fbpx

segunda, 08 de agosto de 2022

Miopia na infância aumenta risco de desenvolver estrabismo, diz estudo

Aumento dos casos de miopia preocupa especialistas e pode afetar 50% da população mundial em 2050. No entanto, há como prevenir.

8 de novembro de 2021

Compartilhe

Miopia tem forte ligação com histórico familiar (Foto: Reprodução)

Uma meta-análise recente, que inclui a revisão de mais de 23 mil estudos, mostrou que a miopia é um fator de risco para o estrabismo divergente intermitente.

Nesse tipo de desalinhamento, o olho se desvia para fora, em direção às orelhas. Outra característica é a intermitência do desvio, ou seja, ele não é constante.  

Segundo a oftalmopediatra Marcela Barreira, especialista em estrabismo, uma das hipóteses é que a miopia está associada à diminuição das necessidades de acomodação.

“Trata-se da capacidade do olho humano de garantir que a imagem captada tenha foco e nitidez. Isso reduz a convergência e pode explicar, portanto, o risco aumentado para desenvolver o estrabismo divergente”.

Estrabismo intermitente

O estrabismo divergente intermitente é o mais comum de todos os desvios. Normalmente, se desenvolve entre os 12 meses e 4 anos de idade

“Esse é o estrabismo em que o olho se desvia para fora, em direção às orelhas. O mais comum é o desalinhamento intermitente. Isso quer dizer que o desvio ocorre em alguns momentos. Em geral, aparece quando a criança está mais cansada, nervosa ou irritada”, comenta Marcela.  

A boa notícia é que ambas as condições têm tratamento. A miopia é corrigida com óculos e o estrabismo com cirurgia. Vale lembrar que apenas o estrabismo acomodativo, causado pela hipermetropia, a correção é com óculos e não com alinhamento cirúrgico.

Janela de oportunidade

O sistema visual é o último a se desenvolver. Por essa razão, a intervenção precoce pode prevenir a perda da visão binocular e o desenvolvimento da ambliopia, mais conhecida pelo termo “olho preguiçoso.

“Para atingir bons resultados, a cirurgia de correção do estrabismo deve ser feita entre os 2 e 4 anos de idade, de preferência”, reforça a médica.

“Quanto à miopia, é importante dizer o crescimento do olho ao longo da infância e adolescência pode aumentar ou diminuir o grau. Por isso, o acompanhamento da criança com o oftalmopediatra deve ser regular até que o grau se estabilize, o que ocorre por volta dos 18 anos”, finaliza.

Prevenção

A miopia tem uma forte ligação com a história familiar. Filhos de pais míopes têm 50% de chance de desenvolver a condição. Entretanto, é possível adotar hábitos que podem prevenir a miopia ou ainda o aumento do grau.

1) Reduza ao máximo o tempo da criança em frente às telas (tablets, computadores e celulares);

2) Crianças com menos de 2 anos não devem ser expostas às telas;

3) Incentive atividades ao ar livre, se possível todos os dias;

4) Leva o bebê no oftalmopediatra ainda no primeiro ano de vida e depois, de forma preventiva.

Com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Comportamento

10 receitas vegetarianas e veganas para você preparar no Natal e Ano Novo

Freeletics Nutrition elaborou pratos para quem quer celebrar as festas de fim de ano sem comer carne e de maneira saudável

21 de dezembro de 2021

O Boticário lança legenda para acessibilidade olfativa nas redes sociais

Iniciativa idealizada pela W3haus, a #QueCheiroTem traz descrições que ajudam a comunidade da marca a “sentir” as fragrâncias por meio das redes sociais.

20 de dezembro de 2021

Arquidiocese de Manaus divulga calendário para Natal e Ano Novo

Celebrações e missas solenes vão marcar o nascimento de Jesus, a Sagrada Família e o dia em honra de Santa Maria Mãe de Deus.

18 de dezembro de 2021

Chef de cozinha dá dicas de ceia de Natal com ingredientes amazônicos

Pirarucu à portuguesa, farofa de banana pacovã e arroz caboquinho são pratos que vão agradar a todos e por um preço bem camarada.

18 de dezembro de 2021

Presépio flutuante inicia visita às comunidades ribeirinhas hoje

A balsa irá passar em diversas comunidades da zona ribeirinha, levando brinquedos e o encanto do Natal. Nesta quinta-feira, a embarcação segue para a primeira viagem.

16 de dezembro de 2021

Ingestão de sucos pode ajudar na recuperação da ressaca pós-confras

Entre os sucos indicados estão os de abacaxi, beterraba, melancia, melão, maçã e morango, de acordo com a nutricionista.

15 de dezembro de 2021

Estudo revela desigualdades no acesso a tratamento do câncer de mama

De acordo com estudo realizado pela Fundação do Câncer, as pacientes do SUS chegam ao tratamento em estádios mais avançados do que as pacientes do setor privado.

15 de dezembro de 2021

Músico amazonense assina trilha sonora de ‘Um presente para o Natal’

Público pode conhecer o musical assinado por César Lima no espetáculo que é apresentado, diariamente, até o dia 23 de dezembro, no Teatro Amazonas, com sessões às 20h.

15 de dezembro de 2021