fbpx

quarta, 26 de janeiro de 2022

Psol aprova ativista gay como pré-candidato à Prefeitura de Manaus

Mudança do nome ao Executivo não altera a decisão em construir um bloco com os partidos de esquerda. PSOL anunciou aliança com o PT de José Ricardo em 28 de julho.

24 de agosto de 2020

Compartilhe

Paulo Trindade substitui o professor Jonas Araújo no pleito de 2020.(Foto: Divulgação/PSOL)

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) da cidade de Manaus apresenta nova estratégia para a disputa ao Executivo municipal. A decisão, aprovada no último domingo (23), apresenta Paulo Trindade como o representante oficial do partido nas Eleições 2020.

“Precisamos encantar a política. O PSOL tem um compromisso com as lutas sociais invisibilizadas. O partido hoje, desempenha o papel de buscar consolidar uma frente de esquerda, junto a partidos como PCB, PSTU, PT, PSB, Rede e PC do B. Tenho um legado no movimento estudantil, na cultura, na comunicação e LGBTI+. Agradeço a confiança depositada”, afirma Paulo Trindade.

Segundo o Diretório Municipal, a mudança do nome ao Executivo não altera a decisão do Partido em construir um bloco com os partidos de esquerda, pois o Diretório entende que a necessidade da unidade e de demonstrar as forças desses partidos nas eleições de 2020.

De acordo com o Jonas Araújo, presidente municipal do PSOL, a transição se deve ao fato de que é necessário trazer para o pleito de 2020 uma chapa da esquerda, que representa significativamente as lutas do campo progressista.

Aliança firmada

Vale ressaltar que no último dia 28 de julho, O PSOL havia descartado a pré-candidatura de Jonas Araújo, se coligando ao PT em prol do pré-candidato José Ricardo.

Como o anúncio divulgado nesta segunda-feira (24/8), entende-se que ainda haverá ajustes na aliança firmada entre os partidos.

Sobre Paulo Trindade

Paulo Trindade, 35 anos, Manauara, artista visual, licenciado em artes plásticas, especialista em arte e educação, mestrando em antropologia social, pesquisador, professor universitário, ativista dos direitos civis e humanos da população LGBTI+.

Filiado ao Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), é membro da Associação Difusão Amazonas – Coletivo Difusão, Centro Popular do Audiovisual, sendo reconhecido pela sua atuação nas áreas das artes visuais, educação, produção cultural, comunicação, sexualidade, gênero, direitos humanos e antropologia.

Atualmente, cursa especialização em Gênero, Sexualidade e Direitos Humanos na Universidade do Estado ao Amazonas – UEA e Mestrado em Antropologia Social na Universidade Federal do Amazonas – UFAM, além de integrar o Grupo de Estudos e Pesquisas em Gênero, Sexualidades e Interseccionalidades – GESECS.

É representante discente e membro da Comissão Discente de Apoio à Gestão, do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social – PPGAS/UFAM. Foi mobilizador social no Fórum do Audiovisual do Amazonas, Eixo – Formação. Integra o Comitê Estadual de Saúde Integral LGBTI+ como representante da sociedade civil, no Departamento de Atenção Básica (DABE) da Secretaria Estadual de Saúde (SUSAM).

Graduou em Licenciatura em artes plásticas pela UFAM, Especialista em Arte e Educação pelo Centro Universitário Leonardo Da Vinci (UNIASSELVI).

Prêmios e homenagens

Foi homenageado pela Associação de Travestis, Transexuais e Transgêneros do Estado do Amazonas (ASSOTRAM) em 2018, onde ainda participa como voluntário nas ações e projetos desde 2017.

Também atua como voluntário nas atividades propostas pela Rede Nacional de Mulheres Travestis e Transexuais e Homens Trans Vivendo e Convivendo com HIV e AIDS no Amazonas (RNTTHP/AM). Além disso, tem contribuído na gestão do projeto Orgulho LGBTI+, iniciativa para difusão de artistas amazônidas desde 2017.

Recebeu o Troféu Veado de Ouro 2013 na Festa da Chiquita, em Belém (PA), juntamente com um grupo de ativistas pelas ações e iniciativas em prol da comunidade LGBTI+.

Além de premiações no campo das artes visuais e fotografia da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (ManausCult), do Instituto Cultural Brasil Estados Unidos (Manaus/AM), da Secretaria de Incentivo e Fomento à Cultura – Ministério da Cultura, da Fundação Municipal de Turismo de Manaus, e da Mostra de Artes Visuais Lina Bon Bardi – IV Bienal de Cultura e Arte da União Nacional dos Estudantes – UNE, Fundação Bienal de São Paulo. (São Paulo/SP).

Trajetória Política

Integrou a Pastoral da Juventude, na Comunidade de Santa Rita de Cássia, Paróquia de Santa Cruz em Manaus. Atuou no Partido dos Trabalhadores (PT) e no Partido Comunista do Brasil (PCdoB).

Durante sua graduação, foi Secretário de Cultura do Diretório Central de Estudantes (DCE/UFAM), coordenou o Centro Universitário de Cultura e Arte, da União Nacional dos Estudantes (UNE); Diretor de Cultura, da União Estadual dos Estudantes (UEE) e suplente na cadeira de artes visuais do Conselho Municipal de Cultura, gestão 2017-2019. Faz parte do movimento “Estamos Aqui Pra Viver, UFAM Sem LGBTfobia”.

No Psol

Atualmente é o pré-candidato do PSOL à prefeitura de Manaus, se torna o primeiro pré-candidato abertamente gay a disputar o processo eleitoral na capital amazonense. Em 2020, se torna Dirigente Municipal e articulador da pré-candidatura da Bancada Coletiva à Câmara Municipal de Manaus.

Anteriormente, integrou a equipe da candidatura presidencial de Guilherme Boulos e Sônia Guajajara, no Amazonas, e coordenou a candidatura à Deputada Federal, de Michelle Andrews, e Deputado Estadual, de Gabriel Mota em 2018. Foi membro da Frente Povo Sem Medo, no Distrito Federal, e construiu coletivamente a plataforma “Vereadores Que Queremos” com apoio às candidaturas como de Áurea Carolina, Fernanda Melchionna, Talíria Petrone, Sâmia Bomfim, David Miranda, Marielle Franco, entre outras, nas Eleições 2016.

Além de ter apoiado a candidatura de Edmilson Rodrigues (PSOL) à prefeitura de Belém (PA) em 2012.

Leia mais:

PSOL descarta candidatura solo e se une ao PT de Zé Ricardo

Veja mais notícias

Teste de publicação agendada

A Bemol comemora nesta sexta-feira (13) mais um aniversário como empresa referência para a sociedade amazonense desde 1942. Nascida em Manaus e presente nos estados Amazonas,

13 de agosto de 2021

Acompanhado da filha, David despede-se da mãe em Igreja no Morro da Liberdade

O candidato David Almeida antecipou o horário de votação para enterrar a mãe, dona Rosa, marcado às 10h deste domingo no cemitério Morro da Liberdade.

28 de novembro de 2020

Ex-candidatos lamentam falecimento da mãe de David Almeida

Após a morte de Dona Rosa Almeida, vários ex-candidatos a prefeito de Manaus que concorreram neste pleito emitiram nota de solidariedade à família.

28 de novembro de 2020

Boa Vista: Pesquisa aponta vitória de Arthur Henrique com 79% dos votos

Levantamento foi feito entre os dias 24 e 26 de novembro e ouviu 602 pessoas na capital Boa Vista. A pesquisa está registrada na Justiça Eleitoral com o n° RR 07926/2020.

28 de novembro de 2020

Belém: Justiça proíbe divulgação de pesquisa que aponta Eguchi à frente

A pesquisa do Instituto Ecodatta coloca Eguchi com 52% das intenções de voto contra 40,4% de Edmilson, dados diferentes da última pesquisa Ibope divulgada.

28 de novembro de 2020

2° turno na capital terá fiscalização do Ministério Público Eleitoral

Crimes como boca de urna, compra de votos, transporte de eleitores por candidatos poderão ser denunciados ao Ministério Público para apuração e fiscalização imediata.

28 de novembro de 2020

Campanha encerra mais cedo após morte da mãe de David Almeida

Os candidatos Amazonino Mendes e David Almeida cancelaram atividades de campanha na tarde deste sábado (28), devido a morte de Dona Rosa Almeida, ocorrida nesta manhã.

28 de novembro de 2020

Mesmo no pior cenário, média das pesquisas aponta vitória de David

Levantamento, comparando as médias das últimas pesquisas eleitorais, revelou que Amazonino perderia o 2º turno e David conquistaria a vitória, elegendo-se prefeito de Manaus.

28 de novembro de 2020