fbpx

sábado, 08 de maio de 2021

Boletim da FVS-AM aponta que o Estado se aproxima de 330 mil pessoas infectadas

Boletim epidemiológico divulgado, nesta terça-feira (9), apontou ainda a morte de 53 pessoas pela doença, cujo primeiro caso foi registrado no dia 13 de março do ano passado

10 de março de 2021

Compartilhe

O número de mortes pela Covid-19 no Amazonas chegou a 11.341, sendo mais de 8 mil só em Manaus

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), por meio do Boletim Diário de Covid-19, edição de nº 340, traz o diagnóstico de 1.610 novos casos de Covid-19, totalizando 326.174 casos da doença no estado.

Segundo o boletim, foram confirmados 53 óbitos por Covid-19, sendo 17 ocorridos na segunda-feira (8) e 36 óbitos foram encerrados por critérios clínicos, de imagem, clínico-epidemiológico ou laboratorial, elevando para 11.341 o total de mortes.

Na capital, de acordo com dados da Prefeitura de Manaus, na segunda-feira (8), foram registrados 11 sepultamentos por Covid-19. O boletim acrescenta ainda que 36.341 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão sendo acompanhadas pelas secretarias municipais de saúde, o que corresponde a 11,14% dos casos confirmados ativos.

Rede de Assistência – Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 856 pacientes internados, sendo 430 em leitos (92 na rede privada e 338 na rede pública), 411 em UTI (106 na rede privada e 305 na rede pública) e 15 em sala vermelha, estrutura voltada à assistência temporária para estabilização de pacientes críticos/graves para posterior encaminhamento a outros pontos da rede de atenção à saúde.

Há ainda outros 184 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 144 estão em leitos clínicos (21 na rede privada e 123 na rede pública), 19 estão em UTI (4 na rede privada e 15 na rede pública) e 21 em sala vermelha.

De acordo com o boletim, há outros 359 pacientes internados, com Covid-19, na rede pública de saúde do interior do estado, conforme informado pela Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM). São 31 em Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) e 328 em leitos clínicos.

Banco de dados – O boletim diário é construído com as informações disponibilizadas diariamente pelas prefeituras municipais, todos os dias da semana, incluindo fins de semana e feriados.

A consolidação dos casos notificados no Amazonas é realizada pela FVS-AM a partir de informações obtidas em três sistemas: e-SUS Notifica, Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe) e o Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL), até às 10h de cada dia. Em Manaus, foram notificados 410.322 casos, enquanto no interior do estado, o número chega a 393.223.

Ao todo, cinco municípios não atualizaram o sistema de informação para consolidação dos dados do boletim. São eles: Anori, Eirunepé, Juruá, Tabatinga e Tefé.

Municípios – Dos 326.174 casos confirmados no Amazonas até esta terça-feira (09/03), 150.986 são de Manaus (46,29%) e 175.188 do interior do estado (53,71%).

Além da capital, os 61 municípios têm casos confirmados: Coari (9.086); Parintins (8.610); Iranduba (7.807); Tefé (7.362); Manacapuru (7.230); São Gabriel da Cachoeira (7.163); Humaitá (6.577); Itacoatiara (6.486); Carauari (5.601); Presidente Figueiredo (5.406); Lábrea (5.231); Rio Preto da Eva (4.120); Careiro (4.072); Barcelos (3.961); Ipixuna (3.842); São Paulo de Olivença (3.747); Eirunepé (3.492); Maués (3.425); Tabatinga (3.055); Itapiranga (2.751); Manicoré (2.661); Santa Isabel do Rio Negro (2.651); Autazes (2.483); Pauini (2.446); Atalaia do Norte (2.417); Alvarães (2.400); Benjamin Constant (2.396); Boca do Acre (2279); Nova Olinda do Norte (2.272); Urucurituba (2.202); Barreirinha (2.069); Novo Airão (2.033); Beruri (1.913); Maraã (1.815); Urucará (1.780); Anori (1.769); Amaturá (1.737); Tapauá (1.673); Santo Antônio do Içá (1.585); Uarini (1.585); Nhamundá (1.554); Anamã (1.512); Borba (1.440); Envira (1.417); Novo Aripuanã (1.403); Codajás (1.370); São Sebastião do Uatumã (1.351); Manaquiri (1.332); Fonte Boa (1.303); Jutaí (1.297); Guajará (1.278); Silves (1.226); Tonantins (1.107); Canutama (1.025); Apuí ( 896); Juruá ( 845); Careiro da Várzea ( 820); Boa Vista do Ramos ( 803); Japurá ( 763); Itamarati ( 717) e Caapiranga ( 539).

Óbitos – Entre pacientes em Manaus, há o registro de 8.041 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus. No interior, são 61 municípios com óbitos confirmados até o momento, totalizando 3.300.

A lista inclui Manacapuru (277); Parintins (289); Itacoatiara (259); Coari (185); Tefé (156); Iranduba (121); Tabatinga (113); Humaitá (118); São Gabriel da Cachoeira (94); Maués (84); Presidente Figueiredo (88); Autazes (80); Lábrea (65); Benjamin Constant (64); Nova Olinda do Norte (56); Manicoré (61); Careiro (76); Barcelos (51); Rio Preto da Eva (58); Borba (44); São Paulo de Olivença (56); Barreirinha (52); Urucará (48); Santo Antônio do Içá (35); Alvarães (33); Santa Isabel do Rio Negro (40); Manaquiri (40); Carauari (39); Fonte Boa (29); Tonantins (33); Anori (29); Novo Airão (28); Beruri (31); Nhamundá (30); Jutaí (32); Boca do Acre (21); Itapiranga (26); Novo Aripuanã (24); Guajará (20); Urucurituba (27); Tapauá (19); Uarini (22); Eirunepé (20); Ipixuna (16); Pauini (17); Caapiranga (19); Apuí (18); Codajás (18); Silves (21); Amaturá (15); Boa Vista do Ramos (11); Maraã (12); São Sebastião do Uatumã (17); Juruá (13); Canutama (8); Itamarati (9); Careiro da Várzea (13); Atalaia do Norte (7); Japurá (7); Anamã (4) e Envira (2).

Avaliação de Risco da Covid-19 – Atualmente, as fases da situação epidemiológica de Covid-19 no estado estão representadas nas cores do cabeçalho do Boletim Diário de Casos de Covid-19 no Amazonas.

Para cada nível de risco há uma fase de ativação do plano de contingência, a qual estabelece medidas restritivas de atividades comerciais e sociais, de acordo com o Plano de Contingência Estadual.

O Amazonas encontra-se na fase vermelha, que corresponde à classificação de alto risco para transmissão de Covid-19.

Referência – A FVS-AM é responsável pela Vigilância em Saúde do Amazonas e atua no monitoramento de doenças no estado. A instituição funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na avenida Torquato Tapajós, 4.010, Colônia Santo Antônio, Manaus.

Leia mais sobre a Pandemia

Governadores pedem à Anvisa nova análise da vacina Sputnik V

Representante da União Química, Fernando Marques, responsável pelo imunizante russo no país, disse que apresentará novo pedido de uso emergencial de mais 10 milhões de doses.

7 de maio de 2021

Primeira semana de maio tem 37 óbitos por Covid-19 no Amazonas

A FVS tem destacado que os números vêm caindo em todo o estado, mas frisa que as medidas de proteção contra a Covid devem continuar, inclusive para quem recebeu a vacinação.

7 de maio de 2021

Covid-19: mortes seguem caindo lentamente, mas casos voltam a subir

No período de 25 de abril a 1º de maio, foram registrados 16.945 óbitos, enquanto na semana anterior foram contabilizadas 17.814 mortes para a doença, segundo dados do MS.

7 de maio de 2021

Queiroga quer fiscalizar recursos repassados aos estados na pandemia

A portaria publicada pelo ministro vem após Jair Bolsonaro reforçar a narrativa de que governadores têm utilizado recurso para enfrentamento da Covid-19 para outras áreas.

7 de maio de 2021

Fiocruz prevê produção de insumos da vacina contra Covid para junho

A produção do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) leva cerca de 45 dias, mas os insumos ainda precisarão passar por etapas regulatórias e de testes.

7 de maio de 2021

‘Queima de arquivo’: recomendação para uso de cloroquina é tirada do ar

Após 337 dias no ar e com CPI acontecendo no Senado, Ministério da Saúde apagou recomendação para uso de cloroquina em casos leves, moderados e graves de Covid-19.

7 de maio de 2021

Aplicação da 1ª dose será retomada em Manaus ; confira o calendário

A partir deste sábado (8), a Semsa volta a aplicar a primeira dose do imunizantes nas pessoas com idade entre 18 e 59, que possuam algum tipo de comorbidade.

7 de maio de 2021

Estudo mostra que máscaras de algodão têm eficiência de 20% a 60

Pesquisadores da USP mediram a eficiência de filtração de aproximadamente 300 máscaras faciais. A de algodão é a mais comumente usada pela população.

7 de maio de 2021