sexta-feira, 14 de junho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

EST√Ā DEFINIDO

Fim das 'saidinhas': confira como parlamentares do AM votaram sobre o veto de Lula

Sete dos 11 parlamentares da bancada amazonense no Congresso votaram para derrubar os vetos do presidente Lula (PT) e proibir a "saidinha" de presos.
COMPARTILHE
Congresso derruba vetos de Lula e volta a proibir 'saidinha' de presos
Congresso derruba vetos de Lula e volta a proibir 'saidinha' de presos

Sete dos 11 parlamentares da bancada amazonense no Congresso votaram para derrubar os vetos do presidente Lula (PT) e proibir a “saidinha” de presos. Com isso, o benef√≠cio n√£o ser√° mais concedido em feriados e datas comemorativas, como Dia das M√£es e Natal.

O veto foi derrubado nesta ter√ßa-feira (28/5) pelos deputados¬†por 314 votos¬†a¬†126 votos, com 2 absten√ß√Ķes. Na vota√ß√£o dos senadores, o veto foi derrubado por¬†52¬†votos¬†a¬†11 votos, com 1 absten√ß√£o.

Votaram pela proibição da saidinha de presos os deputados federais Amom Mandel (Cidadania), Capitão Alberto Neto (PL), Pauderney Avelino (União), Saullo Vianna (União) e Sidney Leite (PSD), além dos senadores Eduardo Braga (MDB) e Plínio Valério (PSDB).

Apenas o deputado federal √Ātila Lins (PSD) votou a favor da libera√ß√£o de presos em datas comemorativas. J√° os deputados Adail Filho e Silas C√Ęmara, ambos do Republicanos, faltaram √† vota√ß√£o.

Não consta no sistema do Congresso, registro sobre a participação do senador Omar Aziz (PSD) na sessão e votação.

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

“O Congresso votou para acabar com a saidinha. Isso √© muito importante para a seguran√ßa p√ļblica. A popula√ß√£o n√£o aguenta mais ver o criminoso saindo da cadeia no dia dos pais, no dia das m√£es e assassinando mais uma vez pais, m√£es, em pleno Natal” afirmou Capit√£o Alberto Neto.

A decisão dos parlamentares proíbe que o detento saia para visitas à família e atividades que contribuam para o retorno do convívio social.

Desse modo, o benefício será concedido apenas para quem for sair para estudar, seja Ensino Médio, Superior, Supletivo ou cursos profissionalizantes.

Leia Mais:

Deixe um coment√°rio

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COMPARTILHE