fbpx

sábado, 29 de janeiro de 2022

Cuidar dos netos traz longevidade aos avós, mas é preciso equilíbrio

Pessoas idosas de um modo geral ganham até cinco anos a mais de vida se estiverem envolvidos, com equilíbrio, na criação de jovens.

28 de agosto de 2021

Compartilhe

Estudo mostrou que o envolvimento de idosos com crianças traz benefícios para as atividades físicas e cognitivas. (Foto: Reprodução)

A ciência mostra que os avós que brincam com os netos acrescentam em média cinco anos à sua própria vida. De acordo com um estudo publicado na Evolution and Human Behavior, os avós que cuidam de seus netos ou que prestam algum tipo de cuidado a eles tiveram menor risco de morte em um período de 20 anos do que adultos mais velhos que não assumiram funções de cuidadores. Os dados vêm do Berlin Aging Study, que acompanhou os resultados de saúde de mais de 500 pessoas com 70 anos ou mais.

Por que cuidar dos netos traz tantos benefícios à saúde para os avós? O doutor Ronan Factora, da Cleveland Clinic, diz que à medida que envelhecemos, “é preciso se manter fisicamente ativo. Você deseja permanecer socialmente engajado e ser estimulado cognitivamente; e todas essas coisas permitem que você envelheça bem”.

Anos a mais de vida
Os benefícios para a saúde não se aplicam apenas aos avós. O estudo publicado na Evolution and Human Behavior também descobriu que adultos mais velhos que ajudavam a cuidar de crianças da família também tinham anos acrescentados em suas vidas. O mesmo vale para pessoas sem filhos: de acordo com pesquisadores, adultos sem filhos que cuidavam de crianças viviam em média três anos a mais.

Experimentando o estresse
Mas isso não significa que você deva entregar seus filhos aos avós em tempo integral. Embora o cuidado moderado tenha seus benefícios para a saúde, estudos anteriores descobriram que os cuidadores informais podem sentir estresse físico e psicológico devido ao envolvimento pesado. Eles experimentam resultados negativos para a saúde – especialmente se o cuidador tem um histórico de depressão ou ansiedade. Em outras palavras, trata-se de encontrar o equilíbrio certo.

Leia mais:

Leia mais sobre Comportamento

10 receitas vegetarianas e veganas para você preparar no Natal e Ano Novo

Freeletics Nutrition elaborou pratos para quem quer celebrar as festas de fim de ano sem comer carne e de maneira saudável

21 de dezembro de 2021

O Boticário lança legenda para acessibilidade olfativa nas redes sociais

Iniciativa idealizada pela W3haus, a #QueCheiroTem traz descrições que ajudam a comunidade da marca a “sentir” as fragrâncias por meio das redes sociais.

20 de dezembro de 2021

Arquidiocese de Manaus divulga calendário para Natal e Ano Novo

Celebrações e missas solenes vão marcar o nascimento de Jesus, a Sagrada Família e o dia em honra de Santa Maria Mãe de Deus.

18 de dezembro de 2021

Chef de cozinha dá dicas de ceia de Natal com ingredientes amazônicos

Pirarucu à portuguesa, farofa de banana pacovã e arroz caboquinho são pratos que vão agradar a todos e por um preço bem camarada.

18 de dezembro de 2021

Presépio flutuante inicia visita às comunidades ribeirinhas hoje

A balsa irá passar em diversas comunidades da zona ribeirinha, levando brinquedos e o encanto do Natal. Nesta quinta-feira, a embarcação segue para a primeira viagem.

16 de dezembro de 2021

Ingestão de sucos pode ajudar na recuperação da ressaca pós-confras

Entre os sucos indicados estão os de abacaxi, beterraba, melancia, melão, maçã e morango, de acordo com a nutricionista.

15 de dezembro de 2021

Estudo revela desigualdades no acesso a tratamento do câncer de mama

De acordo com estudo realizado pela Fundação do Câncer, as pacientes do SUS chegam ao tratamento em estádios mais avançados do que as pacientes do setor privado.

15 de dezembro de 2021

Músico amazonense assina trilha sonora de ‘Um presente para o Natal’

Público pode conhecer o musical assinado por César Lima no espetáculo que é apresentado, diariamente, até o dia 23 de dezembro, no Teatro Amazonas, com sessões às 20h.

15 de dezembro de 2021