fbpx

terça, 18 de janeiro de 2022

Produção industrial fecha 2020 com queda de 4,5%, diz IBGE

Desempenho foi afetado pela pandemia. Somente no período de março e abril, quando houve medidas de isolamento social para enfrentar a doença, a indústria recuou 27,1%.

2 de fevereiro de 2021

Compartilhe

Entre as atividades industriais, a principal queda veio dos veículos automotores (Foto: Reprodução)

A indústria brasileira fechou 2020 com uma queda de 4,5% em sua produção. O desempenho da indústria no ano passado foi afetado pela pandemia de covid-19.

Somente no período de março e abril, quando houve medidas de isolamento social para enfrentar a doença, a indústria recuou 27,1%.

Os dados são da Pesquisa Industrial Mensal do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Vinte dos 26 ramos industriais pesquisados tiveram queda na produção no ano. Mais de 60% dos 805 produtos pesquisados pelo IBGE tiveram redução.

Entre as atividades industriais, a principal queda veio dos veículos automotores, reboques e carrocerias (-28,1%).

Outras contribuições negativas importantes vieram dos ramos de confecção de artigos do vestuário e acessórios (-23,7%), indústrias extrativas (-3,4%), metalurgia (-7,2%), couro, artigos para viagem e calçados (-18,8%), outros equipamentos de transporte (-29,1%) e impressão e reprodução de gravações (-38,0%).

Apenas seis atividades tiveram aumento de produção no ano, com destaque para produtos alimentícios (4,2%).

As quatro grandes categorias econômicas da indústria registraram queda: bens de consumo duráveis (-19,8%), bens de capital, isto é, máquinas e equipamentos usados no setor produtivo (-9,8%), bens de consumo semi e não duráveis (-5,9%) e bens intermediários, isto é, insumos industrializados usados no setor produtivo (-1,1%).

Dezembro

Em dezembro de 2020, no entanto, a indústria brasileira apresentou altas de 0,9% em relação ao mês anterior e de 8,2% na comparação com dezembro de 2019. Na média móvel trimestral, a alta chegou a 1%.

Na comparação com novembro, as influências positivas mais relevantes, vieram das atividades de metalurgia (19,0%), de veículos automotores, reboques e carrocerias (6,5%) e das indústrias extrativas (3,7%).

Fonte: Agência Brasil

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

IPTU em cota única e com descontos pode ser pago até 15 de março

As informações de lançamento, assim como as guias para pagamento do IPTU 2022 estarão disponíveis para consulta e impressão dentro dos próximos dias no site Manaus Atende.

18 de janeiro de 2022

Leilão de quadrinhos raros, nos Estados Unidos tem arrecadação milionária

Leilão tem arrecadação superior a US$ 12 milhões com itens raros das editoras americanas de histórias quadrinhos publicadas entre os anos 1930 e 1980 com personagens famosos.

18 de janeiro de 2022

Grupo de farmácias vê teste de Covid saltar de 200 para 2 mil por dia

Grupo Tapajós identificou explosão de busca por testes de Covid e antigripais somente em janeiro entre as drogarias que administra, com a alta dos casos de gripes na cidade.

18 de janeiro de 2022

Mais ricos dobram fortunas e milhões entram para pobreza na pandemia

Fortuna dos dez mais ricos do mundo saiu de US$ 700 bilhões para US$ 1,5 trilhão de acordo com relatório "Desigualdade Mata" da Oxfam, divulgado na semana do Fórum de Davos.

17 de janeiro de 2022

Pedidos de recuperação judicial caem 24% em 2021, aponta Serasa

Segundo a Serasa, os micro e pequenos negócios tiveram o maior número de requisições apesar de estarem em queda no comparativo com o mesmo período do ano anterior.

17 de janeiro de 2022

Governo alerta sobre mudanças na Nomenclatura Comum do Mercosul

Medida obriga que empresas incentivadas do Polo Industrial de Manaus façam solicitação de adequação no banco de dados da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico.

17 de janeiro de 2022

Manaus teve a maior arrecadação de IPTU da Região Norte, em 2020

Conforme a Frente Nacional de Prefeitos (FNP) divulgado nesta segunda-feira (17). A capital do Amazonas arrecadou naquele ano, R$ 289,1 milhões, seguida de Palmas.

17 de janeiro de 2022

CNI: emprego, faturamento e renda na indústria avançam em novembro

O faturamento real da Indústria de Transformação cresceu 0,7% em novembro, na comparação com outubro. A alta reverte a sequência de três quedas consecutivas no faturamento.

17 de janeiro de 2022