fbpx

sexta, 20 de maio de 2022

Exportações do Amazonas alavancam em julho e valor ultrapassa US$ 80 milhões

Em julho, os principais destinos das vendas externas processadas pelo estado foram Venezuela e Colômbia, equivalentes a 37,87% das exportações.

2 de setembro de 2020

Compartilhe

A Balança Comercial do Amazonas apresentou em julho crescimento tanto nas importações quanto nas exportações do mercado local. As exportações aumentaram 43,20% na comparação com julho de 2019, e 14,70% em relação a junho de 2020. Os valores exportados somaram US$ 80,10 milhões.

Em julho, os principais destinos das vendas externas processadas pelo estado foram Venezuela e Colômbia, equivalentes a 37,87% das exportações. O principal produto exportado para a Venezuela foi óleo de soja (US$ 3.689.684,00), o equivalente a 21,43% das exportações para aquele país. Para a Colômbia, o principal produto exportado foram “outras preparações alimentícias” (US$ 9.345.073,00), o que representou 71,24% das exportações para esse país.

O aumento das exportações é reflexo da recuperação das atividades do Polo Industrial de Manaus, ficou demonstrado nas importações e no crescimento de mais de 300% das exportações de motocicletas – na comparação com junho deste ano.

As Importações do Amazonas em julho somaram US$ 744,36 milhões, o equivalente a 6,47% de participação nas importações do Brasil. A retomada das atividades das indústrias do Polo Industrial de Manaus afetou as importações, com aumento de volume em cerca de 20,31%, na comparação com junho de 2020, e redução de 19,96%, com julho de 2019.

A China se mantém como principal país de origem das importações do Amazonas, com o valor de US$ 327,80 milhões, o que representa a participação de 44,04% das importações. Vietnã vem em seguida, com o valor de US$ 83,16 milhões, o equivalente a 11,17% do total. O principal produto importado da China foi da categoria “Outras partes para aparelhos de radiodifusão” (30,31% dos produtos importados desse país), enquanto do Vietnã se destacam “Partes de aparelhos telefônicos”, equivalente a 45,21% das transações oriunda desse país.

O estudo completo da Balança Comercial está disponível na página da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), no endereço www.sedecti.am.gov.br, item “Mapas e Indicadores”.

Sinalização

Para o secretário titular da Sedecti, Jório Veiga, os resultados da balança comercial de julho demonstram o início do retorno à normalidade das atividades industriais e de comércio no Amazonas. “Importações crescendo para recomposição de estoques e ajustes à demanda de produção, paralelas à retomada da exportação em níveis mais próximos do normal em vários setores, como o de concentrados para bebidas, por exemplo, são sinais  positivos importantes que indicam o início do processo de recuperação econômica pós-pandemia”, avaliou o secretário.

Corrente de comércio

Em julho, a participação do Amazonas na Corrente de Comércio do Brasil alcançou 2,65%. A Corrente de Comércio do Estado do Amazonas (soma das importações com as exportações) totalizou US$ 824,46 milhões.

Municípios do interior

Na avaliação por municípios do interior, Presidente Figueiredo foi o maior exportador (US$ 4,45 milhões) em julho, e o principal destino foi a China, sendo Ferro-ligas o principal produto. O segundo município que mais exportou foi Itacoatiara (US$ 3,53 milhões), e como principal destino a Espanha, sendo a Soja o principal produto exportado.

Nas importações, Silves se destacou como maior importador (US$ 16,41 milhões), tendo a China como maior parceiro comercial e Contêineres como principal item importado. Itacoatiara ficou em segundo lugar, com o valor de suas importações em US$ 505 mil, tendo a Finlândia como principal local de origem de suas importações, sendo Parte de motores o principal.

O saldo negativo nas transações comerciais no mesmo período diminuiu 24% na comparação com julho de 2019 e aumentou 20,69% na comparação com junho deste ano. Isso foi motivado pelo aumento das exportações e das importações.

Leia mais Dia a Dia

Injúria racial em espaços públicos tem pena ampliada no Plenário do Senado

Pleno do Senado aumenta pena para crimes de injúria racial quando praticados em eventos esportivos ou culturais e para finalidade humorística.

19 de maio de 2022

Auxílio Estadual Enchente chega a famílias de nove municípios do AM

28,8 mil famílias estão sendo atendidas com o benefício do Auxílio Estadual Enchente no valor de R$ 300, conforme mapeamento da Defesa Civil do Amazonas.

19 de maio de 2022

STF mantém multa para motoristas que recusem teste de bafômetro

A Corte se manifestou à favor das sanções aos motoristas que se recusem a fazer o teste de bafômetro e contra a comercialização das bebidas nas rodovias.

19 de maio de 2022

Wilson anuncia construção de 50 pontes de concreto em 16 bairros de Manaus

O investimento é de R$ 70 milhões e integra o programa +Pontes, executado pelo Governo do Amazonas. Bairros de 5 zonas da cidade serão contemplados.

19 de maio de 2022

TCE-AM suspende pregão para aluguel de ambulâncias em Itacoatiara

O relator do processo no TCE estabeleceu prazo de 15 dias para que a Prefeitura de Itacoatiara apresente documentos ou justificativas sobre a exigência de documentos

19 de maio de 2022

PcDs terão acesso gratuito no jogo Guarani x Vasco na Arena da Amazônia

Além da gratuidade na Arena Amazônia, a norma do Estado do Amazonas também assegura que o acompanhante de PcDs pague 50% do valor do ingresso cobrado.

19 de maio de 2022

Ação conscientiza motoristas sobre dificuldades vividas por ciclistas

Ação 'Convivência Legal' consiste em fazer, por meio de simulações, com que motoristas de ônibus sintam na pele o que sente o ciclista quando é ameaçado nas ruas.

19 de maio de 2022

Conservar a Amazônia é mais barato do que as áreas protegidas da Europa

Valor por hectare da conservação da Amazônia Brasileira é sete vezes menor do que manter as áreas protegidas da União Europeia conforme estudo.

18 de maio de 2022