionais de Imunização (PNI), mas não temos vacinas. Acho que não vamos ter acesso ao número de vacinas que seriam necessárias para vacinar os 210 milhões de brasileiros”, afirmou o médico Drauzio Varella.

Para a microbiologista Natalia Pasternak cumprir o prazo “vai ser difícil” porque o Governo Federal “precisa realmente correr atrás dos contratos, e a gente sempre tem que lembrar que processo industrial é um processo cheio de percalços e gargalos”.

No entanto, Natalia destaca como “interessante” a postura do novo ministro. “Pelo menos ele usa máscaras, fala favoravelmente sobre vacinas e fala para o público que vacinas são importantes. Acho que isso já é um avanço”.

Para o infectologista Esper Kallás, a meta é possível se for estabelecido uma estratégia que crie meio para que as vacinas cheguem ao país.

“Precisa de muito investimento, vontade politica, e formas de trazer pra população a importância que vacinas tem pra contenção de doenças infecciosas”.

Texto: Rosianne Couto

Leia Mais:

Leia mais sobre a Pandemia

Mais 57.900 doses da vacina AstraZeneca desembarcam no Amazonas

As doses ficam na FVS-AM até o recebimento do informe técnico que direciona para quais grupos serão destinadas. A partir de então, cada município pode fazer sua retirada.

6 de maio de 2021

Rio de Janeiro identifica nova variante em circulação no estado

A cepa, que recebeu o nome P.1.2 foi encontrada principalmente na região Norte, mas também foi identificada em amostras nas regiões Metropolitana, Centro e Baixada Litorânea.

6 de maio de 2021

‘Capitã Cloroquina’ confirma plano de difundir medicamento em Manaus

Mayra Pinheiro é servidora do Ministério da Saúde e atuou como auxiliar de Pazuello - e agora de Queiroga. Afirmação foi dada ao Ministério Público Federal.

6 de maio de 2021

Plano Nacional de Imunização recebe hoje mais um milhão de doses da CoronaVac

Instituto Butantan informou que está negociando com a Sinovac o envio de mais um carregamento com três mil litros do ingrediente farmacêutico ativo (IFA).

6 de maio de 2021

Mais 628 mil vacinas da Pfizer chegaram ao Brasil nesta quarta-feira

Segundo a Pfizer, o lote que chegou a noite ao Aeroporto de Viracopos, em Campinas, tem 628,2 mil doses e faz parte de acordo firmado em março com o governo brasileiro.

6 de maio de 2021

Em 10 dias, Semsa quer imunizar 1,1 mil pessoas na calha do rio Negro

Nos dias de viagem, a UBS fluvial vai atender a oito comunidades. Além da vacina contra a Covid, os servidores também estão levando os imunizantes contra a Influenza.

5 de maio de 2021

Opas alerta sobre manutenção de medidas preventivas mesmo após vacinação

Diretora da Opas diz que vacina é fundamental no combate à pandemia, mas que países da América Latina ainda não receberam doses suficientes para imunização abrangente.

5 de maio de 2021

Mesmo sem novas doses, Prefeitura abre cadastro para educadores e PcDs

Por meio do site Imuniza Manaus, a Prefeitura de Manaus já está cadastrando estes grupos, mas ainda não há previsão para que Semsa retome aplicação da D1.

5 de maio de 2021