fbpx

sábado, 24 de julho de 2021

PF investiga desvio de recursos no enfrentamento à Covid no AM

Operação Sangria apura fraudes e superfaturamento em contratos relacionados ao enfrentamento da pandemia.

2 de junho de 2021

Compartilhe

Contratos da SES-AM são investigados (Foto: Divulgação)

A Polícia Federal deflagrou hoje (2) a quarta fase da Operação Sangria, por meio da qual são investigados fatos relacionados a possíveis práticas de crimes, como pertencimento a organização criminosa, fraude a licitação e desvio de recursos públicos.

A ação da Polícia Federal cumpriu 25 mandados judiciais, expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), sendo 19 mandados de busca e apreensão e 6 de prisão temporária. A Operação Sangria cumpriu 17 mandados de busca e apreensão em Manaus (AM), um deles na casa do governador Wilson Lima (PSC), e os outros dois em Porto Alegre (RS), além de sequestro de bens e valores.

O superintendente da Polícia Federal no Amazonas (PF-AM), Leandro Almada, informou que cinco dos seis mandados de prisão temporária foram cumpridos, nesta quarta-feira (2). Os indiciados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de fraude à licitação, peculato e pertencimento a organização criminosa e, se condenados, poderão cumprir pena de até 24 anos de reclusão.

Em coletiva de imprensa na Superintendência Regional da PF no Amazonas, no bairro Dom Pedro, zona Centro-Oeste de Manaus, Almada não revelou os nomes dos investigados presos e nem qual prisão temporária faltava ser cumprida. Um dos alvos da Operação Sangria, o secretário de Estado de Saúde, Marcellus Campêlo, encontrava-se em viagem de interesse particular. Em nota, a SES-AM informou que o titular da pasta retornou a Manaus “quando tomou conhecimento da operação para se apresentar à Polícia Federal e prestar todos os esclarecimentos necessários”.

Extraoficialmente, os presos na operação são Sérgio José Silva Chalub, proprietário da Líder Serviços de Apoio de Saúde (LTDA), Rafael Garcia da Silveira, da empresa Prime (nome fantasia), Frank Andrey Gomes de Abreu e Carlos Henrique Alecrim John, donos da Norte Serviços Médicos.

**Matéria atualizada às 15h para atualizar informações repassadas na coletiva de imprensa da PF

Texto: Da Redação, com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais Dia a Dia

Hortaliças cultivadas no sistema prisional são doadas a instituições

Os produtos orgânicos são cultivados na horta do Centro de Detenção Provisória de Manaus 2 e foram doados a instituições de acolhimento.

23 de julho de 2021

Fiscalização do combustível de veículos da Semed em Humaitá é redobrada

A partir de agora, toda tentativa de abastecimento ilegal deve ser comunicada aos órgãos de controle, a fim de evitar fornecimento em desacordo com o solicitado.

23 de julho de 2021

Cadastro do Auxílio Estadual para trabalhadores da cultura é reaberto

O novo prazo foi determinado em decreto, que também simplifica as regras para o acesso. O valor do benefício é de R$ 600.

23 de julho de 2021

Negligenciada por Arthur, cratera na avenida Brasil será reparada

Segundo o vice-prefeito de Manaus, Marcos Rotta, o problema na via é antigo e foi negligenciado pela última administração, prejudicando uma faixa da pista.

23 de julho de 2021

Prefeitura e gestores tratam sobre a volta das aulas 100% presenciais

A meta da Prefeitura de Manaus é que os alunos do 5º ao 9º ano do ensino fundamental voltem a ter aulas 100% presenciais ainda este ano.

23 de julho de 2021

UBS Luiz Montenegro é entregue em novo endereço no bairro Planalto

Conforme a Prefeitura de Manaus, o endereço original da UBS é no bairro Lírio do Vale, mas o imóvel onde funcionava a unidade de saúde enfrenta problemas estruturais.

23 de julho de 2021

MPF-AM recomenda que 30% da merenda escolar saia da agricultura familiar

O MPF estabelece prazo de 15 dias, contados a partir do recebimento do documento, para prestação das informações sobre as medidas recomendadas.

23 de julho de 2021

UEA ganha prêmio internacional por balsa com recursos anti-Covid

Projeto 'Arapaima Gigas', desenvolvido pelo grupo de estudantes, teria capacidade para levar 300 pessoas de Manaus a Tefé, num percurso de 20 horas.

22 de julho de 2021