segunda-feira, 24 de junho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

SECA 2023

FVS-RCP realiza visitas técnicas a municípios do interior reforçando o plano de ação na estiagem

Ação reforça todas as áreas de vigilância do município.
COMPARTILHE
Foto: Divulgação FVS-RCP

Fortalecendo as ações de combate aos efeitos da estiagem, a Secretaria de Estado e Saúde do Amazonas (SES-AM), por meio da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) divulga nesta segunda-feira (13/11), a visita técnica aos municípios de Parintins, Barreirinha e Nhamundá. A ação ocorreu de 06 a 11 de novembro, com o objetivo de reforçar o apoio a todas as áreas de vigilância municipal.

A equipe volante da fundação auxilia as secretarias municipais de saúde (Semsa) das cidades a estabelecer planos de contenção para o enfrentamento a problemas que podem ocasionar emergência de saúde pública. Por esse motivo, os técnicos da FVS-RCP discutem junto aos municípios estratégias nas áreas de vigilância ambiental, epidemiológica e laboratorial.

A diretora-presidente da FVS-RCP, Tatyana Amorim, explica que os técnicos do órgão reforçam a importância e o preenchimento correto das informações referentes às doenças e agravos nos sistemas de notificação disponíveis. “São essas informações que norteiam de forma mais assertiva as estratégias de enfrentamentos do setor da saúde, por isto, é tão importante a notificação de forma imediata no sistema de informação, como também a emissão de alerta por meio das secretarias municipais de saúde”, salienta a diretora da FVS-RCP, Tatyana.

As equipes da FVS-RCP também coletaram amostras de reação em cadeia da polimerase (PCR) para identificar possíveis doenças que podem acometer a população nesse cenário de estiagem.

A apoiadora técnica da Comissão Estadual de Prevenção e Controle de Infecção em Serviços de Saúde (Ceciss), Yanna Freire, da FVS-RCP, enfatiza que todos os pontos sensíveis para a população dessas cidades precisam ser reforçados, a vigilância precisa ser ativa para identificar de forma oportuna o risco para possíveis surtos de determinadas doenças.

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

“Esse contato junto aos municípios nesse atual cenário é importante para tentar amenizar os impactos para a população afetada. E isso envolve reforçar vários pontos da atenção, como ofertar água potável ou também o hipoclorito para gerenciamento do recurso hídrico, monitorar a qualidade dos alimentos que estão sendo consumidos nos municípios e também a prevenção e tratamento das doenças comuns na estiagem” destacou, representante do Ceciss-FVS, Yanna.

Medida de tratamento da água

O uso do hipoclorito de sódio é utilizado para tratamento domiciliar da água de consumo humano e recomendado para tornar água própria para consumo humano, prevenindo doenças de veiculação hídrica. Este ano, a Fundação distribuiu mais de 3,9 milhões de frascos de hipoclorito de sódio a 2,5%, usado na desinfecção da água. O produto é distribuído pelas Semsas.

Leia Mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COMPARTILHE