fbpx

sábado, 21 de maio de 2022

Banco Mundial reduz projeção de crescimento global de 4,1% para 3,2%

Principal motivo para a queda nas previsões é a guerra entre Rússia e Ucrânia. Conflito deverá afetar, principalmente, as economias de países da Europa e da Ásia Central.

19 de abril de 2022

Compartilhe

Guerra e alta de preços contribuem com a queda na expectativa de crecimento (Foto: Reprodução)

O Banco Mundial revisou para baixou as projeções de crescimento da economia global em 2022. De acordo com anúncio feito nesta segunda-feira (18) pelo presidente da instituição, David Malpass, o crescimento econômico mundial deve fechar o ano em 3,2%, e não mais nos 4,1% previstos anteriormente. O principal motivo para a queda nas previsões é a guerra entre Rússia e Ucrânia.

O conflito deverá afetar, principalmente, as economias de países da Europa e da Ásia Central, onde as perdas deverão chegar a 4,1%, segundo os cálculos do Banco.

Outro fator que impacta negativamente o desempenho da economia global neste ano é a alta nos preços, em especial o dos combustíveis e dos alimentos.

O preço do barril Brent ­–referência no mercado europeu– bateu recorde de 7 anos na 1ª semana de fevereiro. Com a guerra, cresceu ainda mais, chegando a quase US$ 140, maior patamar desde 2008. Já os alimentos atingiram o maior acréscimo em uma década ainda em janeiro. …

Os valores, que já vinham apresentando tendência de alta desde o início do ano, foram ainda mais afetados pelo conflito no leste europeu.

Na tentativa de contornar o problema, o Banco Central anunciou que prepara um pacote de medida de socorro a países que sofram com a escassez de alimentos e suporte financeiro a nações que abrirem as fronteiras para refugiados ucranianos que fogem da guerra.

“[O Banco Mundial] se prepara para uma resposta contínua à crise, dadas as múltiplas crises. Nas próximas semanas, espero discutir com nosso conselho um novo envelope de resposta de 15 meses à crise de cerca de 170 bilhões de dólares para cobrir de abril de 2022 a junho de 2023”, declarou David Malpass, presidente da instituição, em entrevista a jornalistas.

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

STF valida Lei do AM que iguala salários de escrevente com o de analista

Para o STF, a lei amazonense não promoveu a transposição de servidores ou o provimento de cargos sem concurso público, apenas deu isonomia para categoria em extinção.

21 de maio de 2022

MPAM pede anulação de prova do concurso da Sefaz para Auditor

O Ministério Público identificou que prova tinha questões que fugiram ao que estava previsto no edital e pediu pela suspensão do exame para a categoria.

21 de maio de 2022

Faturamento do varejo cresce 3,5% em relação ao período pré-pandemia

Para a Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus, a abertura de novos empregos na capital impulsionou os resultados, contribuindo para a recuperação do segmento.

21 de maio de 2022

Lei de tempo de espera máximo para atendimento é sancionada, no AM

O Instituto de Defesa do Consumidor do Amazonas destaca que, para que o consumidor consiga indenização perante a Justiça, é necessário recorrer ao Poder Judiciário.

20 de maio de 2022

PL destina recursos do pré-sal para políticas de pesca e aquicultura

Projeto de Lei 6114/19 destina para as políticas de aquicultura e pesca dos estados e municípios até 1% dos recursos arrecadados pela União com venda dos barris de petróleo.

20 de maio de 2022

PIM poderá ganhar fábrica da Tesla, empresa de Elon Musk, diz colunista

Informação é do colunista Igor Gadelha, do site Metrópoles. Em setembro do ano passado, a empresa apresentou, pela primeira vez, um protótipo de um veículo de duas rodas.

20 de maio de 2022

Em 4 meses, a arrecadação tributária do AM cresce 4% e supera R$ 5 bi

Crescimento reflete o bom desempenho da atividade comercial, e ainda, do subsetor de postos de combustíveis, que registraram alta na arrecadação, respectivamente, de 6% e 10%

20 de maio de 2022

Governo publica decreto com regras para mercado de carbono

Medida exige que os ministérios do Meio Ambiente e da Economia criem um plano de mitigação das mudanças climáticas, em que serão definidas metas de emissão de gases.

20 de maio de 2022