fbpx

sexta, 27 de maio de 2022

Saiba como escolher o melhor crédito para o seu pequeno negócio

Por meio do programa de Crédito Assistido do Sebrae, empreendedores recebem orientações sobre crédito, considerando a real necessidade da empresa e capacidade de pagamento.

26 de abril de 2022

Compartilhe

Portal Sebrae oferece gratuitamente diversos conteúdos e capacitações (Foto: Reprodução)

Os donos de micro e pequenas empresas que enfrentam dificuldades financeiras e buscam por empréstimo no mercado financeiro podem contar com o apoio do Sebrae para escolher as melhores modalidades de crédito para seus negócios.

Por meio do programa de Crédito Assistido, os empreendedores são acompanhados em todas as fases da operação de crédito para que a tomada de decisão seja consciente, considerando a real necessidade do negócio e capacidade de pagamento do financiamento.

Desde 2020 quando a pandemia da Covid-19 começou a impactar significativamente o faturamento dos pequenos negócios, o Sebrae tem disponibilizado o programa Crédito Assistido.

No Portal do Sebrae, é possível acessar gratuitamente diversos conteúdos e capacitações com objetivo de guiar o empreendedor pelo melhor caminho de acesso ao capital, ampliando sua sustentabilidade financeira e diminuindo os riscos de inadimplência.

O analista de Capitalização e Serviços Financeiros do Sebrae, Weniston Ricardo, explica que o crédito se assemelha a um remédio que precisa ser tomado na dose certa.

“Ao contratar um crédito, o empresário tem que ter em mente de que está contraindo uma dívida, então precisa tomar essa decisão de forma consciente e avaliar se terá capacidade de pagamento. É como se fosse um remédio que se tomado na dose errada pode trazer graves consequências e se tornar até mesmo um veneno”, destaca.

Confira abaixo algumas dicas elaboradas pelo especialista do Sebrae, para avaliar o momento pré-crédito, ou seja , antes da contratação:

1. Faça uma análise da gestão financeira do seu negócio
A primeira coisa antes de tomar o crédito é analisar a gestão financeira do seu negócio. Para isso, o Sebrae recomenda que o empreendedor faça um diagnóstico das contas da empresa, buscando identificar a causa dos seus problemas financeiros. Questione se não existe uma alternativa dentro da própria empresa que possa ajudar no ajuste das contas, como fazer uma promoção para queimar o estoque e conseguir um recurso adicional ou até mesmo reduzir algum custo desnecessário no momento.

2. Identifique a sua real necessidade de crédito
Depois de verificar se você realmente precisa de um empréstimo, é preciso ter clareza qual será a finalidade do recurso pretendido e o valor do financiamento. Não se esqueça que ao contratar um crédito, você está contraindo uma dívida que pode ser boa, se te trará um retorno positivo, como por exemplo, comprar novos insumos para aumentar a produção. Por outro lado, essa dívida pode ser ruim, por exemplo, se for apenas para pagar uma outra dívida mais urgente, sendo que no momento você já reconheceu que está com problemas no fluxo de caixa.

3. Pesquisa as linhas de crédito disponíveis
Ao longo dos últimos anos, o Sebrae tem monitorado mais de 180 linhas de crédito disponíveis por diversas instituições financeiras, como bancos, agências de fomento, cooperativas, entre outras. Antes de decidir por qual financiamento optar, é preciso fazer um comparativo entre eles, analisando limites, taxa de juros, carências e outros custos que possam surgir. Assim, fica mais fácil para identificar a linha de crédito mais vantajosa e de acordo com a realidade do seu negócio.

4. Verifique se a empresa está com alguma restrição cadastral
Antes de ir até o banco ou outra instituição financeira, é preciso verificar se o CNPJ ou CPF dos sócios estão sem restrições. Para obter crédito é importante que não exista nenhum tipo de restrição, sejam impostos atrasados, débitos com uma instituição financeira ou até mesmo com contas de água, luz e telefone. Se houver algum desses problemas, resolva primeiro, pois será bem difícil conseguir o crédito nessas condições.

5. Saiba que garantias você pode oferecer
A falta de garantias ou insuficiência de garantias disponibilizadas corresponde a um dos principais obstáculos enfrentados pelos pequenos negócios para acessar as linhas de crédito disponíveis no mercado. Então, verifique atentamente que tipo de garantia você tem e se são suficientes para o valor que está necessitando. Veículos, imóveis e até parte do financiamento de máquinas podem ser dados em garantia.

Quando o empresário não tem garantias para oferecer, ele pode buscar atrelar ao empréstimo as garantias fornecidas pelos fundos garantidores, como é o caso do Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe), gerido pelo Sebrae. Neste caso, os recursos são disponibilizados apenas por meio de instituições conveniadas. Atualmente, já são 20 instituições financeiras credenciadas pelo Sebrae para concederem financiamentos com as garantias do Fampe. Entre elas, destacam-se Caixa, Banco do Brasil, BRB, Sicoob, Sicredi, Banco Original, Banrisul, Banco Banese, entre outras.

Fonte: Sebrae

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Com R$ 195 bilhões, Receita bate recorde de arrecadação em abril

No quadrimestre (de janeiro a abril de 2022), a arrecadação da Receita Federal alcançou o valor de R$ 743,2 bilhões, o que representa um acréscimo de 11,05% pelo IPCA.

26 de maio de 2022

Redução do ICMS: Bolsonaro sinaliza veto a compensação para estados

Bolsonaro disse que compensação, prevista em projeto aprovado na Câmara que limita ICMS da energia e de combustíveis, "não tem cabimento" e que poderá vetar o dispositivo.

26 de maio de 2022

Criticado até por bolsonarista, salário mínimo de R$ 1.212 é aprovado

Valor já está em vigor desde o primeiro dia do ano, quando Bolsonaro editou a medida provisória. A proposta, no entanto, precisava ser confirmada pelo Congresso Nacional.

26 de maio de 2022

Wilson Lima anuncia investimentos de quase R$ 25 milhões para CT&I

Por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado (Fapeam), os recursos serão aplicados em sete editais, sendo seis inéditos, de programas de apoio a pesquisas científicas.

26 de maio de 2022

Para economistas, ICMS em 17% terá pouco impacto na redução de preços

Economistas acreditam que projeto que estipula teto de 17% na cobrança de ICMS não resultará em redução expressiva no preço do combustível, com queda de até 5% nos preços.

26 de maio de 2022

Novamed anuncia expansão no PIM com investimento de R$ 50 milhões

Empresa pretende aumentar a produção de 1 bilhão e 100 milhões de comprimidos/mês para 1 bilhão e 400 milhões/mês, além da garantia de cerca de 900 postos de trabalho.

26 de maio de 2022

Indígenas Tikuna participam de oficina de artesanato em Benjamin Constant

O Workshop, promovido em parceria com o Sebrae Amazonas, contou com a presença de consultores de artesanato do Ceará, do Espírito Santo, Colômbia e Brasília.

26 de maio de 2022

Caixa amplia em até 21,4% subsídio do programa Casa Verde Amarela

Percentuais vão variar de 12,5% a 21,4%. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Regional, acréscimo varia conforme região, renda familiar e população do município.

26 de maio de 2022