fbpx

terça, 20 de abril de 2021

Endividados crescem, mas inadimplência está controlada aponta CNC

Retração econômica decorrente da pandemia gerou aumento de devedores, no país. Por outro lado, percentual de famílias com contas em atraso caiu pelo quinto mês seguido.

18 de fevereiro de 2021

Compartilhe

Cartão de crédito é a principal modalidade das dívidas. (Foto: Reprodução)

Levantamento divulgado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aponta que o número de famílias endividadas no Brasil cresceu.

Em janeiro de 2021, o percentual de brasileiros com dívidas foi de 66,5%, um aumento de 0,2% em relação a dezembro do ano anterior e de 1,2% quando comparado a janeiro de 2020.

Os números são da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) e consideram dívidas como cartão de crédito, cheque especial, empréstimo pessoal, prestações de casa e carro, carnês, crédito consignado.

Cartão de crédito é vilão

A principal modalidade de dívidas das famílias brasileiras segue sendo o cartão de crédito, que em janeiro atingiu a máxima histórica de 80,5% do total de famílias – contra 79,4% em dezembro.

Em 2020, o percentual médio de famílias endividadas no cartão foi de 78%. Também houve avanço em dívidas com crédito pessoal e carnês no primeiro mês do ano.

Economia soube se reinventar

Na avaliação do presidente da CNC, José Roberto Tadros, o cenário, a princípio, não é negativo, principalmente em função dos impactos da pandemia.

“Temíamos uma escalada do número de inadimplentes no país. O auxílio emergencial ajudou a evitar o pior cenário, e a economia soube se reinventar na medida do possível. Mas este ano vai ser chave para observarmos o comportamento do crédito e da inadimplência”, disse.

Inadimplência controlada

A Peic de janeiro aponta ainda que o percentual de famílias com contas em atraso caiu pelo quinto mês seguido, alcançando o índice de 24,8%.

Embora esteja um ponto percentual acima do apurado no mesmo mês do último ano, a proporção é a menor registrada desde fevereiro de 2020 – período anterior à pandemia.

A parcela de famílias que declararam não ter condições de pagar suas contas também diminuiu em relação a dezembro, passando para 10,9% do total em janeiro. Há um ano, o indicador havia alcançado 9,6%.

“Com o fim do auxílio e o atraso no calendário de vacinação, as famílias de menor renda precisarão adotar maior rigor na organização do orçamento. Essa conjuntura faz o crédito ter papel ainda mais importante na recomposição da renda. É preciso seguir ampliando o acesso aos recursos com custos mais baixos, mas também alongar os prazos de pagamento das dívidas para manter a inadimplência sob controle”, alerta Izis Ferreira, economista responsável pela pesquisa.

Leia mais:

Leia mais sobre Negócios

Produção Industrial deve encerrar em 5,06%, segundo relatório Focus

Além da produção industrial, boletim traz expectativas do BC em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e taxa de câmbio.

19 de abril de 2021

LG vai abrir 250 vagas para produção de monitores e notebooks em Manaus

Produção da LG no Polo Industrial de Manaus está prevista para iniciar em julho. Companhia vai ampliar a planta de operações na capital em mais de 12 mil metros quadrados.

19 de abril de 2021

General Silva e Luna toma posse como presidente da Petrobras

Indicado por Jair Bolsonaro, o general Joaquim Silva e Luna tomou posse nesta segunda-feira como presidente da Petrobras em substituição a Roberto Castello Branco.

19 de abril de 2021

Atividade econômica cresce 1,7% em fevereiro, diz Banco Central

Com alta de 1,7% em fevereiro, na comparação com janeiro, o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) apresentou crescimento pelo décimo mês consecutivo.

19 de abril de 2021

Prefeitura registra mais de 10 mil cadrastros para o Auxílio Empreendedor

O Auxílio Empreendedor deve atender 6 mil empreendedores com a quantia de R$ 300 em parcela única. No total, R$ 1,8 milhão serão disponibilizados para os pagamentos.

18 de abril de 2021

Redução de salários na pandemia será reavaliada no Congresso

O Projeto de Lei (PLN 02/21) que prevê a redução de salários e jornada de trabalho pela troca da manutenção dos empregos dos funcionários na pandemia retorna à discussão.

18 de abril de 2021

Brasil investirá R$ 3 trilhões no setor energético até 2030, prevê ministro

O país é uma referência no mercado internacional de energia e projeta ter maiores investimento nas fontes energéticas renováveis como os biocombustíveis.

18 de abril de 2021

Mais de 40% dos contribuintes enviaram declaração do Imposto de Renda

Prazo começou em 1º de março e vai até as 23h59min do dia 31 de maio. Data limite foi adiada por conta das dificuldades no recolhimento de documentos impostas pela pandemia.

17 de abril de 2021