fbpx

quarta, 21 de abril de 2021

Amazonas é enganado mais uma vez com doses insuficientes da vacina

O grupo de 60 a 69 do Amazonas não será alcançado em sua totalidade com as novas vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde, já que o estado vai receber somente 120 mil.

24 de fevereiro de 2021

Compartilhe

Somente em Manaus a estimativa da população de 60 a 69 anos é de 115 mil (Foto: Reprodução)

O Ministério da Saúde voltou a quebrar as expectativas dos amazonenses ao enviar para o Estado um número insuficiente de doses para imunizar contra a Covid-19 o grupo de pessoas de 60 a 69 anos que estão sendo cadastradas pelo poder público. Chegarão 120 mil doses, das quais só 99 mil poderão ser aplicadas imediatamente para um público de quase 200 mil amazonenses.

A má notícia chega após o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, enganar a população de 50+, prometendo vacina para o grupo, e mentir sobre o início da vacinação para as pessoas de 60 a 69 anos (ele prometeu que dia 22 de fevereiro começaria a imunização).

Nesta quarta-feira (24) a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) confirmou ao RealTime1 que recebeu comunicado do Ministério da Saúde na noite dessa terça-feira (23), de que serão enviadas ao Amazonas 120 mil doses apenas, sendo 78 mil da Oxford/AstraZeneca e 42 mil da Coronavac do Instituto Butantan.

Lembrando que as 42 mil doses da Coronavac serão aplicadas em duas rodadas, portanto quando começarem a ser usadas vão imunizar um público de 21 mil pessoas. O motivo é que esse imunizante tem um espaço menor entre a aplicação da primeira e segunda dose.

A orientação do Ministério da Saúde é para que todas as 78 mil doses da Astrazeneca/Oxford sejam usadas para a primeira dose, pois a segunda dose só é aplicada após 12 semanas, o que daria tempo para a chegada de um novo lote da Índia, onde ela é produzida pelo laboratório Serum.

Com isso, a estimativa é de que sejam aplicadas apenas 99 mil doses em todo o grupo de 60 a 69 anos, no Amazonas. Lembrando que no Amazonas, segundo o Censo do IBGE, temos 82 mil no grupo que vai de 65 a 69 anos, e outras 113 mil entre 60 e 64 anos.

Em Manaus, segundo o IBGE (censo de 2010), a população entre a idade de 60 a 69 anos é de 115,2 mil pessoas, ou seja, as doses enviadas são insuficientes até para o grupo de Manaus, quem dirá para todo o estado do Amazonas.

Texto: Milena Soares

Leia mais:

Leia mais sobre a Pandemia

‘É urgente colocar em pratos limpos tudo o que deixou de ser feito’, frisa Omar

Futuro presidente da CPI da Covid, Omar Aziz diz a TV RealTime1 que Ministério da Saúde cometeu "erros feios" no combate ao coronavírus ao longo da pandemia.

21 de abril de 2021

Ministério da Saúde quer adquirir mais 100 milhões de doses da Pfizer

O início da entrega aconteceria ainda em 2021, mas o uso destes imunizantes só entraria no Plano de Vacinação a partir do ano que vem.

21 de abril de 2021

Crise de oxigênio: CPI da Covid vai chamar White Martins para depor

O senador, favorito para ser o presidente da CPI da Covid, revelou em entrevista a TV RealTime1, que diretores da empresa serão ouvidos como testemunhas da crise em Manaus.

21 de abril de 2021

Feriado não para ritmo da vacinação em Manaus; confira os locais

A programação desta quarta-feira contempla pessoas na faixa etária de 44 a 47 anos, com comorbidades. Também estão sendo vacinados com a segunda dose, idosos de 60 a 63 anos.

21 de abril de 2021

Decreto prorroga auxílio emergencial aos trabalhadores da cultura

Planalto ressaltou que o decreto não representa aumento de gastos públicos, apenas permite a execução dos restos a pagar e traz maior segurança jurídica ao setor da cultura.

21 de abril de 2021

Consultorias alertam para falta de previsão sobre impacto da Covid-19 na LDO 2022

Texto dos consultores alerta para a ausência de previsão sobre os riscos que podem afetar receitas, despesas e dívida pública em função dos efeitos da Covid-19.

21 de abril de 2021

Amazonas ultrapassa líder no ranking mundial em nº de mortos por Covid

Se fosse um país, o maior estado do Norte teria ultrapassado a República Theca que é, hoje, quem registra mais óbitos pela doença a cada milhão de habitantes.

20 de abril de 2021

Uso emergencial de coquetel de anticorpos contra Covid é autorizado pela Anvisa

O coquetel não é vendido em farmácias e seu uso é restrito aos hospitais. Em março, a agência aprovou o registro do antiviral experimental Remdesivir.

20 de abril de 2021