fbpx

quinta, 02 de dezembro de 2021

Para ACA demora na conclusão de obra no centro é ‘descaso’ municipal

Associação reivindica atenção da prefeitura quanto à conclusão das obras da rua Henrique Martins e liberação total da passagem de pedestres na área comercial.

20 de novembro de 2021

Compartilhe

Prédio que estava em área de isolamento desabou na quinta-feira (18) (Foto: João Onety)

A Associação Comercial do Amazonas (ACA) denominou como ‘descaso’ a demora da gestão municipal na conclusão das obras na rua Henrique Martins, onde um prédio desabou na noite de quinta-feira (18). A área obstruída prejudica o fluxo de pedestres nos estabelecimentos comerciais e reduz as expectativas de melhores vendas para as festas de final de ano.

O presidente da ACA, Jorge Lima, disse que há mais de um ano busca ajuda por parte da prefeitura para concluir as obras no local, onde no último ano, surgiu uma cratera, seguida de desabamento na quinta-feira (18). Porém, ele reclama que o município não deu andamento aos trabalhos com o propósito de conclusão dos trabalhos.

“Vemos que quando ocorre a obstrução de um bueiro em uma avenida principal da cidade, logo o reparo é concluído. Enquanto esse problema (na rua Henrique Martins) se prolonga por um ano e meio e não deveria durar mais do que uma semana. É um prejuízo muito grande para o comércio. É um descaso com a obra”, reclamou.

“Pode ser que agora, com o aumento do sinistro, a prefeitura tome providências”, completou.

Segundo Lima, para os estabelecimentos comerciais localizados na área afetada pelo desabamento as vendas para a Black Friday já foram perdidas.

“Com menor fluxo de pedestres pelo local fica difícil vender. As vendas para a Black Friday, nessa área, já foram perdidas. A esperança é que a prefeitura conclua as obras até dezembro, com esperanças para o natal”.

Comerciantes esperançosos com o natal

O comerciante Walif Ayoub relata que atua no local há 42 anos. Ele conta que ainda tem esperanças de obter êxito com as vendas natalinas.

“Esperamos que o prefeito tome providências para que tenhamos um natal positivo. No último ano registramos prejuízos e o baixo movimento decorrente da restrição da área onde ocorreu o sinistro”.

Para o comerciante Ibrahim Imail, que trabalha no local há 5 anos, a situação é preocupante.

“O buraco já engoliu três lojas e está ameaçando outras. Já reclamamos várias vezes, a prefeitura já veio, houve mudança de administração e até agora não foi resolvido. Estamos esperando melhores vendas no natal”.

Prefeitura: ‘sem prazo para conclusão’

O chefe da distrital do centro histórico, Efraim Costa, disse que os trabalhos estão ocorrendo no horário noturno e que o andamento vem sendo prejudicado pela cheia do rio Negro. Porém, ele disse que não há como prever data de término para as obras.

“Teremos que mudar a concepção de execução da obra para dar continuidade, por conta do desabamento. Não há como dar uma data exata. Estamos fazendo a limpeza do local”.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Mercado Pet ganhou forte impulso no Amazonas durante a pandemia

Pandemia mostrou ao ser humano a necessidade de companhia, aproximando pessoas aos animais. Consequentemente, demanda por produtos e serviços destinados aos bichos cresceram.

2 de dezembro de 2021

Bancos digitais miram crédito para aquisição de automóveis

Eles estão de olho em um mercado que movimenta, em média, R$ 15 bilhões por mês, com 70% da concessão de financiamento concentrada em cinco grandes grupos.

1 de dezembro de 2021

Canadá lidera compra de motocicletas do Polo Industrial de Manaus

Canadá ficou responsável por 25,62% das aquisições desse item, alcançando pela primeira vez o primeiro lugar no ranking de exportação das motocicletas fabricadas no PIM.

1 de dezembro de 2021

Exportações do Amazonas crescem 14% e somam US$75 milhões em outubro

A Venezuela se mantém como principal destino dos produtos amazonenses, ficando responsável pelo volume de US$ 12 milhões, com participação de 16,26% do total de exportações.

1 de dezembro de 2021

Trabalhadores do setor plástico acendem alerta de greve

Trabalhadores das empresas PAM Plásticos e Tutiplast Indústria e Comércio iniciaram os trabalhos uma hora após o horário de início de expediente.

1 de dezembro de 2021

IBGE: Índice de Preços ao Produtor cresce 2,16% em outubro

Com o resultado apurado, os preços ao produtor seguem pressionados no ano de 2021, com maiores variações percentuais mensais ocorrendo em fevereiro (5,16%) e março (4,62%).

1 de dezembro de 2021

Setor de serviços lidera geração de empregos no AM pelo sexto mês

O setor de serviços foi responsável pela admissão de 7.729 trabalhadores e pela demissão de 6.715 pessoas. O saldo foi de 1.014 novos empregos.

1 de dezembro de 2021

82% das pequenas indústrias já inovaram pelo menos uma vez

Segundo a CNI, apesar de a maioria das indústrias terem inovado, em geral as pequenas empresas ainda não têm estrutura para tornar a inovação uma atividade contínua.

1 de dezembro de 2021