fbpx

terça, 15 de junho de 2021

Amazonas registra queda de 1,3% no volume de serviços em abril, aponta IBGE

Retração na comparação com março acontece após dois meses consecutivos de alta. Já em relação a abril de 2020 serviços no Estado cresceram 24,1%.

11 de junho de 2021

Compartilhe

Em comparação com o mês anterior, os serviços recuaram 1,3%, em abril no Amazonas (Foto: Reprodução)

Após apresentar dois meses consecutivos de alta em fevereiro (+1,7%) e março (+0,5%), o setor de serviços fechou abril com queda de -1,3%, no Amazonas. O resultado leva considera a comparação com o mês imediatamente anterior, segundo dados da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) divulgada nesta sexta-feira (11), pelo IBGE.

A variação negativa apresentada no volume de serviços do mês posicionou o setor de serviços do Amazonas numa posição intermediária (19ª) entre as demais unidades da federação.

Apesar disso, no mês de abril de 2021, os serviços no Estado cresceram 24,1%, em relação a abril de 2020, a maior alta da série histórica da pesquisa, iniciada em janeiro de 2012. Este expressivo crescimento se dá, no entanto, devido à baixa base de comparação, já que o mês de abril do ano passado marcou o período mais restritivo na circulação de pessoas e ofertas de serviços não essenciais, causados pela primeira onda da pandemia da Covid-19 no estado.

Já no acumulado do ano, o volume cresceu total de serviços no Amazonas cresceu 10,3% e 3,6% no índice acumulado dos últimos 12 meses, em comparação com o mesmo período do ano anterior. Segundo o IBGE, as altas nestas variações também se explicam pela paralisação do setor em abril de 2020.

Fonte: IBGE Amazonas

Leia mais:

Leia mais sobre Negócios

Decisão sobre reajuste de bandeiras tarifárias deve sair até o dia 30

Reajuste deve passar de 20%. Este será o primeiro aumento nos valores das bandeiras desde 2019. Em 2020, por conta da pandemia do novo coronavírus, os valores foram mantidos.

15 de junho de 2021

Gesto de Cristiano Ronaldo faz Coca-Cola perder US$ 4 bilhões em meia hora

Valor da marca Coca-Cola passou de US$ 242 bilhões para US$ 238 bilhões. Perdas totais de 4 bilhões de dólares, ou seja, cerca de R$ 20 bilhões, em apenas 30 minutos.

15 de junho de 2021

Programa Petrobras Conexões para Inovação lança edital para startups

Com valor total de R$ 22 milhões, é o maior edital de inovação já aberto no setor de óleo, gás e energia voltado para startups e pequenas empresas, segundo a estatal.

15 de junho de 2021

Faturamento de termoplásticos cresce mais de 80% de janeiro a março

Resultado leva em conta a comparação com o primeiro trimestre de 2020. Segundo números da Suframa, segmento faturou mais de R$ 3,3 bilhões nos primeiros três meses do ano.

15 de junho de 2021

Gol é a única companhia aérea que aumentou capital no último ano

Foi ancorado um aporte de R$ 268 milhões pelos irmãos Constantino, acionista controlador da companhia aérea. acionistas minoritários contribuíram com outros R$ 155 milhões.

15 de junho de 2021

Em 100 anos, Leite Moça troca camponesa por consumidoras reais na embalagem

Para celebrar um século de de presença no Brasil, comemorado em 2021, a Nestlé decidiu trazer imagens de 94 consumidoras que têm fortes ligações com o leite condensado.

15 de junho de 2021

Com mais de 66 mil bicicletas produzidas em maio, PIM tem melhor resultado do ano

Volume é 30,2% superior às 51.281 unidades que saíram das fábricas em abril e 209,3% maior na comparação com mesmo mês de 2020, quando o PIM foi impactado pela pandemia.

15 de junho de 2021

Na’Kau recebe certificação orgânica das famílias produtoras de cacau

Segundo a empresa, com a certificação participativa, os produtores serão incluídos na Rede Maniva de Agricologia. Ao todo, mais de 150 famílias foram certificadas.

15 de junho de 2021