fbpx

domingo, 24 de outubro de 2021

Bares e restaurantes voltam a defender funcionamento até as 23h

Para o presidente da Abrasel, Fábio Cunha, o atual horário de bares e restaurantes não vai conseguir melhorar o quadro funcional do setor.

8 de março de 2021

Compartilhe

Em reunião com Wilson Lima, Abrasel pediu ampliação no horário de funcionamento (Foto: Divulgação)

Após o governo do Amazonas flexibilizar as regras de funcionamento de bares e restaurantes, o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Amazonas (Abrasel-AM), Fábio Cunha, defendeu ampliação ainda maior do horário de atendimento para as empresas do setor de alimentação fora do lar.

Segundo o empresário, em reunião com o governador Wilson Lima (PSC), na última quarta-feira (3), representantes do segmento apresentaram proposta que pedia a flexibilização do horário até as 23h para atender ao máximo de operações possíveis no mercado, para a melhoria do quadro funcional das empresas.

“Levamos ao governador todos os nossos pleitos e um deles era de que a flexibilização do horário chegasse até as 23 horas para que pudesse atender ao máximo de operações possíveis. Levamos sempre a questão do setor que está muito castigado. No ano passado fomos duramente sacrificados, então precisamos agora desta contrapartida, neste ano, para que a gente possa recuperar os prejuízos”, justificou.

No entanto, o pedido por maior flexibilização foi atendido em parte pelo governo do estado.

De acordo com o novo decreto, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) no último sábado (6) e em vigor a partir desta segunda-feira (8), restaurantes e lanchonetes estão autorizadas a funcionar de segunda a sábado, de 6h às 20h.

Os estabelecimentos também podem ter música ao vivo, desde que seja com no máximo três integrantes na banda e sem liberar o salão para danças e aglomerações.

Já o funcionamento do delivery volta a ser 24h e drive-thru de 6h às 20h.

“Os bares poderão retornar, mas não é ainda o horário ideal. O horário ideal seria o que nós pleiteamos, de 23h”, reforçou Fábio Cunha.

Shoppings, flutuantes e padarias

As lojas dos shoppings poderão funcionar de 10h às 18h de acordo com o funcionamento do mall, de segunda a sábado, com 50% no estabelecimento para área interna e 70% para o estacionamento.

Delivery e drive-thru no mesmo horário do shopping e praça de alimentação no mesmo horário do restaurante.

Flutuantes que funcionam como restaurante, poderão operar de segunda à sexta, das 9h às 16h, sem música ao vivo e com 50% da capacidade.

Mercadinhos e padarias funcionam de 6h às 20h.

Reportagem: Lucas Raposo

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Vendedor, analista, motorista e outros; confira as vagas de emprego em Manaus

Mora em Manaus e está à procura de emprego? O Sine Manaus oferta 126 vagas nesta segunda-feira (25). Fique atento aos critérios para cada vaga e o procedimento de seleção.

24 de outubro de 2021

Suframa prevê investimentos de R$ 7,9 bilhões e 1,4 mil novos empregos

A diversificação da produção de motocicletas elétricas, que deve gerar 218 novos postos de trabalho e investimentos de R$ 54 milhões, foi apresentada na reunião.

24 de outubro de 2021

Selos Brasileiros são criados para identidade única das Indicações Geográficas

Criação dos Selos é uma iniciativa liderada pelo Ministério da Economia/INPI, em parceria com o Sebrae e o Ministério da Agricultura, que irá agregar valor aos produtos.

23 de outubro de 2021

AM é líder em investimento em recursos humanos altamente qualificados

Com recursos de mais R$ 100 milhões, Programa de Apoio à Pós-Graduação Stricto Sensu, da Fapeam, investe na formação de recursos humanos altamente qualificados no estado.

23 de outubro de 2021

Amazonas teve a pior taxa de sobrevivência de empresas do país em 2019

Em 2019, só 16,3% das unidades locais de empresas do Amazonas seguiam ativas após dez anos de existência. Na Região Norte, a taxa de sobrevivência das unidades era de 19,0%.

23 de outubro de 2021

Supermercados cresceram 25% com retomada de projetos em 2021

Levantamento da Geofusion aponta para uma possível recuperação no ritmo de expansão dos supermercados. Projetos interrompidos por conta da pandemia foram retomados.

23 de outubro de 2021

Guedes minimiza exoneração de secretários e diz que saída é ‘natural’

Saída de quatro secretários da pasta aconteceu após manobra do governo federal para furar o teto de gastos e garantir o benefício de R$ 400 para o Auxílio Brasil.

22 de outubro de 2021

Contas externas têm déficit de US$ 1,7 bilhão em setembro, diz Banco Central

Em 12 meses, o déficit em transações correntes é de US$ 20,702 bilhões, 1,3% do Produto Interno Bruto, ante o saldo negativo de US$ 19,349 bilhões em setembro de 2021.

22 de outubro de 2021