fbpx

quarta, 21 de abril de 2021

Coletas da CovacManaus serão enviadas ao Butantan semanalmente

A UEA irá montar um estrutura para o processamento das amostras do estudo CovacManaus. Em SP, será avaliado o desenvolvimento de anticorpos.

19 de março de 2021

Compartilhe

Foram doadas 10 mil doses para testes no AM (Foto: Divulgação)

Com o objetivo de agilizar a análise de amostras de sangue extraídas de servidores no estudo CovacManaus, um laboratório de processamento foi montado na Escola Normal Superior da Universidade do Estado do Amazonas (ENS/UEA) especialmente para o projeto. O local reúne 12 especialistas em Biomedicina e Farmácia responsáveis por armazenar as coletas, que serão enviadas para sorologia no Instituto Butantan, em São Paulo.

O laboratório irá concentrar as coletas de sangue de trabalhadores com comorbidades vacinados no projeto e também daqueles que não receberam o imunizante (sem comorbidades), mas que participarão do estudo por meio da sorologia. Ao todo, 10 mil servidores da educação e segurança participarão da pesquisa.

A pesquisadora da Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), Gisely Melo, explicou que a estrutura existente na universidade foi equipada com aparelhos e insumos. A ideia é dar rapidez no processamento das coletas.

“É muito importante porque se a gente não tivesse esse laboratório aqui, tudo seria feito em outro local da cidade, e o processo seria muito maior. Assim que a gente recebe essa coleta, é feito o registro do volume coletado e processamento, cortando em volumes menores para quando ela (coleta) for congelada já esteja identificada”, disse a especialista.

Todas as coletas serão encaminhadas semanalmente para a FMT-HVD, e em seguida, destinadas ao Instituto Butantan, em São Paulo, que avaliará o desenvolvimento de anticorpos.

Pesquisa

O lançamento da pesquisa ocorreu nesta quinta-feira (18/03) com transmissão nas redes sociais, reunindo representantes da Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) e Fiocruz. Os procedimentos de vacinação começaram no mesmo dia, na Escola Normal Superior da UEA, e vão até abril. O estudo sobre os impactos da vacina neste grupo deve durar um ano.

A pesquisa, batizada de CovacManaus, visa identificar se a aplicação da CoronaVac em pessoas com comorbidades terá impacto na prevenção de formas mais graves da doença na capital amazonense, onde predomina a variante P.1 do vírus. Aqueles que não possuem comorbidades também poderão participar da pesquisa por meio da sorologia.

Doses

O Governo do Amazonas recebeu, na manhã de quarta-feira (17/03), 10 mil doses da vacina CoronaVac para uso na pesquisa CovacManaus. As doses serão aplicadas em duas fases, alcançando 5 mil pessoas com comorbidades. O Estado, por meio da Fapeam, investiu R$ 2 milhões na pesquisa.

Com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre a Pandemia

AstraZeneca: novo lote completa esquema vacinal de idosos acima de 75 anos

A nova remessa de 152.250 doses do imunizante completa o cronograma vacinal dos idosos que receberam a primeira dose entre final de janeiro e início de fevereiro.

21 de abril de 2021

‘É urgente colocar em pratos limpos tudo o que deixou de ser feito’, frisa Omar

Futuro presidente da CPI da Covid, Omar Aziz diz a TV RealTime1 que Ministério da Saúde cometeu "erros feios" no combate ao coronavírus ao longo da pandemia.

21 de abril de 2021

Ministério da Saúde quer adquirir mais 100 milhões de doses da Pfizer

O início da entrega aconteceria ainda em 2021, mas o uso destes imunizantes só entraria no Plano de Vacinação a partir do ano que vem.

21 de abril de 2021

Crise de oxigênio: CPI da Covid vai chamar White Martins para depor

O senador, favorito para ser o presidente da CPI da Covid, revelou em entrevista a TV RealTime1, que diretores da empresa serão ouvidos como testemunhas da crise em Manaus.

21 de abril de 2021

Feriado não para ritmo da vacinação em Manaus; confira os locais

A programação desta quarta-feira contempla pessoas na faixa etária de 44 a 47 anos, com comorbidades. Também estão sendo vacinados com a segunda dose, idosos de 60 a 63 anos.

21 de abril de 2021

Decreto prorroga auxílio emergencial aos trabalhadores da cultura

Planalto ressaltou que o decreto não representa aumento de gastos públicos, apenas permite a execução dos restos a pagar e traz maior segurança jurídica ao setor da cultura.

21 de abril de 2021

Consultorias alertam para falta de previsão sobre impacto da Covid-19 na LDO 2022

Texto dos consultores alerta para a ausência de previsão sobre os riscos que podem afetar receitas, despesas e dívida pública em função dos efeitos da Covid-19.

21 de abril de 2021

Amazonas ultrapassa líder no ranking mundial em nº de mortos por Covid

Se fosse um país, o maior estado do Norte teria ultrapassado a República Theca que é, hoje, quem registra mais óbitos pela doença a cada milhão de habitantes.

20 de abril de 2021