fbpx

terça, 15 de junho de 2021

Silêncio dos órgãos ambientais segue travando mercado imobiliário

Após três semanas do firmamento do Acordo de Cooperação Técnica entre a Semmas e o Ipaam, 35 projetos ambientais continuam pendentes de aprovação.

11 de junho de 2021

Compartilhe

Pendências ambientais travam mercado imobiliário no estado. (Foto: Reprodução)

O pedido de ajuda feito pela Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Amazonas (Ademi) à Procuradoria-Geral do Estado (PGE), na tentativa de pressionar os órgãos ambientais a aprovar projetos pendentes, não surtiu muito efeito. Os projetos seguem travados e sem respostas.

A PGE informou que não vai se pronunciar sobre o assunto. Procurados pela reportagem, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) informaram da impossibilidade de atendimento à demanda, nesta quinta-feira (10).

Conforme a Ademi, mesmo após o firmamento de Acordo de Cooperação Técnica entre a Semmas e o Ipaam, há três semanas, com o objetivo de dar celeridade aos trâmites, os 35 processos ambientais direcionados à construção civil continuam pendentes de aprovação.

Entenda o caso:

A Ademi e o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas (Sinduscon-AM) informaram, em maio, que os projetos ambientais estavam travados há pelo menos oito meses na dependência de análise por parte da Semmas e do Ipaam e que os atrasos impedem o andamento do segmento da construção civil e o consequente lançamento de empreendimentos imobiliários no Amazonas.

Na tentativa de pedir ajuda quanto à celeridade nas aprovações dos projetos, a Ademi protocolizou documento à PGE, no final de maio deste ano.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Negócios

Faturamento de termoplásticos cresce mais de 80% de janeiro a março

Resultado leva em conta a comparação com o primeiro trimestre de 2020. Segundo números da Suframa, segmento faturou mais de R$ 3,3 bilhões nos primeiros três meses do ano.

15 de junho de 2021

Gol é a única companhia aérea que aumentou capital no último ano

Foi ancorado um aporte de R$ 268 milhões pelos irmãos Constantino, acionista controlador da companhia aérea. acionistas minoritários contribuíram com outros R$ 155 milhões.

15 de junho de 2021

Em 100 anos, Leite Moça troca camponesa por consumidoras reais na embalagem

Para celebrar um século de de presença no Brasil, comemorado em 2021, a Nestlé decidiu trazer imagens de 94 consumidoras que têm fortes ligações com o leite condensado.

15 de junho de 2021

Com mais de 66 mil bicicletas produzidas em maio, PIM tem melhor resultado do ano

Volume é 30,2% superior às 51.281 unidades que saíram das fábricas em abril e 209,3% maior na comparação com mesmo mês de 2020, quando o PIM foi impactado pela pandemia.

15 de junho de 2021

Na’Kau recebe certificação orgânica das famílias produtoras de cacau

Segundo a empresa, com a certificação participativa, os produtores serão incluídos na Rede Maniva de Agricologia. Ao todo, mais de 150 famílias foram certificadas.

15 de junho de 2021

Caixa antecipa pagamento de terceira parcela do auxílio emergencial

Novo calendário tem início no dia 18 de junho, com os depósitos para os nascidos em janeiro, e vai até o dia 19 de julho para os nascidos em dezembro.

15 de junho de 2021

PIB deve encerrar em 4,85% em 2021, segundo relatório Focus

De acordo com o Banco Central, revisões das expectativas estão ocorrendo devido ao bom resultado do primeiro trimestre do PIB em 2021 com alta de 1,2%.

15 de junho de 2021

Em abril, consumo em restaurantes teve queda de 35,8% no Amazonas

Conforme a pesquisa, a retração é resultado das restrições de prevenção à Covid-19. Os números, apesar de negativos, mostram melhora nas vendas dos restaurantes, no país.

15 de junho de 2021