terça, 27 de outubro de 2020

Manaus tem menos de 1% da infraestrutura voltada aos ciclistas

Na opinião do coordenador do grupo Pedala Manaus, Paulo Aguiar, apesar de avanços dos últimos anos, a capital ainda fica devendo em muito com relação à ciclomobilidade.

16 de outubro de 2020

Compartilhe

A malha viária não atende à necessidade dos ciclistas da capital (Foto: Divulgação/Pedala Manaus)

A gestão do prefeito Arthur Neto (PSDB) em Manaus tem o mérito de ser a primeira a discutir de uma forma mais ampla a questão da bicicleta. Mesmo assim, a cidade não avançou em soluções que possam integrar de forma segura e funcional o modal ao sistema de mobilidade urbana. A avaliação é do coordenador do grupo Pedala Manaus, Paulo Aguiar.

De acordo com ele, apesar dos avanços nas discussões, Manaus conta hoje com menos de 1% da infraestrutura viária voltada para a bicicleta. A malha não atende à necessidade dos ciclistas da capital. Além de ser pequena, Paulo diz que a malha é desconexa e sem funcionalidade.

“A gestão do prefeito Arthur foi a primeira que propôs e construiu alguma coisa, ainda que de forma muito incipiente. Isso tem que ser reconhecido. Porém, todas as propostas que foram colocadas, desde o primeiro mandato, não saíram do papel. Temos um plano de mobilidade urbana que prioriza a bicicleta, mas não é seguido. A gente vê cada vez mas obras para os carros, viadutos e pavimentação das ruas, mas não vemos investimentos maciços na ciclomobilidade. A malha é ínfima e muitos ciclistas deixam de usar as poucas ciclovias disponíveis porque elas não têm função alguma”, criticou.

Em relação à ciclovia que está sendo construída na Avenida das Torres, Paulo afirma que é preciso esperar a conclusão das obras para emitir uma opinião mais consistente. Mas, mesmo antes disso já é possível traçar algumas observações prévias.

“A ciclofaixa recreativa da Avenida das Torres tem sérios problemas com relação à segurança dos ciclistas porque foi implantada em uma via de velocidade alta. Ciclofaixa recreativa é um tipo de estrutura recomendada para vias cuja velocidade máxima deve ser de 30Km/h. Então, esse é o primeiro problema a ser resolvido. Outro problema é que ela está sendo implantada ao lado de uma ciclovia. Será que o ciclista vai se sentir mais seguro andando pela ciclofaixa ou pela ciclovia? Provavelmente ele vai querer andar pela ciclovia”, avalia.

Na opinião do coordenador do Pedala Manaus, a ciclovia que interliga o T3 à Efigênio Salles, terá que garantir segurança, iluminação, conforto térmico, sinalização adequada para os motoristas (e não para os ciclistas), redução de velocidade nos retornos, entre outras intervenções de infraestrutura.

“Nada disso está pronto, então não podemos dizer se vai funcionar ou não. Mas isso tudo se torna necessário para que ela seja funcional”, acredita.

Candidatos a prefeito

Paulo Aguiar afirma, ainda, que a equipe do Pedala Manaus avaliou os planos de governos dos 11 candidatos à prefeitura de Manaus. O objetivo era avaliar as propostas que versam sobre a questão da mobilidade sustentável para os próximos quatro anos. Mas, segundo ele, a maioria dos candidatos não trata o tema com a clareza necessária.

Pensando nisso, o Pedala Manaus vem promovendo o bate-papo “Mobilidade Sustentável nas Eleições”. Trata-se de uma série de lives que servem para que cada um dos candidatos apresente e discuta melhor suas propostas com o público diretamente afetado por elas.

“Estamos esperando este bate-papo para que eles nos expliquem de que forma que vão tirar as propostas do papel”, explicou.

O primeiro candidato a apresentar as propostas foi Zé Ricardo (PT) e, na opinião de Aguiar, apesar de ainda serem apenas diretrizes, o plano do petista agradou.

“A proposta do Zé Ricardo está bem estruturada. Ela contempla a mobilidade sustentável, investimentos em ciclovias, investimento em calçadas, sinalização, arborização, integração com transporte público e redução de emissão de poluente. Só que são diretrizes. Não temos ainda metas estabelecidas. Acredito que essas metas só irão ser definidas caso o candidato seja eleito. Pelo menos, até o momento, as diretrizes estão muito bem claras e definidas”, disse Paulo Aguiar.

Nesta sexta-feira (16), o convidado do “Mobilidade Sustentável nas Eleições” será o candidato Gilberto Vasconcelos, do PSTU. A live será transmitida a partir das 20h no perfil oficial do Pedala Manaus.

Vereadores

Já com relação aos candidatos a vereadores, Paulo avalia que muitos ainda estão muito focados exclusivamente na questão do transporte coletivo e acabam esquecendo das necessidades dos ciclistas. Outros até pensam na mobilidade, mas ainda de forma isolada, não integrada.

Apesar de tudo, ele se mostra satisfeito com a visibilidade que a questão tem ganhado nos últimos anos.

“O que deixa a gente feliz é que, de uma forma ou de outra, essa questão está pautada. A gente percebe que, da última eleição municipal para essa, já há uma preocupação maior com a questão da mobilidade. Antes era uma questão colocada em segundo plano e hoje já é uma preocupação de todos eles. Agora, a forma como a questão é tratada ainda precisa ser melhorada. Alguns estão tratando com mais propriedade, outros com menos. Mas o importante é que o tema está na pauta”, finalizou.

Reportagem: Lucas Raposo

Veja mais notícias

‘Fui convidado a ser vice de Amazonino e recusei’, diz David Almeida

David Almeida diz que proposta foi rejeitada como forma de construir um projeto independente. Para o candidato, antigos caciques não permitem o surgimento de novas lideranças

27 de outubro de 2020

Propostas de candidatos não atendem necessidades do turismo, diz ABIH-AM

O presidente da Abih-AM afirmou que já se reuniu com os prefeituráveis, mas que as propostas dos candidatos não atendem às necessidades do turismo de Manaus.

27 de outubro de 2020

Proposta desagrada comércio e David culpa vice: ‘deve ser do Rotta’

Projeto de criação de um novo Procon municipal, apresentada em programa de TV, deixou os empresários preocupados. Após críticas, David Almeida negou a autoria da proposta.

27 de outubro de 2020

Juíza determina que Alberto Neto pare de veicular propaganda irregular

A decisão atende pedido de Ricardo Nicolau que denunciou a coligação de Alberto Neto por uso de carro som parado no cruzamento entre a Djalma Batista e João Valério.

27 de outubro de 2020

Impulsionamento irregular na internet rende multa a Menezes

Juíza atendeu pedido de Capitão Alberto Neto e condenou Menezes a pagar multa de R$ 5 mil por impulsionamento de conteúdo no Facebook sem a identificação de conteúdo pago.

27 de outubro de 2020

Juíza intima Nicolau, George e Samel por abuso de poder econômico

A coligação de Amazonino Mendes ingressou com ação de investigação, alegando abuso de poder econômico, pedindo a proibição de menção à Samel na campanha de Ricardo Nicolau.

27 de outubro de 2020

TSE e BNDES firmam parceria para informar eleitor sobre saneamento

A parceria entre BNDES e TSE visa promover medidas para estimular o acesso dos envolvidos nas Eleições 2020, englobando a comunidade, candidatos e demais interessados.

26 de outubro de 2020

Briga pelo segundo turno provoca mudanças nas campanhas eleitorais

Na briga pela vaga para disputar o segundo turno com Amazonino, algumas campanhas ganham reforços enquanto outras preferem não mexer em time que está ganhando.

26 de outubro de 2020