fbpx

sábado, 24 de julho de 2021

FCecom quer diminuir as estatísticas de câncer no Amazonas

Para o câncer no colo do útero, Gerson Mourão, diretor-presidente da FCecom, diz que o Amazonas estuda o uso de vacina para extinguir a doença.

14 de julho de 2021

Compartilhe

(Foto: Laís Pompeu/FCecon)

Em entrevista nesta quarta-feira (14) ao RealTime1, o diretor-presidente da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecom), o médico mastologista Gerson Mourão, aconselhou a população a seguir um modelo de vida saudável para evitar o diagnóstico de câncer e destacou que planeja, à frente da Fundação, derrubar as estatísticas da doença no Amazonas.

“Se você viver até 100 anos, você tem uma chance altíssima de ter câncer de mama. Isso não dá para mudar, mas a mudança seria que se descubra o tumor preservando a mama e salvando a vida, essa é a proposta da mamografia. Para o câncer no colo do útero, nós vamos extinguir, assim como foi feito na Austrália, com a vacina eles conseguiram controlar”, avaliou Mourão.

Prevenção é o caminho

Gerson destaca que, recentemente, esteve reunido com o secretário municipal de educação, Pauderney Avelino, e, na ocasião, conversou sobre a vacinação de jovens na capital. “Pedi a ele que a vacinação volte para as escolas, pois se toda essa geração for vacinada não terá cancer de colo de útero”.

Conforme o diretor-presidente da FCecom, existe uma coisa que é iminentemente dependente da ação do cidadão. “O cidadão tem que ter responsabilidade com ele. Eu fui irresponsável, fumava, bebia, não me exercitava. Tá aqui um exemplo clássico de um erro de estilo de vida”. Cânceres do pulmão e de bexiga podem estar relacionados ao fumo. Câncer do colo tá relacionado ao HPV [sigla em inglês para Papilomavírus Humano]. Quem se alimenta mal, dorme mal, não se exercita, tem a possibilidade maior de desenvolver câncer”, explica o médico.

Ao fim da entrevista, Gerson diz que a mensagem que fica é de orientação. “Faça seu preventivo, quando iniciar sua vida sexual, faça sua mamografia depois dos 50 anos e faça seu toque retal. São esses os elementos que a medicina moderna oferece aos cidadãos para salvar vidas, mas a responsabilidade maior é do cidadão quando não fuma e não bebe”, finaliza.

Assista à entrevista na íntegra:

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

Leia mais Dia a Dia

Hortaliças cultivadas no sistema prisional são doadas a instituições

Os produtos orgânicos são cultivados na horta do Centro de Detenção Provisória de Manaus 2 e foram doados a instituições de acolhimento.

23 de julho de 2021

Fiscalização do combustível de veículos da Semed em Humaitá é redobrada

A partir de agora, toda tentativa de abastecimento ilegal deve ser comunicada aos órgãos de controle, a fim de evitar fornecimento em desacordo com o solicitado.

23 de julho de 2021

Cadastro do Auxílio Estadual para trabalhadores da cultura é reaberto

O novo prazo foi determinado em decreto, que também simplifica as regras para o acesso. O valor do benefício é de R$ 600.

23 de julho de 2021

Negligenciada por Arthur, cratera na avenida Brasil será reparada

Segundo o vice-prefeito de Manaus, Marcos Rotta, o problema na via é antigo e foi negligenciado pela última administração, prejudicando uma faixa da pista.

23 de julho de 2021

Prefeitura e gestores tratam sobre a volta das aulas 100% presenciais

A meta da Prefeitura de Manaus é que os alunos do 5º ao 9º ano do ensino fundamental voltem a ter aulas 100% presenciais ainda este ano.

23 de julho de 2021

UBS Luiz Montenegro é entregue em novo endereço no bairro Planalto

Conforme a Prefeitura de Manaus, o endereço original da UBS é no bairro Lírio do Vale, mas o imóvel onde funcionava a unidade de saúde enfrenta problemas estruturais.

23 de julho de 2021

MPF-AM recomenda que 30% da merenda escolar saia da agricultura familiar

O MPF estabelece prazo de 15 dias, contados a partir do recebimento do documento, para prestação das informações sobre as medidas recomendadas.

23 de julho de 2021

UEA ganha prêmio internacional por balsa com recursos anti-Covid

Projeto 'Arapaima Gigas', desenvolvido pelo grupo de estudantes, teria capacidade para levar 300 pessoas de Manaus a Tefé, num percurso de 20 horas.

22 de julho de 2021