fbpx

quinta, 26 de maio de 2022

Greve de auditores causa falta de matéria-prima e paralisa produção no PIM

Falta de materiais é ocasionada pelo prolongamento no prazo de fiscalização e liberação das cargas por parte da Receita Federal. Os auditores estão em operação padrão.

17 de fevereiro de 2022

Compartilhe

Indústrias do PIM param linhas de produção por falta de materiais (Foto: Reprodução)

Fabricantes do Polo Industrial de Manaus (PIM) interrompem operações nas linhas de produção e registram atrasos na programação fabril por falta de material. As cargas estão sendo liberadas em prazos mais prolongados devido ao movimento de auditores fiscais da Receita Federal e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que reivindicam reestruturação de carreira, em movimento nacional.

O presidente do Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam), Wilson Périco, afirma que o setor industrial sente os reflexos dos movimentos reivindicatórios do funcionalismo público federal. Isso, porque as empresas dependem da liberação de insumos fornecidos por meio de cargas que passam, obrigatoriamente por fiscalização, pela Receita Federal e pelo Mapa.

O prolongamento nas liberações ocasiona atraso no recebimento dos produtos e consequentemente, desajustes no cronograma das fabricantes.

“Além da operação padrão adotada pelos auditores fiscais da Receita Federal, enfrentamos o entrave do quantitativo insuficiente de auditores do Mapa. Essas situações têm impactado as indústrias, gerando atrasos e interrupções nas linhas de produção”, informou.

Segundo Périco, a alternativa em meio ao embate entre o funcionalismo público e o governo federal é tentar manter o diálogo com os auditores fiscais, de ambos os órgãos. Ele ainda disse que não há como estimar os prejuízos das indústrias, em números.

Liberações mais céleres

De acordo com o vice-presidente do Sindfisco Nacional no Amazonas e coordenador regional do Comando de Mobilização, Marcos José de Souza Neto, as fabricantes Moto Honda da Amazônia e Samsung Eletrônica da Amazônia recebem os insumos em tempo célere porque integram a categoria Operador Econômico Autorizado (OEA).

As demais cargas estão sendo liberadas com demora cinco vezes superior ao período normal de liberação, ocasionando as interrupções nas linhas de produção.

Mapa tem déficit de 1,6 mil profissionais

O Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários (ANFFA Sindical) informou que a categoria trabalha com déficit de 1.620 auditores fiscais agropecuários. Conforme o sindicato, os auditores em atuação cumprem os prazos regimentais trabalhando por oito horas diárias, sem horários estendidos.

O ANFFA ainda informou que a categoria está priorizando a liberação de cargas vivas, a fiscalização de bagagens de passageiros e de animais (pet), produtos perecíveis e o diagnóstico de doenças e pragas, evitando o comprometimento de programas de erradicação e controle de doenças.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Para economistas, ICMS em 17% terá pouco impacto na redução de preços

Economistas acreditam que projeto que estipula teto de 17% na cobrança de ICMS não resultará em redução expressiva no preço do combustível, com queda de até 5% nos preços.

26 de maio de 2022

Novamed anuncia expansão no PIM com investimento de R$ 50 milhões

Empresa pretende aumentar a produção de 1 bilhão e 100 milhões de comprimidos/mês para 1 bilhão e 400 milhões/mês, além da garantia de cerca de 900 postos de trabalho.

26 de maio de 2022

Indígenas Tikuna participam de oficina de artesanato em Benjamin Constant

O Workshop, promovido em parceria com o Sebrae Amazonas, contou com a presença de consultores de artesanato do Ceará, do Espírito Santo, Colômbia e Brasília.

26 de maio de 2022

Caixa amplia em até 21,4% subsídio do programa Casa Verde Amarela

Percentuais vão variar de 12,5% a 21,4%. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Regional, acréscimo varia conforme região, renda familiar e população do município.

26 de maio de 2022

Câmara aprova limite da alíquota de ICMS sobre combustíveis

Lei classifica os setores de combustíveis, gás natural, energia elétrica, comunicação e transportes como essenciais e indispensáveis, limitando a alíquota ao máximo de 17%.

26 de maio de 2022

Amazonas precisa qualificar 114 mil trabalhadores da indústria até 2025

A Fieam levantou a demanda de profissionais da indústria a serem qualificados até 2025 no Amazonas para atender às novas demandas do setor na Zona Franca de Manaus.

26 de maio de 2022

‘Nosso Centro’ quer expandir empreendimentos na região central de Manaus

Programa da Prefeitura prevê a revitalização do centro histórico com a implantação dos projetos 'Mais Negócios', 'Mais Vida' e 'Mais História', ao longo dos próximos 3 anos.

25 de maio de 2022

Em apoio a petroleiros, parlamentares questionam venda da Reman no TCU

Deputado Zé Ricardo e o senador Jean Paul (PT/RN) acionaram o Tribunal de Contas da União solicitando medida cautelar para suspender o processo de privatização da refinaria.

25 de maio de 2022