fbpx

terça, 21 de setembro de 2021

Indústria prevê crescimento de até 12% para o segundo semestre

Fabricantes superam fatores negativos que limitam o volume produtivo e registram resultados crescentes em faturamento, possibilitando previsão positiva para os próximos meses

24 de junho de 2021

Compartilhe

Fieam prevê crescimento de até 12% para o segundo semestre. (Foto: Reprodução)

A Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam) prevê crescimento de até 12% no faturamento das fabricantes instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM), para o segundo semestre deste ano, em relação a igual período de 2020.

A estimativa ‘dribla’ a falta de componentes eletrônicos e as limitações motivadas pela pandemia da Covid-19.

 A previsão positiva é do vice-presidente da Fieam, Nelson Azevedo. O empresário explica que apesar do cenário desfavorável, que impõe limitações às fabricantes, como a falta de componentes eletrônicos em todo o mundo, e as restrições em combate ao novo coronavírus, o parque industrial mantém linha crescente nos resultados dos faturamentos mensais.

“Apesar da carência de componentes, no mercado interno e externo, temos conseguido obter bons resultados, o que nos permite ter boas expectativas com crescimento estimado entre 10% e 12% no segundo semestre deste ano em relação a igual período do ano anterior”, disse.

“O desabastecimento de semicondutores acarreta na redução drástica do volume de produção e consequentemente, na diminuição da quantidade de pessoas operando na linha de produção. Mas não se trata de demissões”, completou Azevedo.

Indicadores da Suframa mostram resultados em ascensão

Conforme números dos Indicadores de Desempenho do PIM, divulgados pela Suframa, na análise do período de janeiro a março o parque fabril apresenta crescimento tanto anual quanto mensal.

No primeiro trimestre de 2016 o PIM teve faturamento de R$16,9 bilhões, contabilizando resultados crescentes que tiveram melhor resultado no primeiro trimestre de 2021 com o saldo de R$35,6 bilhões.

Na análise mensal também houve crescimento. Em janeiro deste ano, o faturamento do polo industrial somou R$10,3bilhões; em fevereiro esse saldo subiu para R$11,2 bilhões; e em março alcançou R$13,9 bilhões.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Segunda prévia do IGP-M aponta variação de -0,58% em setembro

O resultado mensal de setembro é o primeiro com variação negativa desde fevereiro de 2020. Dois dos três indicadores que compõem o IGP-M exibiram variação menor no mês.

20 de setembro de 2021

Manaus recebe 4ª edição da Feira Internacional da Gastronomia Amazônica

FIGA acontecerá em outubro, com objetivo de promover o intercâmbio entre chefs regionais, nacionais e internacionais e divulgar a Gastronomia Amazônica para diversos países.

20 de setembro de 2021

Estado arrecadou R$9,2 bi e cresceu 13,4% no ano, segundo Sefaz

Amazonas arrecadou mais de R$1,1 bi em agosto. Número representa crescimento de 1,75% em relação a agosto de 2020. Enquanto de janeiro a agosto o crescimento foi de 13,4%.

20 de setembro de 2021

A Importância da ZFM é tema do projeto Diálogos Amazônicos desta segunda

Participam do debate o reitor da Universidade do Estado do Amazonas, Cleinaldo Costa; e Juliano Assunção, professor da PUC-Rio e diretor do Climate Policy Initiative no país.

20 de setembro de 2021

EUA liberam a entrada de estrangeiros totalmente vacinados contra Covid-19

Medida entra em vigor a partir de novembro e vale para todos os países, incluindo o Brasil. Turistas terão que comprovar que estão completamente imunizados contra a doença.

20 de setembro de 2021

Governadores negam influência do ICMS na alta dos combustíveis

De acordo com nota assinada por 20 governadores, "nos últimos 12 meses, o preço da gasolina registrou um aumento superior a 40%, embora nenhum Estado tenha aumentado o ICMS".

20 de setembro de 2021

Vagas em home office: veja seleção de oportunidades para trabalhar de casa

Foram elencadas mais de 15 empresas que dispõem de vagas para quem quer garantir renda sem sair de casa. Na pandemia, home office ganhou destaque.

20 de setembro de 2021

Ministro do Desenvolvimento promete investir R$ 7 bi em mobilidade

Segundo Rogério Marinho, o transporte público é a alternativa mais importante para o deslocamento de pessoas. Afirmação foi dada durante abertura da Semana da Mobilidade.

20 de setembro de 2021