fbpx

sexta, 24 de setembro de 2021

Adesão a consórcios cresceu cerca de 30% no semestre, segundo ABAC

Em 2020 foram registradas cerca de 60 mil adesões. No primeiro semestre deste ano, a tendência de aumento permaneceu, alcançando mais de 30% somente no primeiro trimestre.

28 de julho de 2021

Compartilhe

Adesão a consórcios cresceu cerca de 30% no semestre. (Foto: Reprodução)

A demanda por consórcios, no estado, registra crescimento constante desde o início da pandemia. Segundo a Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (ABAC), no primeiro trimestre deste ano o estado foi responsável pela venda de aproximadamente 14 mil cotas, volume 30% superior ao registrado em igual período de 2020.

Segundo o presidente executivo da ABAC, Paulo Roberto Rossi, o sistema de consórcios mostra comportamento de recuperação ao longo dos últimos 15 meses, nas diversas regiões do país. Ele afirma que a população busca o consórcio como meio de investimento para a obtenção de bens ou serviços.

“No Amazonas houve crescimento acima de 30% nas vendas de novas cotas, em 2020, sobre 2019. No último ano, foram registradas aproximadamente 60 mil adesões. No primeiro semestre deste ano, a tendência de aumento permaneceu, alcançando mais de 30% somente no primeiro trimestre com quase 14 mil vendas sobre o mesmo período de 2020”, informou Rossi.

Na análise do presidente executivo, os resultados evidenciam o crescimento da consciência sobre a gestão de finanças pessoais, importante no planejamento financeiro e econômico.

“Como investidores econômicos, os participantes da modalidade entendem que apesar de auferir lucratividade financeira, o consórcio é a alternativa para aquisição de bens ou contratação de serviços, formando ou ampliando patrimônios, que podem gerar rendas futuras”.

Resultado nacional

No âmbito nacional, os primeiros seis meses de 2021 contabilizaram 1,65 milhão de novas cotas comercializadas, sendo classificado como o melhor semestre da década, segundo a ABAC.

A evolução por modalidade de consórcio foi contabilizada da seguinte forma: veículos pesados, com 86,1%; imóveis, com 66,5%; eletroeletrônicos e outros bens móveis duráveis, com 36,2%; veículos leves, com 28,4%; e, motocicletas, com 23,4%.

Somente um apresentou retração: serviços, com –22,7%.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

CNC: comércio terá a melhor contratação de temporários desde 2013

Para 2021, a expectativa é de mais de 94,2 mil vagas para atender o movimento sazonal de fim de ano. Segundo previsão da CNC, as vendas deverão crescer 3,8% no Natal.

24 de setembro de 2021

Índice de Preços ao Consumidor tem variação de 1,14% em setembro

Com isso, o IPCA-15 apresenta a maior variação mensal desde fevereiro de 2016, quando encerrou em 1,42%. Variação mensal deste mês foi a maior para setembro desde 1994.

24 de setembro de 2021

Preços de mercadorias e combustíveis pressionam os pequenos negócios

De acordo com a 12ª edição da Pesquisa de Impacto da Pandemia nos Pequenos Negócios, realizada pelo Sebrae em parceria com a FGV, esses são os principais gastos das empresas.

24 de setembro de 2021

Mentoria ‘Gestão 4.0 Amazônia’ foca em empresários e executivos

Evento, que acontece nos dias 1° e 2 de outubro em Manaus, tem como objetivo elevar a capacidade técnica e as habilidades de empresários e altos executivos da cidade.

24 de setembro de 2021

Indústria e comércio devem puxar contratos temporários no trimestre

Indústria mantém projeção de aumento na oferta de trabalho temporário mesmo em meio à falta de insumos. Comércio também prevê admitir cerca de 3 mil trabalhadores temporários

24 de setembro de 2021

Prazo para prova de vida de servidores aposentados acaba dia 30

Comprovação de vida deve ser feita na agência bancária onde o beneficiário recebe o pagamento. Necessidade dessa comprovação foi suspensa de março de 2020 a junho de 2021.

24 de setembro de 2021

Nilton Lins lança programa de formação superior em Turismo Sustentável

Programa será realizado na modalidade de ensino a distância (EAD) e é voltado para estudantes e profissionais que já atuam na área, principalmente nos municípios do interior.

24 de setembro de 2021

Preço do gás de cozinha pode superar os R$ 100 em novo reajuste

Alta acumulada de 96% nos preços do propano, matéria-prima para o gás de cozinha, no mercado internacional em 2021 já pressiona o preço do combustível aqui no Brasil.

24 de setembro de 2021