fbpx

quarta, 21 de abril de 2021

Infraero vai viabilizar retomada de voos em aeroportos do Amazonas

A empresa foi contratada para fazer os estudos, projetos, obtenção de licenças, contratação e fiscalização de obras de melhorias nos aeroportos do Amazonas.

24 de fevereiro de 2021

Compartilhe

A Secretaria de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura contratou a Infraero (Foto: Divulgação

Praticamente inoperantes há anos por falta de certificação, os aeroportos de Maués, Itacoatiara e Fonte Boa passarão por estudos, projetos e obras sob a coordenação da Infraero.

As adequações realizadas com a chancela da Infraero vai permitir que os aeroportos voltem a operar com a devida certificação.

A empresa foi contratada, nesta quarta-feira (24), pela Secretaria de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura para fazer os estudos, projetos, obtenção de licenças, contratação e fiscalização de obras de melhorias para esses aeroportos.

A contratação da Infraero para este conjunto de ações é inédita e vai permitir que essas localidades possam ter acesso ao transporte aéreo realizado de acordo com as melhores práticas da aviação civil. A notícia foi dada pelo próprio governador Wilson Lima em suas redes sociais.

Pelo contrato, a empresa adotará todas as providências necessárias de adequação das infraestruturas às normas da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) para receber voos em condições visuais, inicialmente no período diurno.

Logística

Durante a assinatura do contrato, em Brasília (DF), o presidente da Infraero, Brigadeiro Hélio Paes de Barros, explicou que a empresa vai levar logística com a rapidez necessária para atender à população dessas cidades. 

“No prazo de um ano e meio, vamos fazer com que essa certificação leve a esses aeroportos, em primeiro plano, aeronaves do tipo 2B, como o Cessna Grand Caravan. Mas há expectativas de que a gente possa, conforme a demanda, ir progredindo até certificar esses aeroportos para operações com aeronaves como o ATR”, disse.

Inovação

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, afirmou que a contratação da Infraero é uma inovação em relação ao modelo utilizado anteriormente. “Muitas vezes fazíamos esse tipo de contratação com as prefeituras. Entendemos que ganharíamos tempo e qualidade utilizando a Infraero, que já tem um quadro especializado”, disse.

“Então, utilizamos recursos do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC) com uma contratação direta, para que a empresa faça o projeto, a contratação e acompanhamento da obra com o objetivo de entregar o equipamento certificado”, acrescentou.

Execução do projeto

Para projetar as melhorias em Maués, Itacoatiara e Fonte Boa, a Infraero já realizou estudos preliminares das pistas, pátio de aeronaves e demais estruturas dos aeroportos, o que permitirá fazer um planejamento específico em cada cidade. “Com essas informações já mapeadas e o trabalho no local, será possível retomar a operação comercial o funcionamento nesses aeroportos, levando em conta a demanda e vocação dessas cidades no transporte aéreo” explica o superintendente de Engenharia da Infraero, Giuliano Capucho.

Todo o trabalho será alinhado com a SAC e os delegatários ou detentores das outorgas dos aeroportos, o que vai assegurar a adequação dos trabalhos às premissas do Ministério da Infraestrutura para o transporte aéreo da região. A estimativa é de que a volta das operações ocorra em até 11 meses, conforme prevê o contrato firmado entre Infraero e SAC.

Aviação no Amazonas

No Amazonas, o transporte aéreo é essencial para que a capital e as cidades do interior sejam interligadas, seja para atender ao transporte de passageiros, cargas e também no deslocamento de pessoas em tratamento médico. O estado conta com 23 aeródromos cadastrados na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A Infraero administra os aeroportos internacionais de Manaus, Tefé e Tabatinga, que juntos movimentaram 1,8 milhão de passageiros e 36,9 mil aeronaves em 2020.

Leia mais:

Leia mais sobre Negócios

Confira as vagas de emprego oferecidas pelo Sine Manaus nesta quinta-feira

Ao todo, são 76 vagas. No currículo devem constar os seguintes dados atualizados: números pessoal e secundário, para contato e informações sobre o tempo de experiência.

21 de abril de 2021

Procon-AM notifica postos de combustíveis e revendedores de gás

Os estabelecimentos devem apresentar em até dez dias as notas fiscais com informações sobre os preços de compra e venda para análise de uma possível cobrança abusiva.

21 de abril de 2021

Vacina em ritmo lento compromete a recuperação econômica, alerta estudo

Conclusão é do Relatório de Atividade Fiscal, publicado pela Instituição Fiscal Independente (IFI) do Senado. Documento classifica o atraso como “risco a ser monitorado".

21 de abril de 2021

TVLAR inaugura nova unidade em Eirunepé e soma 57 lojas em todo o estado

TVLAR Eirunepé traz um layout renovado, desenvolvido para atender a operação de forma eficiente num planejamento estratégico que prevê a ampliação da rede de lojas na região.

20 de abril de 2021

Em meio à pandemia, demanda por locação e compra de imóveis tem alta

Para o Creci AM/RR, no último ano, o estado manteve procura elevada por aluguel e financiamentos de imóveis novos. Demanda é justificada por comodidade e empreendedorismo.

20 de abril de 2021

Operadoras de turismo perdem dois terços do faturamento em 2020

Segundo dados da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa), o faturamento das empresas caiu de R$ 15,1 bilhões em 2019 para R$ 4 bilhões no ano passado.

20 de abril de 2021

Exportações cedem 1,9% e importações retraem 37,6% até a terceira semana de abril

Com isto, o saldo da balança comercial no período é de US$6.310,28 milhões, salto de 453,0% em relação às três primeiras semanas do mês de março (US$1.141,16 milhões).

20 de abril de 2021

Em três meses, Amazonas registra crescimento de 75% no uso de Gás Natural

Dentre as principais razões apontadas para o aumento da procura pelo insumo, destacam-se a economicidade e a disponibilização do combustível nas diversas zonas de Manaus.

20 de abril de 2021