fbpx

terça, 30 de novembro de 2021

Wilson Lima sanciona lei que reduz taxas de cartório em 30%

Com a redução, a taxa cartorária para a escritura de um imóvel avaliado entre R$ 117.300,01 e R$ 234.600,00, que antes custava R$ 2.066,50, passa a custar R$ 1.451,26.

1 de setembro de 2020

Compartilhe

Governo diz que medida terá reflexo positivo no mercado imobiliário com o estímulo à regularização (Foto: Divulgação)

O governador Wilson Lima sancionou, nesta terça-feira (1º), a Lei Estadual nº 5.220/2020, que reduz em 30% as taxas de alguns atos praticados por cartórios de notas e registros públicos no Amazonas, de acordo com determinadas faixas de valor da tabela de emolumentos em vigor no estado.

Entre os atos contemplados com a redução está o de escritura pública com valor de negócio igual ou superior a R$ 117.300,01. Com a redução de 30%, por exemplo, a taxa cartorária para a escritura de um imóvel avaliado entre R$ 117.300,01 e R$ 234.600,00, que antes custava R$ 2.066,50, passa a custar R$ 1.451,26.

Segundo Wilson Lima, a lei foi construída pelo Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM), com participação da Assembleia Legislativa. A solenidade de assinatura aconteceu na sede do Governo do Estado, na Compensa, zona oeste de Manaus.

“Esse é mais um passo importante que a gente dá na criação desse ambiente favorável aos investimentos aqui, no estado do Amazonas, porque no momento em que baixamos essas taxas, isso estimula as pessoas a procurarem os cartórios para esses serviços”, destacou o governador.

Para o presidente da Associação dos Notários e Registradores do Estado do Amazonas (Anoreg-AM), Marcelo Lima Filho, a aprovação da lei é fundamental para a recuperação do mercado imobiliário no pós-pandemia.

“Manaus é uma cidade que tem muitos imóveis irregulares, uma das razões seguramente é o custo dos impostos e o custo de registro e escritura. Com uma redução significativa, na proporção de 30%, seguramente vai estimular que as pessoas procurem regularizar as suas propriedades”, afirmou Marcelo.

O deputado estadual Serafim Corrêa, relator do projeto na Assembleia Legislativa, destacou a celeridade na sanção da lei pelo governador. “Governador, quero lhe cumprimentar pelo seu manifesto interesse pela sanção que o senhor faz hoje, 48h depois do projeto de lei ter chegado para sua sanção. É importante criarmos um ambiente de negócios melhor para o estado, isso é bom para todos, ninguém perde, todos ganham”, disse o deputado.

Atos abrangidos pela lei:

– Escritura pública com valor do negócio igual ou superior a R$ 117.300,01;

– Registro e averbação, por imóvel, incluindo matrículas, buscas, indicações pessoais, reais, prenotação e demais atos com valor do negócio igual ou superior a R$ 117.300,01, bem como os atos de constituição ou incorporação de condomínio e de baixa de pacto comissório, hipoteca, penhora, cédula e outros;

– Apresentação e protesto de títulos em geral com valor do negócio igual ou inferior a R$ 367,44;

– Registro integral de contratos, títulos e documentos com valor declarado, qualquer que seja o número de páginas, com valor do negócio igual ou superior a R$ 117.300,01;

– Escrituras públicas relativas às embarcações com valor declarado do negócio igual ou superior a R$ 117.300,01;

– Registro e averbação de contratos marítimos, por embarcação, incluindo matrículas, buscas, indicações pessoais, reais, prenotação e demais atos com valor declarado do negócio igual ou superior a R$ 117.300,01.

Leia mais Dia a Dia

Prefeitura lança chamada pública para vendas no Réveillon de Manaus

A seleção das propostas será realizada por uma Comissão de Seleção, composta por três técnicos da Fundação Municipal de Cultura.

29 de novembro de 2021

Amazonas Mais Inclusão: programa quer alcançar todo o AM para beneficiar PcDs

Os projetos da Sejusc que são desenvolvidos na capital também serão levados ao interior do Estado, garantindo acesso a benefícios sociais, inclusive, do Governo Federal.

29 de novembro de 2021

Mais de meio bilhão para turbinar o Prosamin+ num prazo de cinco anos

Em entrevista ao Realtime1, Marcellus Campêlo fala sobre os planos do governo para ampliar, modernizar e levar o Prosamin para 4 municípios no interior do estado.

29 de novembro de 2021

A oitava da gestão: escola de tempo integral é inaugurada no Viver Melhor

A unidade, que representa a maior estrutura física da educação básica no Amazonas, foi construída em tempo recorde e conta com uma estrutura moderna de 7.7 mil m².

29 de novembro de 2021

Combate à Covid: Manaus tem 52 pontos de vacinação até sexta-feira

Orientação da Semsa é para que seja feita a consulta à plataforma Imuniza Manaus, a fim de conferir as datas de 2ª e 3ª doses, uma vez que houve redução nos intervalos delas.

29 de novembro de 2021

Ômicron “infelizmente” chegará ao Brasil, diz presidente do Butantan

Variante ômicron surgida na África do Sul forçou Brasil a fechar fronteiras aéreas para voos vindo de seis países do sul do continente Africano,

28 de novembro de 2021

No Amazonas, portões do Enem fecharam às 12h; estudantes podem sair às 14h00

No primeiro domingo de provas, o Amazonas foi o estado que registrou o maior percentual de candidatos que se inscreveram e não foram fazer a prova.

28 de novembro de 2021

Operação contra ‘Serra Pelada flutuante’ em Autazes segue neste domingo

No sábado, operação destruiu 69 balsas de garimpo ilegal, entretanto, mais de 300 balsas fugiram antes da chegada das autoridades federais.

28 de novembro de 2021