fbpx

sexta, 26 de fevereiro de 2021

Procon notifica distribuidoras por aumento no preço do combustível

Distribuidoras deverão entregar notas fiscais que mostrem como é feito o cálculo para o aumento do preço repassado ao consumidor.

9 de fevereiro de 2021

Compartilhe

Procon exige explicações sobre cálculo para determinação do preço do combustível (Foto: Divulgação)

O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon-AM) notificou, na segunda-feira (8), três distribuidoras por aumento no preço de combustíveis e informou que mais duas empresas do segmento serão notificadas.

O órgão solicita às empresas explicações sobre o aumento dos valores das gasolinas aditivada e comum, divulgado pela Petrobrás.

Por meio de nota, o Procon-AM informou que as distribuidoras deverão entregar, em até cinco dias, notas fiscais e documentos que mostrem como é feito o cálculo para chegar ao valor repassado ao consumidor nas bombas dos postos de combustíveis.

No caso das notificações encaminhadas ontem, o órgão solicitou notas fiscais do período de 1º de janeiro e 8 de fevereiro de 2021.

“O aumento acumulado do ano de 2021 já chega a cerca de 22%. O impacto disso na cadeia é devastador, e precisamos saber se o aumento no preço/bomba corresponde ao custo do produto, que ficou mais caro, ou se é aumento de margem. O preço abusivo é configurado justamente quando aumenta-se o valor do produto ou serviço para se tirar vantagem em cima do consumidor. Nosso trabalho é coibir esses aumentos e não regular o mercado e a política de preço”, explicou o diretor-presidente do Procon, Jalil Fraxe.

Postos e política de preços

De acordo com o vice-presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis do Amazonas (Sindicam), Geraldo Dantas, cada posto de combustível adota a própria política de preços. Ele informa que nesta terça-feira (9) o preço repassado nas bombas de combustíveis varia entre R$ 4,79 e R$ 4,84.

“Alguns postos já devem fazer o repasse ao consumidor e outros deverão esperar as notas fiscais chegarem aos postos para poder fazer esse repasse ao consumidor. Cada posto tem a sua política de preços, onde determina o valor do seu produto”, comentou.

Reportagem: Priscila Caldas

Leia mais:

Leia mais sobre Economia

Amazonas continua sem resposta com relação ao imposto das bicicletas

Na última terça-feira, o ministro da Economia, Paulo Guedes, pediu um prazo de 24 horas para dar uma resposta a sobre a redução no Imposto de Importação sobre bicicletas.

25 de fevereiro de 2021

Pandemia reduziu em quase 70% o número de voos para Manaus

Manaus teve queda de 69% no receptivo em janeiro de 2021, em relação a janeiro de 2020. Para Abear, menor fluxo de passageiros no aeroporto é reflexo da pandemia da Covid-19.

25 de fevereiro de 2021

Empresários: privatização desburocratiza Correios e traz eficiência

Representantes do comércio e da indústria acreditam que a privatização dos correios é sinônimo de melhoria de gestão e modernização nas etapas de trabalho a menor custo.

25 de fevereiro de 2021

Proposta prevê restituição do Imposto de Renda dez dias após entrega

De acordo com o autor do Projeto de Lei, deputado Eduardo da Fonte (PP-PE), a medida procura beneficiar contribuintes que perderam renda com a pandemia de Covid-19.

25 de fevereiro de 2021

Crédito e taxas de juros favorecem setor imobiliário na região Norte

Menor taxa de juros e crédito facilitado impulsionam mercado imobiliário no Amazonas e região Norte. Porém, aumento no preço do insumo e risco de desabastecimento preocupam.

25 de fevereiro de 2021

Suframa aprova projetos que somam R$ 1,8 bilhão em investimentos

Entre os projetos aprovados, estão nove de implantação e 23 de atualização, diversificação e ampliação. Expectativa de geração de empregos é de 1.297 postos de trabalho.

25 de fevereiro de 2021

Auxílio Emergencial: valores devem ser incluídos no Imposto de Renda

Contribuinte deverá declarar valores do benefício, caso tenha recebido, junto com o Auxílio Emergencial, outros rendimentos tributáveis em valor anual superior a R$ 22,8 mil.

25 de fevereiro de 2021

Infraero vai viabilizar retomada de voos em aeroportos do Amazonas

A empresa foi contratada para fazer os estudos, projetos, obtenção de licenças, contratação e fiscalização de obras de melhorias nos aeroportos do Amazonas.

24 de fevereiro de 2021