fbpx

quarta, 26 de janeiro de 2022

Guaraná de Maués recebe registro de Indicação Geográfica

Por ano, na cidade de Maués, são produzidas cerca de 250 toneladas de guaraná, de acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

21 de outubro de 2020

Compartilhe

A planta típica da região Norte recebeu o reconhecimento nacional de qualidade (Foto: Divulgação)

O guaraná nativo e o bastão de guaraná da Terra Indígena Andirá-Marau, localizada em Maués (distante 276 quilômetros de Manaus), receberam o registro de Indicação Geográfica (IG), na categoria Indicação de Procedência (IP), do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi).

O reconhecimento divulgado no início dessa semana foi comemorado pela Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), que acompanha os produtores rurais e o desenvolvimento da atividade no estado.

Com isso, a planta típica da região Norte recebeu o reconhecimento nacional de qualidade, que garante a procedência e traz mais valor ao produto.

Por ano, na cidade de Maués, são produzidas cerca de 250 toneladas de guaraná, de acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), sendo esta a principal atividade econômica da região.

Também é importante ressaltar que este guaraná produzido e comercializado na região é o único também vendido para o exterior, ratificando a importância de um selo de qualidade.

De acordo com o técnico do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário do Estado do Amazonas (Idam), Ademir Bentes, a valorização é o principal objetivo visado pelos produtores da região.

“A principal importância é em relação à valorização do produto, pois vamos ter um produto rotulado e comprovado quanto a sua qualidade e procedência, e assim vamos evitar a concorrência com produtos de baixa qualidade”, disse Ademir.

Para o secretário executivo adjunto de Política Agrícola, Pecuária e Florestal do Amazonas da Sepror, Airton Schneider, alavancar o agronegócio no Norte é fundamental para melhorar a vida do homem no campo.

“Este selo veio para coroar o trabalho dos produtores de Maués. Comprovando sua procedência e sua qualidade, trazendo uma visão especial do mercado para o guaraná produzido no município, e assim possibilitando uma vida mais digna e estável ao produtor”, completou Airton.

Propriedades

Rico em cafeína e antioxidantes e com propriedades anti-inflamatórias, o guaraná pode ainda prevenir o surgimento de doenças cardiovasculares, neurodegenerativas, diabetes e outras patologias. O seu plantio começa no período chuvoso, quando o solo começa a ter mais água, favorecendo a região. Sua colheita é entre outubro e dezembro.

Fonte: assessoria

Leia Mais:

Leia mais Dia a Dia

Brasil tem primeira semana de alta de óbitos por Covid desde maio

Os números das últimas semanas ainda vão crescer. Nas próximas atualizações, janeiro tende a ser o primeiro mês com alta de óbitos frente ao mês anterior desde março de 2021.

26 de janeiro de 2022

Coleta de dados do Censo Demográfico 2022 do IBGE começa em 1º de agosto

Os recenseadores contratados visitarão, entre agosto e outubro, mais de 70 milhões de domicílios e todo o Brasil. Eles trabalharão uniformizados, com identificações do IBGE.

26 de janeiro de 2022

Estudo identifica pacientes mais propensos à Covid longa: entenda

Os pesquisadores analisaram os níveis de anticorpos de 175 pacientes com Covid-19 e 40 pessoas saudáveis. Entre os pacientes com Covid, 134 foram acompanhados por até 1 ano.

26 de janeiro de 2022

Começa hoje, em Manaus, a vacinação do público a partir dos 10 anos

Para vacinar crianças, os responsáveis devem apresentar certidão de nascimento ou documento de identificação com foto; cartão do SUS ou CPF, e caderneta de vacinação.

26 de janeiro de 2022

Entrega de documentos do projeto ‘CNH Social’ começa hoje

Nesse primeiro momento, a entrega dos documentos será realizada para candidatos de Manaus e de outros 15 municípios do interior do Amazonas.

26 de janeiro de 2022

Em 2030, 68% dos brasileiros poderão estar com excesso de peso

Os dados de obesidade revelam que o risco associado de diversas Doenças Crônicas não Transmissíveis é o mais preocupante e pode levar a consequências impactantes para o SUS.

26 de janeiro de 2022

Amazonas registra 7.334 casos de Covid-19 nas últimas horas

A situação vacinal dos pacientes internados com a Covid-19 no Amazonas aponta que, dos 596 pacientes internados, 238 não são vacinados.

25 de janeiro de 2022

Amazonas inclui Coronavac para crianças e adolescentes de 6 a 17 anos

A Coronavac, para crianças e adolescentes, deve ser realizada após intervalo de 15 dias após a aplicação de outras doses de vacinas do calendário infantil.

25 de janeiro de 2022