fbpx

domingo, 24 de outubro de 2021

Indústria prevê crescimento de até 12% para o segundo semestre

Fabricantes superam fatores negativos que limitam o volume produtivo e registram resultados crescentes em faturamento, possibilitando previsão positiva para os próximos meses

24 de junho de 2021

Compartilhe

Fieam prevê crescimento de até 12% para o segundo semestre. (Foto: Reprodução)

A Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam) prevê crescimento de até 12% no faturamento das fabricantes instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM), para o segundo semestre deste ano, em relação a igual período de 2020.

A estimativa ‘dribla’ a falta de componentes eletrônicos e as limitações motivadas pela pandemia da Covid-19.

 A previsão positiva é do vice-presidente da Fieam, Nelson Azevedo. O empresário explica que apesar do cenário desfavorável, que impõe limitações às fabricantes, como a falta de componentes eletrônicos em todo o mundo, e as restrições em combate ao novo coronavírus, o parque industrial mantém linha crescente nos resultados dos faturamentos mensais.

“Apesar da carência de componentes, no mercado interno e externo, temos conseguido obter bons resultados, o que nos permite ter boas expectativas com crescimento estimado entre 10% e 12% no segundo semestre deste ano em relação a igual período do ano anterior”, disse.

“O desabastecimento de semicondutores acarreta na redução drástica do volume de produção e consequentemente, na diminuição da quantidade de pessoas operando na linha de produção. Mas não se trata de demissões”, completou Azevedo.

Indicadores da Suframa mostram resultados em ascensão

Conforme números dos Indicadores de Desempenho do PIM, divulgados pela Suframa, na análise do período de janeiro a março o parque fabril apresenta crescimento tanto anual quanto mensal.

No primeiro trimestre de 2016 o PIM teve faturamento de R$16,9 bilhões, contabilizando resultados crescentes que tiveram melhor resultado no primeiro trimestre de 2021 com o saldo de R$35,6 bilhões.

Na análise mensal também houve crescimento. Em janeiro deste ano, o faturamento do polo industrial somou R$10,3bilhões; em fevereiro esse saldo subiu para R$11,2 bilhões; e em março alcançou R$13,9 bilhões.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Vendedor, analista, motorista e outros; confira as vagas de emprego em Manaus

Mora em Manaus e está à procura de emprego? O Sine Manaus oferta 126 vagas nesta segunda-feira (25). Fique atento aos critérios para cada vaga e o procedimento de seleção.

24 de outubro de 2021

Suframa prevê investimentos de R$ 7,9 bilhões e 1,4 mil novos empregos

A diversificação da produção de motocicletas elétricas, que deve gerar 218 novos postos de trabalho e investimentos de R$ 54 milhões, foi apresentada na reunião.

24 de outubro de 2021

Selos Brasileiros são criados para identidade única das Indicações Geográficas

Criação dos Selos é uma iniciativa liderada pelo Ministério da Economia/INPI, em parceria com o Sebrae e o Ministério da Agricultura, que irá agregar valor aos produtos.

23 de outubro de 2021

AM é líder em investimento em recursos humanos altamente qualificados

Com recursos de mais R$ 100 milhões, Programa de Apoio à Pós-Graduação Stricto Sensu, da Fapeam, investe na formação de recursos humanos altamente qualificados no estado.

23 de outubro de 2021

Amazonas teve a pior taxa de sobrevivência de empresas do país em 2019

Em 2019, só 16,3% das unidades locais de empresas do Amazonas seguiam ativas após dez anos de existência. Na Região Norte, a taxa de sobrevivência das unidades era de 19,0%.

23 de outubro de 2021

Supermercados cresceram 25% com retomada de projetos em 2021

Levantamento da Geofusion aponta para uma possível recuperação no ritmo de expansão dos supermercados. Projetos interrompidos por conta da pandemia foram retomados.

23 de outubro de 2021

Guedes minimiza exoneração de secretários e diz que saída é ‘natural’

Saída de quatro secretários da pasta aconteceu após manobra do governo federal para furar o teto de gastos e garantir o benefício de R$ 400 para o Auxílio Brasil.

22 de outubro de 2021

Contas externas têm déficit de US$ 1,7 bilhão em setembro, diz Banco Central

Em 12 meses, o déficit em transações correntes é de US$ 20,702 bilhões, 1,3% do Produto Interno Bruto, ante o saldo negativo de US$ 19,349 bilhões em setembro de 2021.

22 de outubro de 2021