fbpx

sábado, 21 de maio de 2022

Espaço gastronômico, Dubai Container, será inaugurado em Iranduba

Empreendimento será voltado ao lazer e ao entretenimento da comunidade, disponibilizará praça de alimentação dividida em nove boxes com diferentes opções gastronômicas.

22 de abril de 2022

Compartilhe

Dubai Container Mall será inaugurado no dia 5 e maio (Foto: Divulgação)

A partir do mês de maio o município de Iranduba (distante 38 quilômetros) contará com o espaço Dubai Container Mall. O local, voltado ao lazer e ao entretenimento da comunidade, disponibilizará praça de alimentação dividida em nove boxes com diferentes opções gastronômicas. O empreendimento está em fase de conclusão das obras, com previsão de inauguração no dia 5 de maio.

O Dubai Container Mall está sendo construído em área localizada no Condomínio Residencial Amazonas 1, na entrada de Iranduba. O proprietário do empreendimento, Karim Tarayra, informa que o espaço recebe investimentos de R$900 mil destinados à utilização de quatro terrenos na extensão de 1,2 mil metros quadrados divididos para a área comercial e para estacionamento.

A praça de alimentação será composta por três contêineres, divididos em nove boxes. Cada local será destinado à comercialização de um opcional do ramo da alimentação.

“Iranduba, assim como os demais municípios do Amazonas, são carentes de opções de alimentação e entretenimento. As pessoas saem de Iranduba e Manacapuru, por exemplo, em busca de opções inovadoras, em Manaus. Nosso foco é fornecer um material diferenciado e que o empreendimento eleve a categoria do município, proporcionando entretenimento à população”, comentou o empresário.

“É o momento de observar o interior do estado como potência, como pontos de investimentos e áreas promissoras”, completou.

Contrato para o Dubai Container

De acordo com Karim Tarayra, o local ainda tem áreas disponíveis para locação. O aluguel de um box custa R$1 mil mais a taxa de condomínio que será dividida entre os demais locatários.

“O contrato garante exclusividade da comercialização do produto. Dois boxes não poderão comercializar o mesmo produto. Já temos reservas nos segmentos de hamburgueria, pastelaria, espetaria, cachorro quente, pizzaria, moto bar e soparia”, informou Tarayra.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

STF valida Lei do AM que iguala salários de escrevente com o de analista

Para o STF, a lei amazonense não promoveu a transposição de servidores ou o provimento de cargos sem concurso público, apenas deu isonomia para categoria em extinção.

21 de maio de 2022

MPAM pede anulação de prova do concurso da Sefaz para Auditor

O Ministério Público identificou que prova tinha questões que fugiram ao que estava previsto no edital e pediu pela suspensão do exame para a categoria.

21 de maio de 2022

Faturamento do varejo cresce 3,5% em relação ao período pré-pandemia

Para a Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus, a abertura de novos empregos na capital impulsionou os resultados, contribuindo para a recuperação do segmento.

21 de maio de 2022

Lei de tempo de espera máximo para atendimento é sancionada, no AM

O Instituto de Defesa do Consumidor do Amazonas destaca que, para que o consumidor consiga indenização perante a Justiça, é necessário recorrer ao Poder Judiciário.

20 de maio de 2022

PL destina recursos do pré-sal para políticas de pesca e aquicultura

Projeto de Lei 6114/19 destina para as políticas de aquicultura e pesca dos estados e municípios até 1% dos recursos arrecadados pela União com venda dos barris de petróleo.

20 de maio de 2022

PIM poderá ganhar fábrica da Tesla, empresa de Elon Musk, diz colunista

Informação é do colunista Igor Gadelha, do site Metrópoles. Em setembro do ano passado, a empresa apresentou, pela primeira vez, um protótipo de um veículo de duas rodas.

20 de maio de 2022

Em 4 meses, a arrecadação tributária do AM cresce 4% e supera R$ 5 bi

Crescimento reflete o bom desempenho da atividade comercial, e ainda, do subsetor de postos de combustíveis, que registraram alta na arrecadação, respectivamente, de 6% e 10%

20 de maio de 2022

Governo publica decreto com regras para mercado de carbono

Medida exige que os ministérios do Meio Ambiente e da Economia criem um plano de mitigação das mudanças climáticas, em que serão definidas metas de emissão de gases.

20 de maio de 2022