fbpx

quarta, 01 de dezembro de 2021

Falta de insumos pode reduzir oferta de produtos na Black Friday e Natal

Segundo os empresários, o desabastecimento cria um cenário de instabilidade, com risco de comprometimento na produção e no fornecimento do bem final. Preços elevaram.

18 de outubro de 2021

Compartilhe

Falta de insumos poderá reduzir oferta de produtos no mercado (Foto: Reprodução)

A falta de insumos para a produção no Polo Industrial de Manaus (PIM) poderá comprometer a oferta de produtos acabados ao comércio, no final do ano. Segundo empresários, o desabastecimento cria um cenário de instabilidade, com risco de comprometimento na produção e no fornecimento do bem final. Preços subiram entre 7% e 10%.

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Antonio Silva, comentou que, em geral, o cenário é preocupante porque diversos fatores impactam a indústria negativamente. Ele destacou as dificuldades impostas pela pandemia da Covid-19, somadas à crise de fornecimento de insumos, e ainda, aos índices inflacionários seguida da queda do poder de compra do consumidor.

“A crise de fornecimento de insumos também cria um cenário de instabilidade para o setor produtivo. É importante considerarmos, contudo, os efeitos nocivos da inflação e da queda do poder aquisitivo e índice de confiança da população, os quais podem impactar negativamente neste fim de ano”, disse Silva.

Oferta dos produtos e aumento de preços

De acordo com o presidente do Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam), Wilson Périco, os entraves por conta da falta de insumos poderão acarretar em maior tempo para o atendimento ao mercado. Enquanto o aumento dos custos deverão resultar, consequentemente, em elevação dos preços do bem final.

“Certamente haverá aumento no preço dos produtos por conta do aumento dos custos dos componentes e da questão logística, dos fretes. Em alguns casos pode ser que haja uma demora maior para atendimento ao mercado. Não digo que vão faltar produtos, mas extensão no tempo para disponibilização desse produto ao mercado”, informou.

Para o presidente da Associação dos Fabricantes de Componentes da Amazônia (Aficam), Roberto Moreno, é possível que a falta de componentes tenha alguma repercussão, em quantidade, do bem final.

“Pode sim ocorrer comprometimento de alguns itens que tenham repercussão no bem final. Não tanto por alguma demanda adicional, mas na programação normal, de forma pontual, em algum segmento.

Eletros nega possibilidade de desabastecimento

O presidente da Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos (Eletros), Jorge Nascimento, disse que o setor produtivo já venceu a fase do desabastecimento e que os problemas, agora, envolvem somente questões de custo.

“A possibilidade de desabastecimento e de falta de variedades de produtos, é zero. O fluxo está normal. Já vencemos a dificuldade do desabastecimento de insumos. Os produtos já foram entregues ao comércio”, disse.

Nascimento informou que o preço do produto final elevou entre 7% e 10%.

“Os problemas são o aumento de custo – frete marítimo e variação cambial”, completou o empresário, o informar que os preços .

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Inflação medida pelo IPC-S sobe para 1,08% em novembro, diz FGV

Alta da taxa de outubro para novembro foi puxada por apenas dois dos oito grupos de despesas que compõem o IPC-S. Inflação de transportes mais do que duplicou no período.

1 de dezembro de 2021

Carnaval e Covid: empresários temem perder mais vidas e não vendas

Empresários consideram que o possível cancelamento do carnaval poderá afetar o faturamento dos setores. Porém, destacam que o momento é de prevenção à saúde pública.

1 de dezembro de 2021

Garimpo no Madeira expõe falta de alternativas no interior, diz Sidney Leite

Segundo Sidney Leite, a cadeia produtiva da mineração beneficia a mais de 38 mil famílias que trabalham na calha do Madeira, principalmente nas proximidade de Humaitá.

30 de novembro de 2021

No Brasil, desemprego cai 1,6 ponto percentual e atinge 12,6%

Número de pessoas em busca de emprego no país recuou 9,3% e, com isso, chegou a 13,5 milhões. Os ocupados tiveram um crescimento de 4%, alcançando 93 milhões de pessoas.

30 de novembro de 2021

Produtor terá acesso a linhas de crédito especiais durante Expoagro

Ao menos cinco instituições financeiras vão participar da Exposição Agropecuária ofertando linhas de crédito em condições especiais para o produtor rural do Amazonas.

30 de novembro de 2021

Desemprego cai, mas informalidade ainda atinge 59% dos amazonenses

Taxa de desocupação do estado caiu 2,3 pontos percencetuais no 3º trimestre, passando de 15,8%, entre abril e junho, para 13,4% entre julho e setembro, segundo dados do IBGE.

30 de novembro de 2021

Sob expectativa do público, Havan não tem data de inauguração em Manaus

A empresa se restringiu em informar que a unidade da Havan será inaugurada em 2022 e que os planos foram afetados pela pandemia e por reflexos no setor de construção civil.

30 de novembro de 2021

Conhecimento é vital para a sobrevivência de empresas, diz especialista

O prof. Marcelo Miyashita, um dos mais reconhecidos profissionais de marketing do país, estará em Manaus ministrando dois cursos sobre Networking e Gestão de Atendimento.

30 de novembro de 2021