fbpx

domingo, 09 de maio de 2021

Academias e transporte a jato têm medidas ampliadas em novo decreto

Determinações vão valer por 15 dias, a partir de segunda-feira (22). A restrição para a circulação de pessoas seguirá mantida entre às 21h e 6h.

20 de março de 2021

Compartilhe

Governador falou sobre as novas medidas neste sábado (Foto: Reprodução)

O governador Wilson Lima (PSC) apresentou alguns ajustes nas medidas de restrição de circulação no início da tarde deste sábado (20). Entre as medidas, a liberação para o uso de academias e o transporte fluvial a jato tiveram ampliações no decreto que será publicado ainda neste final de semana.

Antes do anúncio, Wilson Lima destacou que as decisões estão sendo tomadas para que “não se repita no Amazonas o que vem acontecendo em outros estados brasileiros”. Um dos principais pontos defendidos pelo governador é manter o ritmo da vacinação, além de manter algumas medidas sanitárias no Estado que, hoje, segundo ele, está na fase laranja.

A restrição para a circulação de pessoas seguirá mantida entre às 21h e 6h.

O funcionamento de creches e as aulas do Ensino Infantil e Fundamental 1 e 2 são facultativos. A mesma decisão abrange o segmento das aulas dos cursos técnicos, estágios e Ensino Superior para os cursos da Saúde. A ressalva é que a capacidade das salas sejam ocupadas em até 50%.

O governador também falou sobre o funcionamento dos flutuantes que atuam sob o Classificação de Atividades Econômicas (CNAE) de restaurantes. Estes estabelecimentos estarão liberados para receber clientes de 9h às 16h, de segunda a sábado, mas sem oferecer música ao vivo.

As ampliações foram direcionadas a dois segmentos: as academias poderão funcionar de segunda a sábado, de 6h às 20h, mas as aulas coletivas seguirão proibidas; e os transportes fluviais a jato, para viagens com duração de até uma hora, poderão oferecer o serviço a 70% dos passageiros a partir de segunda.

As medidas vão valer a partir de segunda-feira (22) e terão vigência por 15 dias. Todos os novos ajustes já estão disponíveis no site do Governo do Estado (clique aqui e confira).

Texto: Rosianne Couto

Leia Mais:

Leia mais sobre a Pandemia

Mulher vence a Covid-19 e comemora o primeiro Dia das Mães

A mãe começou a ter sintomas da Covid-19, como tosse e cansaço, após o parto de Valentina, realizado no dia 13 de fevereiro deste ano. Karen teve 80% do pulmão comprometido.

9 de maio de 2021

Em 24h, interior do Amazonas não registra nenhum óbito por Covid-19

A informação foi divulgada pelo governador do Amazonas, Wilson Lima, através de suas redes sociais, neste domingo (9). Ele pede que sejam mantidos os cuidados necessários.

9 de maio de 2021

Covid: Governo alerta para cuidados nas comemorações do Dia das Mães

Manter cuidados como o distanciamento social, uso de máscara e a higiene das mãos continuam sendo as recomendações essenciais para evitar transmissão do vírus.

9 de maio de 2021

Prefeitura instala novo ponto de vacinação contra a Covid-19

O novo local vai substituir o ponto que funcionava no Terminal de Integração 6 (T6), no Lago Azul. A mudança foi necessária porque a Semsa quer facilitar o acesso à vacina.

9 de maio de 2021

Pfizer deve produzir 4 bilhões de doses de vacina contra covid em 2022

Aprovação total da vacina, que foi autorizada em caráter emergencial, pode ajudar a aliviar a hesitação sobre a aplicação do imunizante nos Estados Unidos e em outros países.

8 de maio de 2021

Amazonas recebe lote com 14.700 doses de vacina contra a Covid-19

Imunizantes fazem parte da 19ª remessa de vacinas enviada ao estado pelo Ministério da Saúde (MS), por meio do Programa Nacional de Imunização (PNI).

8 de maio de 2021

Policiais Militares recebem a 2ª dose da vacina contra Covid-19 em Parintins

A ação está sendo realizada pela Secretaria Municipal de Saúde de Parintins (Semsa), conforme a campanha de vacinação dos servidores da segurança pública do Estado.

8 de maio de 2021

Fiocruz: pandemia de covid-19 faz vítimas cada vez mais jovens

A semana epidemiológica 16 apresenta idade média dos casos internados de 57 anos, versus idade média de 63 anos na semana epidemiológica 1. Para óbito, a média foi 71 anos.

8 de maio de 2021