fbpx

domingo, 23 de janeiro de 2022

Conhecimento é vital para a sobrevivência de empresas, diz especialista

O prof. Marcelo Miyashita, um dos mais reconhecidos profissionais de marketing do país, estará em Manaus ministrando dois cursos sobre Networking e Gestão de Atendimento.

30 de novembro de 2021

Compartilhe

Para Miyashita, conectar-se faz parte do processo de venda de uma ideia (Foto: Divulgação)

Desde que a pandemia chegou ao Amazonas, quase 40 mil novas empresas foram abertas no Estado, sendo que cerca de 32 mil emergiram na modalidade de Microempreendedor Individual (MEI).

Segundo dados do Serviço Brasileiro de Apoio ao Empreendedorismo (Sebrae), uma em cada quatro dessas novas empresas fecham antes de completar cinco anos de atividade. A pandemia do novo coronavírus, que impôs, em alguns casos, até mesmo a paralisação total de determinados serviços, varreu do mercado não apenas quem já vinha patinando, mas também aqueles negócios que usufruiam de uma situação estável alicerçada em planejamento mal feito e capacidade de adaptação limitados.

Para suportar a tempestade sem afundar, além de conhecer muito bem o barco e poder contar com a tripulação, é preciso saber o que fazer nos momentos difíceis. Com um mercado cada vez mais competitivo, nunca o conhecimento foi tão importante. É justamente o aprendizado que você carrega que pode fazer diferença para que sua empresa supere as dificuldades e cresça apesar dos problemas ou vire estatística.

O prof. Marcelo Miyashita é um dos mais reconhecidos profissionais de marketing do país e membro do Hall da Fama da Academia Brasileira de Marketing. Especialista em marketing de serviço e atendimento, ele explica que o conhecimento expande os horizontes no sentido de conquistar mesmo coisas básicas que ajudarão a solidificar o negócio. Miyashita cita o exemplo dos alunos de um dos seus cursos, que chegam para aprender mais sobre atendimento, por exemplo.

“O básico bem feito se traduz em procedimentos de atendimento e processos de trabalho bem planejados e adequados. Para que a operação de atender bem ocorra com qualidade e sem ocorrências. Só isso, para muitas empresas, já é uma conquista, mas também é preciso fazer o avançado”, disse.

Conhecimento que gera conexões

Se relacionar e gerar conexão, apesar de tão natural, não é simples. Talvez, justamente a naturalidade de criar um vínculo torne essa característica uma dificuldade para muitos profissionais, que precisam trabalhar o que, para alguns, é um bicho de sete cabeças: o networking.

A palavra vem do inglês, mas é inofensiva. Em uma tradução livre, significa algo como “rede de contatos profissionais”. Embora muitas pessoas tenham facilidade para se relacionar e fazer amizades, por exemplo, conectar-se aos outros no campo profissional exige ferramentas diferentes das utilizadas no dia a dia. Não apenas existem técnicas, como também cursos para aprender como gerar esse vínculo ou aprimorá-lo.

Em 2016, a empresária Jamile Galvão resolveu entrar de cabeça no próprio negócio. CEO de uma empresa de comunicação, ela tinha conhecimento e uma equipe determinada, mas aos poucos foi percebendo que ainda faltava algo. Logo ela, que sempre teve facilidade para se comunicar e se relacionar com as pessoas, não entendia porque, em alguns momentos, o número de clientes estagnava e até baixava.

Pesquisando na internet, ela descobriu que existem técnicas de networking que aumentam consideravelmente o número de oportunidades no mercado e não pensou duas vezes: foi atrás de um curso para acumular mais um conhecimento, ampliar e fortalecer sua rede de contatos.

“Investir para melhorar a qualidade do seu atendimento e o networking é fundamental para ter sucesso”, disse.

Para Miyashita, conectar-se faz parte do processo de venda de uma ideia, que pode se converter – aliás, esse é o objetivo – em uma venda real.

“Praticar relacionamento pessoal no ambiente profissional é saber trabalhar sua rede de contatos e conexões. A questão é como fazer isso em escala, de modo correto e ético, com objetivos, performance e inteligência”, completou.

Cursos disponíveis

Marcelo Miyashita estará em Manaus no início de dezembro, ministrando dois cursos justamente sobre esses assuntos. O primeiro será nos dias 1º e 2 de dezembro, sobre marketing de serviços e atendimento, e o segundo, sobre networking, nos dias 3 e 4. Ambos acontecerão no auditório do Zen Work, localizado no bairro Vieiralves, Zona Centro-Sul de Manaus. (Mais detalhes no final da matéria).

“Os dois cursos que teremos em Dezembro são de temas e conteúdos totalmente diferentes. Um aborda a experiência e a gestão de atendimento. E outro trata de relações pessoais e sociais no ambiente profissional. São assuntos diferentes, que não se sobrepõem, e que darão ao aluno visão e uma postura competitiva, e às empresas e projetos, melhoria em seus resultados operacionais e de vendas”, garantiu.

Serviço

O quê: Curso de Marketing de Serviços e Gestão de Atendimento
Quando: 1 e 2 de dezembro, quarta a quinta das 19h às 22h30
Onde: Auditório Zen Work – Rua Rio Javari, 361 – Vieiralves – Manaus/AM

Inscrições:

Pessoa Física no link http://www.miyashita.com.br/curso/curso-de-marketing-de-servicos-e-gestao-de-atendimento/

Pessoa Jurídica no Whatsapp (011) 99412-4955

O quê: Curso de Networking e Marketing Pessoal
Quando: 3 e 4 dezembro, sexta das 19h às 22h30 a sábado das 14h às 17h30
Onde: Auditório Zen Work – rua Rio Javari, 361 – Vieiralves – Manaus/AM.

Inscrições:

Pessoa Física no link http://www.miyashita.com.br/curso/curso-de-networking-e-marketing-pessoal/

Pessoa Jurídica no Whatsapp (011) 99412-4955

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Sorte grande: Mega-Sena deve pagar R$ 22 milhões neste sábado

O último concurso da Mega-Sena (2.445), na última quarta-feira (19), não teve acertadores. As apostas podem ser feitas até as 18h (horário de Manaus) deste sábado.

22 de janeiro de 2022

Projeto visa combater discriminação racial no acesso ao crédito

Levantamentos indicam que 32% dos empreendedores negros do país já tiveram pedidos de crédito negados sem que houvesse explicações. Problema foi inensificado com a pandemia.

22 de janeiro de 2022

Desempenho do varejo deve ser negativo no 1º trimestre, diz Ibevar

Segundo dados da pesquisa de intenção de compra, projeções do varejo ampliado indicam queda de 2,22% para o primeiro trimestre de 2022, em relação ao mesmo período de 2021.

22 de janeiro de 2022

Abertura de empresas cresce 4,5% em outubro, revela Serasa Experian

De acordo com o Indicador de Nascimento de Empresas, foram abertos 325.732 empreendimentos, sendo que em 2020 haviam sido registrados 311.590 novos negócios no Brasil.

22 de janeiro de 2022

Nubank oferece primeiro fundo da família de renda fixa, o Nu Reserva

Fundo é composto por títulos públicos, operações compromissadas e títulos de crédito privado. É uma opção para quem busca alternativa para investir sua reserva de emergência.

22 de janeiro de 2022

Itaú destina recursos para projetos de proteção à infância no Amazonas

Dois projetos de ações sociais em defesa da infância e da adolescência no interior do Amazonas foram contemplados com recursos oriundos do Fundo Itaú Social .

22 de janeiro de 2022

Dívidas do Simples poderão ser pagas ou renegociadas até 31 de março

Prazo encerraria em 31 de janeiro. Regularização dos débitos é necessária para os micro e pequenos empresários e os profissionais autônomos continuarem no Simples Nacional.

21 de janeiro de 2022

Falha de segurança expõe dados de mais de 160 mil chaves Pix

Dados referentes a 160.147 chaves Pix foram vazados. Segundo o BC, informações expostas são de natureza cadastral e não permitem movimentação de recursos ou acesso às contas.

21 de janeiro de 2022