fbpx

quarta, 22 de setembro de 2021

Programa Emergencial afeta contratação no comércio, afirma sindicato

Sindicato afirma que mesmo com demanda crescente no segmento comercial, medidas do Programa Emergencial prejudicam a abertura de novos postos de trabalho.

29 de junho de 2021

Compartilhe

Sindicato afirma que demanda do comércio é crescente (Foto: Reprodução)

Desde a reabertura do comércio, o Sindicato dos Empregados do Comércio Hoteleiro, Bares, Restaurantes e Similares do Amazonas (SINDECHRSAM) registra estagnação no número de trabalhadores que operam no segmento. O motivo, segundo o sindicato, é a vigência do Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e Renda.

Segundo o presidente do SINDECHRSAM, Gerson Almeida, o segmento conta atualmente com 50 mil trabalhadores em atividade e cerca de 10 mil pessoas que estão afastadas das atividades porque tiveram os contratos de trabalhos suspensos, mas recebem mensalmente por meio do governo federal.

Almeida afirma que, após o retorno das atividades comerciais, consequentemente a demanda por mão-de-obra também cresceu. Mas, as empresas deixam de reativar os contratos de trabalhos suspensos ou efetivar novas contratações porque estão amparadas pelo Programa Emergencial.

“Os bares e restaurantes estão com frequência entre 70% e 80%, praticamente em pleno funcionamento, e consequentemente demanda aumento de pessoal para trabalhar. Mas, o amparo do Programa Emergencial afasta as contratações até o mês de agosto”, comenta.

Expectativa para o setor

Segundo o presidente, a expectativa é que a partir de setembro o segmento crie novos postos de trabalho. Almeida ainda informa que no setor hoteleiro o movimento continua tímido, sem perspectiva de aquecimento em admissões.

“Esperamos que após o encerramento do Programa Emergencial as contratações sejam retomadas. Nos hotéis, a situação é mais delicada ainda por conta do turismo que está em baixa na região. Não há contratações no segmento”.

Programa Emergencial

O Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda, lançado no final de abril pelo governo federal, permite que empresas reduzam o salário e a jornada dos funcionários ou suspendam o contrato de trabalho temporariamente. O programa tem vigência até o final de agosto deste ano.

Para a Abrasel, programa salva os empregos

O presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes – seccional Amazonas (Abrasel-AM), Fábio Cunha, disse que o Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda ajudou a manter pessoas empregadas e que a permissão por meio do decreto estadual para o pleno funcionamento dos estabelecimentos comerciais resultaria em geração de emprego.

“O programa continua salvando empregos. O que observamos é que pessoas decidem ficar em casa para receber o valor do auxílio emergencial e em alguns casos, entram no ramo da informalidade. Acreditamos que o fim do decreto estadual, que impõe as restrições ao comércio, consequentemente gerará novos postos de trabalho”, disse.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Produção agrícola em 2020 bate novo recorde e atinge R$ 470,5 bilhões

Produção agrícola nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas chegou, no ano passado, a 255,4 milhões de toneladas, 5% maior que a de 2019, segundo dados do IBGE.

22 de setembro de 2021

Proposta do autoatendimento em postos tramitará em urgência no dia 26

A MP recebeu proposta de 73 emendas ao texto-base, dentre elas, a que propõe a implantação de bombas de autoatendimento nos postos de combustíveis.

22 de setembro de 2021

Argentina vai permitir a entrada de brasileiros vacinados

Para ingressar no país será necessário comprovar o esquema de vacinação contra Covid-19 completo há ao menos 14 dias, e ter testado negativo para a doença antes do ingresso.

21 de setembro de 2021

Produção nacional de aço tem aumento de 2,92% em agosto, diz Instituto

Com este aumento, os níveis de produção do aço no país seguem elevados, acima de 8 milhões de toneladas por mês durante todo o ano de 2021, com exceção do mês de março.

21 de setembro de 2021

Manaus Previdência lança edital para concurso; salários chegam a R$ 12,4 mil

A vigência do concurso será de dois anos, a partir da data de homologação do resultado final, sendo prorrogável por mais dois anos.

21 de setembro de 2021

Bioeconomia é oportunidade para aperfeiçoar atividades públicas e privadas

Com ajuda do Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA), representantes dos setores público e privado veem na bioeconomia amazônica, potencial para avançar em suas atividades.

21 de setembro de 2021

Fab Lab cria projetos de fomento à inserção feminina na tecnologia

Nos cursos, ofertados pela instituição, as mulheres têm acesso a conteúdos como: robótica, realidade virtual, modelagem 2D e 3D, eletrônica, marcenaria, IOT, entre outros.

21 de setembro de 2021

Confederação do Comércio: confiança do diminui 0,4% em setembro

Para o presidente da CNC, José Roberto Tadros, os dados reforçam a ideia de recuperação, mas ainda há muitos desafios para serem enfrentados para a retomada da economia.

21 de setembro de 2021