fbpx

terça, 30 de novembro de 2021

Tempo de permanência de pacientes em Pronto Socorros reduz 85%

Os números são resultados da implantação do "Lean nas Emergências", projeto implementado para reduzir a superlotação nas urgências e emergências de hospitais públicos.

4 de dezembro de 2020

Compartilhe

O projeto foi implantando nos prontos-socorros João Lúcio, 28 de Agosto e Platão Araújo. (Foto: Divulgação)

Os prontos-socorros da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) apresentaram quedas no tempo de permanência de pacientes de 32% a 85%, após a adoção de ferramentas de organização de fluxos aplicadas pelo projeto “Lean nas Emergências”, do Ministério de Saúde (MS).

O “Lean nas Emergências” é implementado pelo Hospital Sírio-Libanês para reduzir a superlotação nas urgências e emergências de hospitais públicos do país e está dentro das ações do Programa Saúde Amazonas.

Os coordenadores e consultores do Sírio-Libanês apresentaram os resultados do projeto implantando nos prontos-socorros João Lúcio, 28 de Agosto e Platão Araújo.

Após a apresentação dos resultados, o secretário de Saúde, Marcellus Campêlo, propôs à coordenação do “Lean nas Emergências” que o projeto possa ser estendido a outras unidades da rede estadual do Amazonas. A proposta ficou de ser analisada.

“Estamos muito contentes com os resultados dos três hospitais e prontos-socorros, principalmente com a mudança na cultura dos gestores e profissionais de saúde dessas unidades, que a gente começa a perceber. Vamos buscar apoio para ter o Lean não só nas emergências, mas em toda a rede de saúde”, afirmou o titular da SES-AM.

Sucesso no Amazonas

O coordenador médico do “Lean nas Emergências”, Welfane Cordeiro, destacou que os resultados alcançados pelos três hospitais, mesmo em uma pandemia, mostram que o projeto deu certo no Amazonas.

“Todos esses hospitais tiveram um bom resultado e ainda estão em evolução. Podemos falar que o projeto deu muito certo aqui no Amazonas, os resultados colhidos mostram isso. Os hospitais evoluíram e isso impacta diretamente na atenção que é dada aos pacientes”, declarou Welfane Cordeiro.

As ferramentas aplicadas pelo “Lean nas Emergências” agora fazem parte da rotina dos três hospitais, ajudando a melhorar o fluxo de pacientes e evitando superlotações.

Durante a apresentação, Welfane Cordeiro informou que está em discussão uma possível reconfiguração do projeto para que suas ações também possam ser aplicadas em outros setores dos hospitais.

O projeto implanta técnicas aplicadas na indústria para reduzir o tempo de permanência de pacientes nas unidades de saúde. O objetivo é fazer com que, dependendo da classificação de risco definida no protocolo de Manchester, os pacientes sigam caminhos diferentes dentro da unidade e tenham sua situação resolvida dentro do tempo preconizado.

Resultados

Após o uso de ferramentas do “Lean nas Emergências”, o João Lúcio reduziu o tempo de permanência dos pacientes em 85%. Esse paciente é aquele com perfil sem gravidade, que mesmo não sendo de emergência, demanda atendimento dos prontos-socorros.

Antes, esse paciente, que não precisa de internação, passava até 1.453 minutos (24 horas) dentro do hospital, da hora que dava entrada até ser atendido e liberado. Hoje, esse tempo médio caiu para 212 minutos (3,5 horas).

O 28 de Agosto reduziu esse tempo de permanência dos pacientes em 72% (de 5,5 horas para 1,5 hora). E no Platão Araújo o tempo caiu em 32% (7,5 horas para 5,1 horas).

Leia mais Dia a Dia

Prefeitura lança chamada pública para vendas no Réveillon de Manaus

A seleção das propostas será realizada por uma Comissão de Seleção, composta por três técnicos da Fundação Municipal de Cultura.

29 de novembro de 2021

Amazonas Mais Inclusão: programa quer alcançar todo o AM para beneficiar PcDs

Os projetos da Sejusc que são desenvolvidos na capital também serão levados ao interior do Estado, garantindo acesso a benefícios sociais, inclusive, do Governo Federal.

29 de novembro de 2021

Mais de meio bilhão para turbinar o Prosamin+ num prazo de cinco anos

Em entrevista ao Realtime1, Marcellus Campêlo fala sobre os planos do governo para ampliar, modernizar e levar o Prosamin para 4 municípios no interior do estado.

29 de novembro de 2021

A oitava da gestão: escola de tempo integral é inaugurada no Viver Melhor

A unidade, que representa a maior estrutura física da educação básica no Amazonas, foi construída em tempo recorde e conta com uma estrutura moderna de 7.7 mil m².

29 de novembro de 2021

Combate à Covid: Manaus tem 52 pontos de vacinação até sexta-feira

Orientação da Semsa é para que seja feita a consulta à plataforma Imuniza Manaus, a fim de conferir as datas de 2ª e 3ª doses, uma vez que houve redução nos intervalos delas.

29 de novembro de 2021

Ômicron “infelizmente” chegará ao Brasil, diz presidente do Butantan

Variante ômicron surgida na África do Sul forçou Brasil a fechar fronteiras aéreas para voos vindo de seis países do sul do continente Africano,

28 de novembro de 2021

No Amazonas, portões do Enem fecharam às 12h; estudantes podem sair às 14h00

No primeiro domingo de provas, o Amazonas foi o estado que registrou o maior percentual de candidatos que se inscreveram e não foram fazer a prova.

28 de novembro de 2021

Operação contra ‘Serra Pelada flutuante’ em Autazes segue neste domingo

No sábado, operação destruiu 69 balsas de garimpo ilegal, entretanto, mais de 300 balsas fugiram antes da chegada das autoridades federais.

28 de novembro de 2021