fbpx

sexta, 30 de julho de 2021

Seminário sobre Povos Tradicionais lança nota de repúdio à Bolsonaro

Evento internacional criticou as violações pelo Governo Federal das garantias constitucionais dos povos indígenas, comunidades quilombolas e populações tradicionais.

19 de junho de 2021

Compartilhe

Indígenas têm sofrido com a omissão da União para reduzir avanço da pandemia em suas áreas (Foto: Divulgação)

O IV Seminário Internacional sobre Povos Indígenas, Fronteiras e Geopolítica da América Latina: uma Proposta para a Amazônia encerrou, na última quinta-feira (17), com a leitura de uma nota pública de repúdio ao Governo Federal contra as violações das garantias constitucionais dos povos indígenas, comunidades quilombolas e populações tradicionais. O evento foi realizado virtualmente, com a participação de 19 instituições, 27 palestrantes, 775 pessoas inscritas.

O manifesto contra o governo Bolsonaro é da Rede do Seminário Internacional sobre Povos Tradicionais, Fronteiras e Geopolítica na América Latina, através de suas diferentes instituições e público participante, em sintonia com a organização do evento, o Laboratório de Estudos Panamazônicos, Prática de Pesquisa e Intervenção Social (LEPAPIS), do Departamento de Antropologia e do Programa de Antropologia Social (PPGAS), Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais (IFCHS), da Universidade Federal do Amazonas (UFAM).

Ressaltando nominalmente o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), a nota cita os desmandos do Governo Federal, que “tem manejado as instituições para perseguir e destruir os princípios
democráticos do Estado de Direito, arduamente conquistados”. Também faz referência à destruição do meio ambiente, com o avanço do desmatamento na Amazônia; invasão e conflitos com garimpeiros em terras indígenas em diferentes Estados; grilagem de terras e desmonte dos órgãos fiscalizadores e controladores.

Como um dos temas debatidos durante o IV Seminário, a pandemia de Covid-19 também integra a nota, apontando “a incompetência e o descaso no enfrentamento e combate ao coronavírus, o que tem ampliado e gerado uma crise sanitária no país”. O professor José Exequiel Basini, coordenador do LEPAPIS, explicou que o manifesto refere-se à forma como os direitos diferenciados e conquistas sociais das populações tradicionais têm sido atingidos, produzindo violências, mortes e situações contínuas de vulnerabilidade sobre os estilos de vida de ditas sociedades.

“Entre outras coisas, a negação das territorialidades e territórios dos povos tradicionais promovida e potencializada pelo atual Governo Federal, a partir de empreendimentos de alto impacto e mediante o modelo econômico neoextrativo: os agronegócios, a mineração intrusiva em terras indígenas e outros modos econômicos predatórios”, assegurou Basini.

Ele lembrou ainda que debates realizados com lideranças indígenas durante o seminário esclareceram que os povos tradicionais não são contra o desenvolvimento do país, mas apoiam um
desenvolvimento que respeite os diferentes estilos de vida dos povos amazônicos. O manifesto termina com a ratificação do apoio e compromisso da Rede e assinantes à pauta e à luta
dos povos indígenas e das populações tradicionais, ‘contra a política genocida do Governo Federal’.

Leia na íntegra a nota de repúdio em: https://bit.ly/3cRUHih

Com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais Dia a Dia

Pacientes com sequelas da hanseníase ganham sapatos adaptados no AM

A Fundação Alfredo da Matta vai iniciar a entrega dos calçados adaptados e personalizados na próxima semana; ação vai alcançar 300 pessoas.

29 de julho de 2021

Detentos confeccionam brinquedos para doação para reduzir pena

O acervo já conta com mais de 100 peças, entre elas carrinhos, caminhões, aviões, helicópteros, barcos, banquinhos e berços que serão levados ao abrigo Monte Salém.

29 de julho de 2021

Municípios do Amazonas recebem atividades de educação ambiental

Ações fazem parte da campanha Floresta Faz a Diferença, com foco na prevenção de queimadas, e acontecem em cinco cidades do estado.

29 de julho de 2021

Em Manaus, enfermeiros do SUS participam de cursos de suporte à vida

A capacitação ocorreu por meio de uma parceria entre a Associação Segeam e o Centro de Treinamento Berkeley, com sede no RJ.

29 de julho de 2021

Cadastro para habitação está suspenso e Prefeitura alerta sobre golpe

Criminosos anunciam em sites de compra e venda na Internet apartamentos financiados pela Caixa Econômica Federal e entregues pela Prefeitura de Manaus.

29 de julho de 2021

Mutirão atende famílias de PcDs neste sábado; veja lista dos serviços oferecidos

Ação ocorre das 8h ao meio-dia no Núcleo PcD da Sejusc, localizado no bairro Adrianópolis, oferecendo serviços como inclusão na Tarifa Social da Amazonas Energia.

28 de julho de 2021

Especialização para motorista de ambulância ganha nova turma

Curso do Detran-AM abrange aulas teóricas e práticas com questões relativas a primeiros socorros, cuidados especiais, relacionamento interpessoal, etc.

28 de julho de 2021

Ministério homologa tombamento do Centro Histórico de Manaus

O espaço abrange uma área entre a orla do Rio Negro e o entorno do Teatro Amazonas, de forma a manter aspectos simbólicos e densos de realizações artístico-construtivas.

28 de julho de 2021