fbpx

quinta, 22 de abril de 2021

‘Estamos sendo perseguidos’: diz empresário sobre embargos na BR-319

Empresários questionam a decisão da Justiça Federal que suspendeu a reconstrução do trecho 'C' da BR-319 e reafirmam a importância da rodovia.

3 de março de 2021

Compartilhe

BR-319 viabilizaria menor tempo no transporte e redução nos custos. (Foto: Reprodução)

Em meio ao impasse ‘crônico’ quanto às obras de recuperação da BR-319, empresários do segmento comercial do Amazonas ressaltam a urgência em discussões políticas efetivas que resultem na conclusão da rodovia.

Eles afirmam que a sonhada conclusão das obras resultaria em barateamento do frete, redução no tempo de transporte e no custo dos produtos que chegam a Manaus.

Na avaliação do presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Amazonas (Fecomércio-AM), Aderson Frota, a conclusão da rodovia que liga Manaus à cidade de Porto Velho, no Estado de Rondônia, é urgente para o Amazonas.

Ele destaca que o problema surgiu no pico da pandemia da Covid-19, quando faltaram insumos hospitalares na cidade devido à demora para o fornecimento. Enquanto por meio da rodovia o transporte até o Amazonas ocorreria em algumas horas.

“Fomos surpreendidos por essa decisão da Justiça Federal que embargou as obras da BR-319. Pagamos o frete mais caro do Brasil e temos grandes distâncias que não podem ser percorridas. Hoje, só temos a cabotagem que sofreu reflexos pela paralisação na China, devido a pandemia. Houve carência de navios e contêineres para abastecer Manaus”, disse o empresário.

“É preciso entender que a estrada é fundamental para a vida, para o abastecimento da população. O trajeto dos 800 quilômetros da rodovia pode ser feito em apenas 10 horas, com boas condições. Enquanto, hoje, se leva de cinco a seis dias para ultrapassar os buracos e lama”, completou.

BR-319 e perseguição

De acordo com o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL), Ralph Assayag, é injusto que a sociedade amazonense sofra consequências pelas decisões de um grupo.

“Estamos sendo perseguidos. A trafegabilidade da BR-319 resultaria em menor tempo no transporte e no fornecimento de produtos, barateamento no custo. Sofremos muito, principalmente, durante a seca do rio Madeira. A balsa traz somente a metade da capacidade da carga, dobra o custo para o transporte e leva sete dias para chegar a Manaus”, disse indignado.

Da mesma forma, para o presidente da Associação Comercial do Amazonas (ACA), o problema é em nível nacional e ocorre pelas constantes intervenções do Poder Judiciário nas decisões do governo federal.

“Vivemos um momento no Brasil em que o Poder Judiciário ‘põe o dedo’ e embarga as decisões. Ninguém entende isso. Essa rodovia é de suma importância para o transporte de produtos que chegam a Manaus e que saem da cidade, da Zona Franca de Manaus”, comentou.

Sobre embargo

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) suspendeu as obras para a reconstrução do trecho C da Rodovia BR-319, que liga Manaus (AM) a Porto Velho (RO), um trecho que começa no km 177, na região do município de Autazes, e vai até o 250, no limite com Manicoré.

decisão atendeu ao pedido do Ministério Público Federal (MPF) em recurso, por conta da ausência de licenciamento ambiental para o empreendimento, situação que já havia sido objeto de decisão transitada em julgado.

Reportagem: Priscila Caldas

Leia mais:

Leia mais sobre Negócios

Economistas são contra Bolsonaro receber título de Cidadão Amazonense

Classe se posicionou por meio de nota emitada pela Associação Brasileira de Economistas pela Democracia. Eles classificam posição política do presidente como 'nefasta'.

21 de abril de 2021

Confira as vagas de emprego oferecidas pelo Sine Manaus nesta quinta-feira

Ao todo, são 76 vagas. No currículo devem constar os seguintes dados atualizados: números pessoal e secundário, para contato e informações sobre o tempo de experiência.

21 de abril de 2021

Procon-AM notifica postos de combustíveis e revendedores de gás

Os estabelecimentos devem apresentar em até dez dias as notas fiscais com informações sobre os preços de compra e venda para análise de uma possível cobrança abusiva.

21 de abril de 2021

Vacina em ritmo lento compromete a recuperação econômica, alerta estudo

Conclusão é do Relatório de Atividade Fiscal, publicado pela Instituição Fiscal Independente (IFI) do Senado. Documento classifica o atraso como “risco a ser monitorado".

21 de abril de 2021

TVLAR inaugura nova unidade em Eirunepé e soma 57 lojas em todo o estado

TVLAR Eirunepé traz um layout renovado, desenvolvido para atender a operação de forma eficiente num planejamento estratégico que prevê a ampliação da rede de lojas na região.

20 de abril de 2021

Em meio à pandemia, demanda por locação e compra de imóveis tem alta

Para o Creci AM/RR, no último ano, o estado manteve procura elevada por aluguel e financiamentos de imóveis novos. Demanda é justificada por comodidade e empreendedorismo.

20 de abril de 2021

Operadoras de turismo perdem dois terços do faturamento em 2020

Segundo dados da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa), o faturamento das empresas caiu de R$ 15,1 bilhões em 2019 para R$ 4 bilhões no ano passado.

20 de abril de 2021

Exportações cedem 1,9% e importações retraem 37,6% até a terceira semana de abril

Com isto, o saldo da balança comercial no período é de US$6.310,28 milhões, salto de 453,0% em relação às três primeiras semanas do mês de março (US$1.141,16 milhões).

20 de abril de 2021