fbpx

sábado, 27 de novembro de 2021

FGV: índice de confiança do comércio se mantém estável em outubro

Em setembro o indicador da FGV havia caído 6,8 pontos e em agosto a retração foi de 0,2 ponto. Em médias móveis trimestrais, a queda foi de 2,3 pontos.

28 de outubro de 2021

Compartilhe

Indicador ficou em 94,2 pontos, após dois meses de queda (Foto: Agência Brasil)

O Índice de Confiança do Comércio (Icom), divulgado hoje (28) pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV) subiu 0,1 ponto em outubro, ficando em 94,2 pontos. Em setembro o indicador havia caído 6,8 pontos e em agosto a retração foi de 0,2 ponto. Em médias móveis trimestrais, a queda foi de 2,3 pontos.

Segundo o coordenador da Sondagem do Comércio do FGV Ibre, Rodolpho Tobler, os dados indicam uma acomodação na confiança do comércio em outubro, em meio às incertezas no mercado.

“O resultado desse mês foi influenciado mais uma vez pela piora na percepção do ritmo de vendas que ocorre há três meses consecutivos. Por outro lado, as expectativas pararam de cair, recuperando parte do que foi perdido no último mês. O cenário para o setor ainda se mostra desafiador com a confiança do consumidor em patamar muito baixo, incerteza elevada, avanço da inflação e recuperação lenta do mercado de trabalho”.

No mês, três dos seis principais segmentos do setor registraram queda, resultando na virtual estabilidade. Enquanto o Índice de Expectativas (IE-COM) subiu 3,9 pontos, para 93,3, o Índice de Situação Atual (ISA-COM) caiu 3,8, para 95,3 pontos.

De acordo com o instituto, o Indicador de Desconforto interrompeu a tendência positiva dos últimos meses e ficou relativamente estável, sugerindo que o setor ainda encontra dificuldades para manter o ritmo de recuperação. O indicador mostra a limitação para a melhoria dos negócios, como demanda insuficiente, acesso ao crédito bancário e custo financeiro.

Fonte: Agência Brasil

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Preocupação com nova variante derruba Bolsas da Europa

Ações ligadas a turismo e petroleiras despencaram. Paralelamente, dirigentes do Banco Central Europeu (BCE) reforçaram que inflação na zona do euro será temporária.

26 de novembro de 2021

Qualidade de vida no AM foi a sexta pior do país entre 2017 e 2018

Segundo dados do IBGE, a taxa de perda de qualidade de vida do Amazonas ficou em 0,216, obtendo resultado melhor apenas em relação ao Maranhão, Pará, Acre, Amapá e Alagoas.

26 de novembro de 2021

Renovação de incentivos fiscais estaduais segue em compasso de espera

Sefaz afirma que o PL que prevê o novo texto da legislação fiscal está em tramitação na Casa Civil e deverá ser enviado à Aleam no início de dezembro.

26 de novembro de 2021

Em Manaus, XP seleciona interessados para atuar no mercado financeiro

Programa 'XP Future' tem objetivo de reforçar o time de colaboradores em locais considerados estratégicas para a companhia, como Manaus. Na cidade, são oferecidas 10 vagas.

26 de novembro de 2021

Cursos ofertam 1.000 vagas para qualificação no Amazonas

Os cursos são direcionados para a população que busca por qualificação profissional, para concorrer a uma vaga no mercado de trabalho. Inscrições iniciam nesta sexta-feira.

26 de novembro de 2021

Pesca esportiva pode ser implementada na comunidade Boca do Mamirauá

Iniciativa busca incentivar turismo para geração de renda na comunidade, situada na zona rural de Uarini. Implantação está sendo viabilizada pelas secretarias Sepror e Sema.

26 de novembro de 2021

Juros cobrados de empresas e famílias sobem em outubro, diz BC

Famílias pagaram taxa média de 43,8% ao ano, com alta de 2,1 pontos percentuais em relação a setembro, e as empresas, 19,1% ao ano, aumento de 2 pontos percentuais.

26 de novembro de 2021

Projeto fixa prazo para elaboração de Processos Produtivos no PIM

PL 1077/19, aprovado da CCJ da Câmara, estabelece que o governo terá 120 dias para fixar processos produtivos básicos (PPBs) de empresa interessada em se instalar no PIM.

26 de novembro de 2021