fbpx

sexta, 30 de julho de 2021

Campanha ‘Adorno Zero’ quer combater infecções hospitalares no AM

O infectologista André Patrício alerta para o perigo em que os acessórios levam para o ambiente hospitalar, destacando que o uso já é proibido por norma regulamentadora.

5 de julho de 2021

Compartilhe

Ação é voltada para profissionais, pacientes e acompanhantes da Fundação de Medicina Tropical (Foto: Reprodução)

Combater o uso de pulseiras, anéis, relógios, colares, entre outros adornos, pelos funcionários, pacientes e acompanhantes da Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD) é o grande alvo da nova campanha da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) da unidade.

Intitulada “Adorno Zero”, a campanha tem realizado ações de mobilização para sensibilizar diretores, coordenadores, funcionários e usuários do sistema de saúde sobre os riscos causados pelo uso destes objetos em ambientes hospitalares.

Durante a semana de 5 a 9 de julho, a CCIH fará orientações e pequenas palestras sobre o assunto, principalmente para os profissionais de saúde de toda a unidade, tanto da parte hospitalar quanto dos ambulatórios e setores administrativos.

De acordo com o infectologista André Patrício, chefe da CCIH da FMT-HVD, a campanha é importante para toda a comunidade que frequenta esses espaços.

 “Esses adornos têm importância tanto para os acidentes de trabalho, uma vez que algo pode se prender em um brinco ou anel, quanto para infecções hospitalares. Através desses adornos, nós carregamos bactérias que podem contaminar os pacientes ou levando essas bactérias para dentro das nossas casas. O uso desses adornos em ambientes hospitalares é proibido. Inicialmente vamos fazer um trabalho de conscientização”, disse o infectologista.

Primeiras mudanças e perspectivas para o futuro

Um dos símbolos iniciais da campanha contra o uso de adornos é o incentivo da troca dos cordões para crachás por dispositivos que têm uma menor possibilidade de carregar infecções e com uma superfície de contato menor. Essa primeira etapa da campanha é educativa e tem por objetivo alertar os profissionais.

No futuro, já é discutido formas de sanções para os profissionais que não cumprirem as regras de higiene e segurança hospitalar e continuarem insistindo no uso de acessórios não recomendados.

Norma

Segundo a Norma Regulamentadora NR 32, todo trabalhador do serviço de saúde, bem como aquele que exerce atividades de promoção e assistência à saúde exposto a agente biológico, independentemente da sua função, deve evitar o uso de adornos no ambiente de trabalho para prevenir infecção.

As orientações abordadas na campanha ‘Adorno Zero’ valem para todos os colaboradores, principalmente, profissionais que prestem assistência ao paciente ou que, de alguma forma, entrem em contato com fluidos, secreções e qualquer tipo de matéria orgânica proveniente do paciente ou do processo assistencial, e também aqueles que manipulem alimentos e dietas, visando garantir a sua própria segurança.

A Norma, além de determinar procedimentos hospitalares, também rege o comportamento dos profissionais da área, indicando a obrigatoriedade do uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e a proibição do uso de adornos, que podem trazer riscos biológicos de contaminação.

Com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais Dia a Dia

Pacientes com sequelas da hanseníase ganham sapatos adaptados no AM

A Fundação Alfredo da Matta vai iniciar a entrega dos calçados adaptados e personalizados na próxima semana; ação vai alcançar 300 pessoas.

29 de julho de 2021

Detentos confeccionam brinquedos para doação para reduzir pena

O acervo já conta com mais de 100 peças, entre elas carrinhos, caminhões, aviões, helicópteros, barcos, banquinhos e berços que serão levados ao abrigo Monte Salém.

29 de julho de 2021

Municípios do Amazonas recebem atividades de educação ambiental

Ações fazem parte da campanha Floresta Faz a Diferença, com foco na prevenção de queimadas, e acontecem em cinco cidades do estado.

29 de julho de 2021

Em Manaus, enfermeiros do SUS participam de cursos de suporte à vida

A capacitação ocorreu por meio de uma parceria entre a Associação Segeam e o Centro de Treinamento Berkeley, com sede no RJ.

29 de julho de 2021

Cadastro para habitação está suspenso e Prefeitura alerta sobre golpe

Criminosos anunciam em sites de compra e venda na Internet apartamentos financiados pela Caixa Econômica Federal e entregues pela Prefeitura de Manaus.

29 de julho de 2021

Mutirão atende famílias de PcDs neste sábado; veja lista dos serviços oferecidos

Ação ocorre das 8h ao meio-dia no Núcleo PcD da Sejusc, localizado no bairro Adrianópolis, oferecendo serviços como inclusão na Tarifa Social da Amazonas Energia.

28 de julho de 2021

Especialização para motorista de ambulância ganha nova turma

Curso do Detran-AM abrange aulas teóricas e práticas com questões relativas a primeiros socorros, cuidados especiais, relacionamento interpessoal, etc.

28 de julho de 2021

Ministério homologa tombamento do Centro Histórico de Manaus

O espaço abrange uma área entre a orla do Rio Negro e o entorno do Teatro Amazonas, de forma a manter aspectos simbólicos e densos de realizações artístico-construtivas.

28 de julho de 2021