fbpx

sábado, 22 de janeiro de 2022

Guerreiros Mura, Tradicional e Flor Matizada brilham em Live Cirandas

A live seguiu todas as medidas que conferem segurança contra a Covid-19 aos participantes e servidores envolvidos. O evento foi um ensaio de olho em 2022.

30 de agosto de 2021

Compartilhe

(Foto: Michael Dantas)

Para manter a tradição da ciranda no mês de agosto, as agremiações Guerreiros Mura, Tradicional e Flor Matizada realizaram a Live Cirandas de Manacapuru 2021, na noite do sábado (28), no galpão da Flor Matizada.

A apresentação sem público e com o apoio do Governo do Amazonas tem a proposta de gerar emprego e renda para trabalhadores da cultura e economia criativa envolvidos no festival que movimenta o município.   

Com transmissão pela TV A Crítica, a live seguiu todas as medidas que conferem segurança contra a Covid-19 aos participantes e servidores envolvidos. Os protocolos incluem a testagem para detecção do coronavírus de todos os integrantes das cirandas e equipes de apoio, distanciamento e uso de máscara.

Para o secretário de Cultura e Economia Criativa, Marcos Apolo Muniz, a iniciativa é importante na retomada gradual das atividades culturais no interior. Ele explica que, a exemplo das lives Parintins e Folclórica, promovidas neste ano, a transmissão das cirandas de Manacapuru vem para oferecer apoio aos artistas sem renda por conta da pandemia. 

“Desta forma mantemos ainda o diálogo com todas as manifestações. Sabemos o quanto o Festival de Cirandas é importante para Manacapuru, que o município se envolve na preparação e, além da economia, tem a questão afetiva, é uma tradição da cidade”, comentou o titular da pasta. “Com o auxílio na estrutura para que a live se realize, também mantemos a expectativa para, no ano que vem, ter o evento com público”. 

Cirandas 

Com 320 pessoas na apresentação, a Guerreiros Mura foi a primeira a se apresentar, com o tema “Folclore é Vida”. A ciranda, que tem 28 anos de existência e 13 títulos, exibiu trechos da sua história dentro da temática indígena.

“Essa live representa a volta do Festival de Ciranda para o cenário cultural do Amazonas. Nós estamos nos recuperando da triste passagem dessa doença no mundo, mas vamos para frente, devagar e com esforço, para consolidar nossa festa folclórica no estado”, disse Renato Teles, presidente da Guerreiros Mura. 

A Tradicional entrou em cena com 120 participantes para defender o tema “Cura” por meio das ervas medicinais. Segundo o presidente Magal Pinheiro, mais 78 pessoas fizeram parte do trabalho nos bastidores.  

“A realização da live foi essencial para nossa cultura não morrer, para gerar renda para a classe artística, uma vez que os artistas foram muito afetados e que vivemos disso. Os artistas vivem da cultura e salvou muitas pessoas”, afirmou o dirigente. 

Já a Flor Matizada, com 250 pessoas, trouxe o tema “Viva!” e os princípios do povo Carajás. Segundo a lenda, eles viviam como peixes nas profundezas dos lagos e só conheciam esse ambiente até abdicarem da eternidade e reconhecerem a morte para alcançar a liberdade. 

“Do mesmo modo, nos resta aceitar a morte, enquanto fenômeno natural e resgatar o entusiasmo pela vida e pelas boas lembranças dos entes perdidos. Afinal, viver sempre valerá a pena”, destacou Vanessa Mendonça, presidente da Flor Matizada.

A live, acrescenta Vanessa, representa o resgate da força cultural de Manacapuru. “A Ciranda é nossa referência, identidade cultural, e constitui uma das singularidades amazônicas. Somos cientes de que escrevemos uma das mais belas páginas do rico folclore brasileiro, e essa live revigora essa força”. 

Com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Comportamento

10 receitas vegetarianas e veganas para você preparar no Natal e Ano Novo

Freeletics Nutrition elaborou pratos para quem quer celebrar as festas de fim de ano sem comer carne e de maneira saudável

21 de dezembro de 2021

O Boticário lança legenda para acessibilidade olfativa nas redes sociais

Iniciativa idealizada pela W3haus, a #QueCheiroTem traz descrições que ajudam a comunidade da marca a “sentir” as fragrâncias por meio das redes sociais.

20 de dezembro de 2021

Arquidiocese de Manaus divulga calendário para Natal e Ano Novo

Celebrações e missas solenes vão marcar o nascimento de Jesus, a Sagrada Família e o dia em honra de Santa Maria Mãe de Deus.

18 de dezembro de 2021

Chef de cozinha dá dicas de ceia de Natal com ingredientes amazônicos

Pirarucu à portuguesa, farofa de banana pacovã e arroz caboquinho são pratos que vão agradar a todos e por um preço bem camarada.

18 de dezembro de 2021

Presépio flutuante inicia visita às comunidades ribeirinhas hoje

A balsa irá passar em diversas comunidades da zona ribeirinha, levando brinquedos e o encanto do Natal. Nesta quinta-feira, a embarcação segue para a primeira viagem.

16 de dezembro de 2021

Ingestão de sucos pode ajudar na recuperação da ressaca pós-confras

Entre os sucos indicados estão os de abacaxi, beterraba, melancia, melão, maçã e morango, de acordo com a nutricionista.

15 de dezembro de 2021

Estudo revela desigualdades no acesso a tratamento do câncer de mama

De acordo com estudo realizado pela Fundação do Câncer, as pacientes do SUS chegam ao tratamento em estádios mais avançados do que as pacientes do setor privado.

15 de dezembro de 2021

Músico amazonense assina trilha sonora de ‘Um presente para o Natal’

Público pode conhecer o musical assinado por César Lima no espetáculo que é apresentado, diariamente, até o dia 23 de dezembro, no Teatro Amazonas, com sessões às 20h.

15 de dezembro de 2021