fbpx

sábado, 08 de maio de 2021

Amazonas implanta 32 miniusinas de oxigênio em municípios

Miniusinas de oxigênio têm produção do gás medicinal em unidades de saúde de Manaus e em mais 13 municípios do interior do Amazonas.

25 de fevereiro de 2021

Compartilhe

São 13 os municípios do Amazonas com miniusinas de oxigênio (Foto: Secom)

O Amazonas já opera em 13 municípios, incluindo a capital, com miniusinas geradoras de oxigênio medicinal (O2), totalizando 32 equipamentos em funcionamento com produção independente de 16 mil metros cúbicos/dia do produto. Os dois últimos municípios que tiveram miniusinas instaladas foram Careiro Castanho e Alvarães.

A implantação das miniusinas conta com o suporte da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra), com supervisão dos fabricantes. No Careiro, a Prefeitura do município providenciou o equipamento. Em Alvarães, a minusina foi doada pela União BR. A produção diária individual é de 288 metros cúbicos e 192 metros cúbicos ao dia, respectivamente, nos dois municípios.

Miniusinas de oxigênio em operação

Além do Careiro, Alvarães e Manaus, outras 10 cidades amazonenses já dispõem de miniusinas em operação: Autazes, Nova Olinda do Norte, Manacapuru, Tabatinga, Tefé, Itacoatiara, Parintins, Maués, Coari e Humaitá. Algumas delas com mais de um equipamento, como é o caso de Itacoatiara (3) e Parintins (2 e ainda receberá mais uma).

Usinas no interior:

Hospital Regional de Autazes (1); Hospital Regional de Nova Olinda do Norte (1); Hospital Regional do Careiro (1); Hospital Regional de Alvarães (1); Hospital Regional de Itacoatiara (2); UPA de Itacoatiara (1); Hospital de Campanha de Manacapuru (1); Hospital Regional de Parintins (2); Hospital de Maués (2); Hospital Regional de Coari (1); Hospital Regional de Humaitá (1); Upa Tabatinga (1); Hospital Regional de Tefé (1).

Em Manaus, as seguintes unidades tem miniusinas em funcionamento: Fundação Cecon (1), Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto (1), Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo (1), Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV – 1), Hospital de Campanha Delphina Aziz (2), Fundação do Coração Francisca Mendes (1), Hospital e Pronto Socorro João Lúcio (1), Maternidade Azilda Marreiros (1), SPA da Redenção (1), Instituto da Criança do Amazonas (Icam – 1), Hospital de Campanha Nilton Lins (1), Fundação de Medicina Tropical (1), Hospital Beneficente Portuguesa (1), Hospital Adventista de Manaus (2).

Leia mais:

Leia mais sobre a Pandemia

Governadores pedem à Anvisa nova análise da vacina Sputnik V

Representante da União Química, Fernando Marques, responsável pelo imunizante russo no país, disse que apresentará novo pedido de uso emergencial de mais 10 milhões de doses.

7 de maio de 2021

Primeira semana de maio tem 37 óbitos por Covid-19 no Amazonas

A FVS tem destacado que os números vêm caindo em todo o estado, mas frisa que as medidas de proteção contra a Covid devem continuar, inclusive para quem recebeu a vacinação.

7 de maio de 2021

Covid-19: mortes seguem caindo lentamente, mas casos voltam a subir

No período de 25 de abril a 1º de maio, foram registrados 16.945 óbitos, enquanto na semana anterior foram contabilizadas 17.814 mortes para a doença, segundo dados do MS.

7 de maio de 2021

Queiroga quer fiscalizar recursos repassados aos estados na pandemia

A portaria publicada pelo ministro vem após Jair Bolsonaro reforçar a narrativa de que governadores têm utilizado recurso para enfrentamento da Covid-19 para outras áreas.

7 de maio de 2021

Fiocruz prevê produção de insumos da vacina contra Covid para junho

A produção do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) leva cerca de 45 dias, mas os insumos ainda precisarão passar por etapas regulatórias e de testes.

7 de maio de 2021

‘Queima de arquivo’: recomendação para uso de cloroquina é tirada do ar

Após 337 dias no ar e com CPI acontecendo no Senado, Ministério da Saúde apagou recomendação para uso de cloroquina em casos leves, moderados e graves de Covid-19.

7 de maio de 2021

Aplicação da 1ª dose será retomada em Manaus ; confira o calendário

A partir deste sábado (8), a Semsa volta a aplicar a primeira dose do imunizantes nas pessoas com idade entre 18 e 59, que possuam algum tipo de comorbidade.

7 de maio de 2021

Estudo mostra que máscaras de algodão têm eficiência de 20% a 60

Pesquisadores da USP mediram a eficiência de filtração de aproximadamente 300 máscaras faciais. A de algodão é a mais comumente usada pela população.

7 de maio de 2021