fbpx

terça, 25 de janeiro de 2022

Professora de educação física tem a inclusão social como bandeira

Viviane Ferreira foi atleta de basquete e passou por uma amputação da perna em 2001 após o diagnóstico de trombose.

16 de agosto de 2021

Compartilhe

(Foto: Divulgação/Semcom)

Uma vida dedicada ao esporte. É desta forma que se define a trajetória da professora Viviane Ferreira, pessoa com deficiência (PcD) e servidora da Prefeitura de Manaus. Tanto que carrega a inclusão social como bandeira por meio do projeto “Viva as diferenças”, realizado pela Subsecretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel). Viviane está também entre as centenas de PcDs hoje inseridos nas secretarias municipais, dentro da Política de Inclusão que vem ganhando força nesta gestão.

Durante a adolescência, Viviane foi atleta de basquete, defendendo as cores de escolas tradicionais como o La Salle, chegando inclusive a ingressar na seleção do Amazonas. A ligação com o esporte foi fundamental para escolher cursar Educação Física. E foi justamente no ano da formatura que sua história mudou.

“Em 2001 fui diagnosticada com um melanoma, um câncer de pele avançado. Logo comecei o tratamento, mas em decorrência de complicações e uma trombose, tive que fazer a amputação da minha perna. Eu poderia muito bem parar, inclusive me aposentar devido à deficiência, mas não quis, porque eu sempre vi na educação física a minha paixão”, destacou Viviane.

O amor pelo esporte conduziu a professora a quebrar barreiras. Tanto que desde 2008 Viviane é servidora da Prefeitura de Manaus. Atuando na área esportiva, ela relata o respeito que tem por parte dos colegas de trabalho e dos pais dos alunos. E diz ainda que é gratificante ver de perto todas as conquistas das crianças e jovens que instrui no dia a dia das atividades.

“Dou aula dentro do projeto ‘Viva as Diferenças’. Tenho alunos com Transtorno do Espectro Autista (TEA), síndrome de Down e deficiências. Eles são agitados, mas consegui juntar o amor ao esporte à minha vontade de fazer a diferença na vida dessas pessoas. Muitos professores não sabem lidar com essas diferenças, mas aprendi e tratá-los da mesma forma e com o mesmo respeito que gostaria de receber”, enfatizou a educadora.

Com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Comportamento

10 receitas vegetarianas e veganas para você preparar no Natal e Ano Novo

Freeletics Nutrition elaborou pratos para quem quer celebrar as festas de fim de ano sem comer carne e de maneira saudável

21 de dezembro de 2021

O Boticário lança legenda para acessibilidade olfativa nas redes sociais

Iniciativa idealizada pela W3haus, a #QueCheiroTem traz descrições que ajudam a comunidade da marca a “sentir” as fragrâncias por meio das redes sociais.

20 de dezembro de 2021

Arquidiocese de Manaus divulga calendário para Natal e Ano Novo

Celebrações e missas solenes vão marcar o nascimento de Jesus, a Sagrada Família e o dia em honra de Santa Maria Mãe de Deus.

18 de dezembro de 2021

Chef de cozinha dá dicas de ceia de Natal com ingredientes amazônicos

Pirarucu à portuguesa, farofa de banana pacovã e arroz caboquinho são pratos que vão agradar a todos e por um preço bem camarada.

18 de dezembro de 2021

Presépio flutuante inicia visita às comunidades ribeirinhas hoje

A balsa irá passar em diversas comunidades da zona ribeirinha, levando brinquedos e o encanto do Natal. Nesta quinta-feira, a embarcação segue para a primeira viagem.

16 de dezembro de 2021

Ingestão de sucos pode ajudar na recuperação da ressaca pós-confras

Entre os sucos indicados estão os de abacaxi, beterraba, melancia, melão, maçã e morango, de acordo com a nutricionista.

15 de dezembro de 2021

Estudo revela desigualdades no acesso a tratamento do câncer de mama

De acordo com estudo realizado pela Fundação do Câncer, as pacientes do SUS chegam ao tratamento em estádios mais avançados do que as pacientes do setor privado.

15 de dezembro de 2021

Músico amazonense assina trilha sonora de ‘Um presente para o Natal’

Público pode conhecer o musical assinado por César Lima no espetáculo que é apresentado, diariamente, até o dia 23 de dezembro, no Teatro Amazonas, com sessões às 20h.

15 de dezembro de 2021