fbpx

quarta, 03 de maro de 2021

“O Amazonas está queimado”, afirma presidente da Associação de Hotéis

De acordo com o presidente da ABIH-AM, Roberto Bulbol, estado amarga uma taxa de ocupação de hotéis de apenas 9% e é o mais prejudicado em meio à crise causada pela pandemia.

16 de fevereiro de 2021

Compartilhe

Hotéis fecharam janeiro com ocupação estimada em 9% dos 14 mil leitos (Foto: Reprodução)

Com números de ocupação abaixo de dois dígitos, o setor hoteleiro do Amazonas amarga prejuízos.

Medidas de enfrentamento à disseminação da Covid-19, como redução de voos, restrição nos transportes rodoviário e fluvial, contenção à circulação de pessoas e ao funcionamento do comércio, prejudicam o segmento que hoje, disponibiliza 14 mil leitos, no estado.

O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Amazonas (ABIH-AM), Roberto Bulbol, afirma que entre os demais estados do Brasil, o setor hoteleiro do Amazonas é o mais prejudicado em meio à crise causada pela pandemia. Em janeiro, a ocupação foi de aproximadamente 9%.

“Houve uma diminuição expressiva na frequência de voos para Manaus por falta de passageiros. Muitos aviões estão transportando cargas. A rodoviária e os portos estão fechados. Quem vem para Manaus? Em todas as estatísticas o Amazonas é mostrado como referência negativa. O Amazonas como destino está queimado”, externou Bulbol.

Para o presidente, é necessário implementar um plano de reconstrução da imagem do Amazonas.

“É necessário trabalhar para reverter toda essa situação com um plano macro voltado a vender o Amazonas como destino turístico”.

Leitos e atendimentos às demandas

O presidente da ABIH-AM ainda fez uma análise dizendo que no período preparatório para a Copa 2014 o setor foi muito cobrado pelo poder público para suprir a demanda de leitos.

Porém, ele cita que por outro lado, o próprio governo mostra despreparo para o atendimento à população.

“Naquela época a Fifa questionava os governantes quanto aos leitos hospitalares e eles informavam que estavam preparados para atender emergências e receberíamos 14 mil pessoas. E hoje? que temos 2,3 milhões de pessoas e sabe quantos leitos? 2 mil leitos e isso é menos do que 1% da nossa população”, disse.

Por meio de nota a Amazonastur informou que iniciou um levantamento de informações para compor um plano de retomada do turismo no Amazonas. O trabalho está em andamento.

Reportagem: Priscila Caldas

Leia mais:

Leia mais sobre Economia

Reflexos da redução de impostos sobre diesel depende de distribuidoras

De acordo com o vice-presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis do Amazonas (Sindicam), Geraldo Dantas, redução ainda deve passar pelas distribuidoras.

2 de março de 2021

Postos já repassam reajuste e gasolina chega a custar R$5,59 no AM

Um dia após mais um reajuste no valor do combustível anunciado pela Petrobrás, postos de combustíveis de Manaus vendem gasolina por preços que variam entre R$5,29 e R$5,59.

2 de março de 2021

Perda de renda afeta arrecadação do IPVA em janeiro

Em janeiro, o Amazonas teve redução de 24% no recolhimento de IPVA, em comparação a janeiro de 2020. Para Sefaz, números refletem a pandemia.

2 de março de 2021

Presidente Figueiredo lidera as exportações do interior em janeiro

O município contabilizou em janeiro US$ 2,80 milhões em exportações. O segundo município que mais exportou em Janeiro deste ano foi Itacoatiara, com US$ 1,05 milhão.

2 de março de 2021

Exportações do Amazonas têm alta de 26,34% em janeiro

Valores exportados alcançaram cifras de US$ 71,98 milhões em janeiro de 2021. Venezuela, Bolívia, Argentina e Alemanha foram os principais destinos dos produtos amazonenses.

2 de março de 2021

Após quinta alta seguida Bolsonaro zera alíquota sobre gás e diesel

O decreto deve minimizar a flutuação dos preços. A redução sobre o diesel será válida apenas por dois meses, já a do gás de cozinha não tem previsão para o término.

2 de março de 2021

Após deixar o PIM, Sony encerra vendas de TVs, áudio e câmeras

Serviços de garantia e suporte técnico aos consumidores serão mantido, bem como a venda de produtos dos segmentos de Games, soluções profissionais, música e entretenimento.

2 de março de 2021

Com movimento fraco durante a semana, shoppings aglomeram no sábado

Lojistas relatam que primeira semana de reabertura gradual dos shoppings teve frequência ‘tímida’ dos consumidores de segunda a sexta com registro de aglomerações no sábado.

1 de março de 2021