fbpx

sábado, 24 de julho de 2021

Cirugias eletivas são retomadas pelo Estado de maneira gradual

As cirurgias serão feitas a partir de 1 de junho para pacientes com câncer, transplante de órgãos, cardíacos, com trauma ou sofrendo com dor severa.

15 de maio de 2021

Compartilhe

Cirurgias que foram adiadas serão remarcadas por meio do SISREG (Foto: divulgação)

A Nota Técnica (NT) conjunta da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) e Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), publicada nesta sexta-feira (14), autoriza a retomada das cirurgias eletivas na rede pública estadual de saúde. O retorno dos procedimentos eletivos leva em consideração o cenário a redução nos casos de Covid-19.

As cirurgias eletivas que serão retomadas devem priorizar atendimentos a pacientes com câncer, os que necessitem de transplante de órgãos, cardíacos, com trauma ou os pacientes que estejam sofrendo de dor severa.

O secretário executivo de Assistência da Capital da SES-AM, Jani Kenta, pontua que a retomada das cirurgias eletivas será progressiva a partir do dia 1º de junho e que os diretores das unidades devem elaborar planos para o início desse processo.

“Nós teremos a partir do dia 1º (de junho) a rede hospitalar trabalhando a questão das cirurgias eletivas de forma progressiva. Estamos com um Plano de Contingenciamento ainda relacionado à Covid-19, porém, iniciando atendimento a outras agendas, que é a agenda cirúrgica. Em todas as unidades de saúde do estado e as contratadas terão que apresentar um plano e esse plano de trabalho de retomada das cirurgias será executado de forma gradativa”, disse Kenta.

Esse tipo cirurgico possuem três classificações: as cirurgias de urgência eletiva, que devem ser realizadas dentro de duas semanas; as eletivas essenciais, que devem ser realizadas no prazo de um a três meses; e as cirurgias eletivas não essenciais, em que o paciente pode aguardar mais de três meses para realizá-la.

As cirurgias eletivas essenciais e não essenciais poderão ser realizadas nos hospitais seguindo etapas progressivas, considerando a classificação da unidade hospitalar no Plano Estadual de Contingência. Os leitos cirúrgicos e clínicos que estavam reservados para atendimentos dos casos de Covid-19 voltarão a receber procedimentos eletivos.

Caso seja necessário, com nova alça epidêmica dos casos de Covid-19, a suspensão das cirurgias eletivas também levará em consideração o perfil das unidades hospitalares no Plano de Contingência.

A marcação dos procedimentos que haviam sido suspensos, será processada pelo sistema de Regulação, Controle e Avaliação em Saúde para a definição dos critérios, de acordo com cada perfil hospitalar.

Os gestores das unidades devem elaborar um plano de mudança dos leitos destinados para casos de Covid-19 para as cirurgias eletivas essenciais e não essenciais. Este plano será analisado por uma equipe técnica da SES-AM para possíveis adequações e revisões dos pontos de atenção da Rede de Urgência e Emergência.

Com informações da SES-AM

Leia mais:

Leia mais Dia a Dia

Hortaliças cultivadas no sistema prisional são doadas a instituições

Os produtos orgânicos são cultivados na horta do Centro de Detenção Provisória de Manaus 2 e foram doados a instituições de acolhimento.

23 de julho de 2021

Fiscalização do combustível de veículos da Semed em Humaitá é redobrada

A partir de agora, toda tentativa de abastecimento ilegal deve ser comunicada aos órgãos de controle, a fim de evitar fornecimento em desacordo com o solicitado.

23 de julho de 2021

Cadastro do Auxílio Estadual para trabalhadores da cultura é reaberto

O novo prazo foi determinado em decreto, que também simplifica as regras para o acesso. O valor do benefício é de R$ 600.

23 de julho de 2021

Negligenciada por Arthur, cratera na avenida Brasil será reparada

Segundo o vice-prefeito de Manaus, Marcos Rotta, o problema na via é antigo e foi negligenciado pela última administração, prejudicando uma faixa da pista.

23 de julho de 2021

Prefeitura e gestores tratam sobre a volta das aulas 100% presenciais

A meta da Prefeitura de Manaus é que os alunos do 5º ao 9º ano do ensino fundamental voltem a ter aulas 100% presenciais ainda este ano.

23 de julho de 2021

UBS Luiz Montenegro é entregue em novo endereço no bairro Planalto

Conforme a Prefeitura de Manaus, o endereço original da UBS é no bairro Lírio do Vale, mas o imóvel onde funcionava a unidade de saúde enfrenta problemas estruturais.

23 de julho de 2021

MPF-AM recomenda que 30% da merenda escolar saia da agricultura familiar

O MPF estabelece prazo de 15 dias, contados a partir do recebimento do documento, para prestação das informações sobre as medidas recomendadas.

23 de julho de 2021

UEA ganha prêmio internacional por balsa com recursos anti-Covid

Projeto 'Arapaima Gigas', desenvolvido pelo grupo de estudantes, teria capacidade para levar 300 pessoas de Manaus a Tefé, num percurso de 20 horas.

22 de julho de 2021