sexta-feira, 12 de julho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

Dono do Porão, William Alemão cala sobre fantasia que ironiza feminicídio

Esta não é a primeira vez que a casa de show se envolve em polêmicas. Em 2017, o delegado Gustavo Sotero atirou e matou um advogado no Porão do Alemão.
COMPARTILHE
Porão do Alemão

O vereador William Alemão (Cidadania) tem evitado falar abertamente sobre o episódio que aconteceu na madrugada de terça-feira (2), no estabelecimento que mantém – e onde ficou conhecido em Manaus – ao lado da esposa, o Porão do Alemão. Naquele dia, quando o local promovia uma festa de Halloween, viralizou uma imagem nas redes sociais onde um homem fantasiado de goleiro Bruno, ex-jogador do Flamengo, fazia alusão ao feminicídio praticado pelo atleta, visto que o rapaz incrementava a fantasia segurando uma sacola de lixo com o nome de Eliza Samudio, a vítima do ocorrido.

Alemão publicou na manhã de hoje (3) um vídeo curto em uma rede social mostrando a movimentação do seu gabinete na Câmara Municipal de Manaus (CMM). Em nenhum momento, o vereador se referiu ao episódio.

Na foto, compartilhada na madrugada de terça e apagada logo em seguida, é possível ver o frequentador do bar com uma camiseta com o nome Bruno nas costas de uma camisa com listras vermelhas e pretas, cores do Flamengo, time do qual o então jogador fazia parte na época.

Esta não é a primeira vez que a casa de show se envolve em polêmicas. Em 2017, o delegado Gustavo Sotero atirou e matou um advogado no Porão do Alemão.

Procurado pelo portal RealTime1, o vereador disse que aguarda a sua esposa, Juliana Lima, a quem ele atribui ser a atual proprietária do bar, se posicionar para depois emitir opinião.

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

No entanto, o vereador parece ainda não ter visto a publicação que a esposa fez, há quase 24 horas. Em um vídeo, Juliana disse ser a administradora das redes sociais do bar e que, por causa da cirurgia da mãe, precisou se ausentar de Manaus, colocando um estagiário para comandar o perfil do Porão. Emocionada, ela pede desculpas pelo “ocorrido” e garante que o “incidente não se repitirá” no local.

Texto: Jefferson Ramos

Leia Mais:

COMPARTILHE