fbpx

quinta, 22 de abril de 2021

Caixa negativo impossibilita ramo de alimentos pagar os impostos

Segundo a Abrasel, ainda que os prazos para os pagamentos dos débitos sejam adiados, as empresas estão com o caixa negativo, sem qualquer recurso para quitação das dívidas.

2 de fevereiro de 2021

Compartilhe

Decreto estabelece funcionamento apenas como delivery (Foto: Divulgação)

A postergação dos prazos para pagamentos dos impostos anunciada pelo Governo do Estado é considerada como medida inválida pelos representantes do segmento de bares, restaurante e lanchonetes. O setor amarga prejuízos e informa o fechamento quase que diário de empresas.

O presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes-Seccional Amazonas (Abrasel-AM), Fábio Cunha, considera que ainda que os prazos para os pagamentos dos débitos sejam adiados, as empresas estão com o caixa negativo, sem qualquer recurso para quitação das dívidas.

“A postergação não ajuda em nada. Todos estão endividados ‘até o pescoço’ com linhas de crédito. Não tem dinheiro para pagar nada. Acabou o dinheiro”, disse com indignação.

Cunha ainda afirmou que as restrições ao funcionamento do setor impostas por meio dos decretos publicados pelo governo estadual, em combate à disseminação da Covid-19, têm motivado o fechamento de empresas diariamente e incentivado o comércio ilegal.

“Hoje a Cachaçaria do Dedé está fechando duas lojas. O governo, o Ministério Público, a Defensoria Pública, todos acham que esse é o curso normal das coisas, mas não é. As empresas estão fechando. Tudo está incentivando a clandestinidade, o não pagamento de impostos e contratações ilegais”, disse.

O presidente afirmou que uma das alternativas para o problema seria a intermediação junto ao Governo Federal solicitando subsídio ao setor e medidas como a suspensão de contratos de trabalho.

Reportagem: Priscila Caldas

Leia mais:

Leia mais sobre Negócios

Economistas são contra Bolsonaro receber título de Cidadão Amazonense

Classe se posicionou por meio de nota emitada pela Associação Brasileira de Economistas pela Democracia. Eles classificam posição política do presidente como 'nefasta'.

21 de abril de 2021

Confira as vagas de emprego oferecidas pelo Sine Manaus nesta quinta-feira

Ao todo, são 76 vagas. No currículo devem constar os seguintes dados atualizados: números pessoal e secundário, para contato e informações sobre o tempo de experiência.

21 de abril de 2021

Procon-AM notifica postos de combustíveis e revendedores de gás

Os estabelecimentos devem apresentar em até dez dias as notas fiscais com informações sobre os preços de compra e venda para análise de uma possível cobrança abusiva.

21 de abril de 2021

Vacina em ritmo lento compromete a recuperação econômica, alerta estudo

Conclusão é do Relatório de Atividade Fiscal, publicado pela Instituição Fiscal Independente (IFI) do Senado. Documento classifica o atraso como “risco a ser monitorado".

21 de abril de 2021

TVLAR inaugura nova unidade em Eirunepé e soma 57 lojas em todo o estado

TVLAR Eirunepé traz um layout renovado, desenvolvido para atender a operação de forma eficiente num planejamento estratégico que prevê a ampliação da rede de lojas na região.

20 de abril de 2021

Em meio à pandemia, demanda por locação e compra de imóveis tem alta

Para o Creci AM/RR, no último ano, o estado manteve procura elevada por aluguel e financiamentos de imóveis novos. Demanda é justificada por comodidade e empreendedorismo.

20 de abril de 2021

Operadoras de turismo perdem dois terços do faturamento em 2020

Segundo dados da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa), o faturamento das empresas caiu de R$ 15,1 bilhões em 2019 para R$ 4 bilhões no ano passado.

20 de abril de 2021

Exportações cedem 1,9% e importações retraem 37,6% até a terceira semana de abril

Com isto, o saldo da balança comercial no período é de US$6.310,28 milhões, salto de 453,0% em relação às três primeiras semanas do mês de março (US$1.141,16 milhões).

20 de abril de 2021