fbpx

terça, 30 de novembro de 2021

Artesão faz sucesso na internet e exporta obras para vários países

Ao RealTime1, o artesão de 47 anos falou sobre a profissão de entalhar e escupir em madeiras e revelou que hoje sustenta a família com itens exportados para vários países.

24 de outubro de 2021

Compartilhe

Natural do Nordeste, Francinaldo Rodrigues dos Santos, de 47 anos, vive em Boa Vista Roraima desde o início da década de 80. Nas redes sociais, o “discípulo entalhador”, como gosta de ser reconhecido, expõe verdadeiras obras de arte esculpidas em madeira. Segundo ele, os objetos são comercializados no Brasil e também em países do exterior.

Francinaldo Rodrigues, o “discípulo entalhador”, confeciona em pedaços de madeira verdadeiras obras de arte (Foto: Arquivo/Pessoal)

Ele também conta que dedicou 15 anos de sua vida ao Carnaval em Roraima. “Eu era nota 10 em fantasia e alegoria, e por esse tempo ficou com certeza ficou o aprendizado, pois eu aprendi muita coisa, principalmente com um carnavalesco famoso aqui em Roraima: o Marino Caldas – um estilista de primeira linha”, lembra o artesão.

Francinaldo explica que hoje, com o seu negócio de entalhes e esculturas, consegue sustentar toda a família: ele, a esposa e três filhos. Além disso, conseguiu comprar a casa própria e também montar uma oficina, onde confecciona as obras de arte.

Itens exportados para América, Ásia e Europa

Os itens confeccionados por Francinaldo, como placas de sítios e fazendas, imagens de animais da fauna amazônica, escudos de times, brasões de instituições, entre outros, são enviados para todo o Brasil e também para países do exterior, como EUA, Japão, Portugal, França e outros países.

Entre os itens mais comuns estão nomes talhados na madeira, que custam em média R$ 20. Já entre os mais caros, em média R$ 10 mil, o artesão dá como exemplo um painel de 2 metros de altura e por 1 metro de largura. O profissional explica que o carro-chefe do negócio são itens com a marca do Exército Brasileiro. “Eu recebo muitas encomendas de militares, principalmente placas para homenagens”.

Escudos do time Flamengoa, antes de passar pelo processo de envernização e pintura (Foto: Reprodução/Facebook)

O declínio e o recomeço

Antes de se dedicar a carreira artística com a confecção de artesanato, Francinaldo conheceu o mundo das drogas. Ele conta que chegou ao fundo do poço, mas encontrou no evangelho a sorte de mudar de vida, e não a desperdiçou.

Aos 12 anos, após uma separação conturbada entre os pais, o adolescente se viu à mercê da criminalidade. Nas ruas, conheceu as drogas e perdeu 15 anos de sua vida.

Nenhuma descrição de foto disponível.
Placa de sítio feita com a técnica de entalhe em mandeira (Foto: Reprodução/Facebook)

“A bebida abre todas as portas, e com 12 anos eu já bebia. Então, mergulhei no mundo das drogas. Provei de tudo que você possa imaginar, desde a cola até à pasta de cocaína. Fui me afundando cada vez mais nas drogas e lembro que quando eu tinha 16 anos Deus me livrou de uma overdose. Eu quase morri, pois estava esquelético [minhas roupas caiam do meu corpo] e eu entrei em depressão profunda. Eu me arrependia de tudo, mas culpava todos e Deus por aquela situação. Graças a ele eu pude sair daquela vida”, testemunha o homem.

Como adquirir as peças artesanais?

Se interessou pelo trabalha de entalhe e de escultura? As encomendas podem ser feitas pelo WhatApp no número (95) 9110-8712 ou pelas redes sociais Instagram (@discipuloentalhador) e Facebook (https://www.facebook.com/profile.php?id=100063881794174).

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

Leia mais sobre Comportamento

Cantora Ivete Sangalo terá série documental na HBO Max

A cada capítulo, Ivete recebe diversos músicos consagrados para um bate-papo e desenvolvimento de novas músicas.

30 de novembro de 2021

O Mundo Encantado do Natal traz diversas programações para Manaus; confira

A programação completa também pode ser acessada no Portal da Cultura, site da secretaria onde o público também deve agendar a visita aos espaços públicos e entrada no Teatro.

29 de novembro de 2021

Caprichoso vai reapresentar espetáculo ‘Tradição que Renasce’ em Manaus

Ingressos estão sendo vendidos no quiosque da loja Canto Caprichoso no Manaura Shopping no valor de R$ 100. Festa está marcada para o dia 11 de dezembro.

29 de novembro de 2021

Circuito Sesc de Corridas abre inscrições; prova será em 17 de dezembro

Prova terá modalidades de corrida e caminhada para o público a partir dos 15 anos de idade. Inscrições serão limitadas a 500 atletas e podem ser feitas até 15 de dezembro.

29 de novembro de 2021

Risco global referente à variante Ômicron é muito alto, diz OMS

O risco global está condicionado à possibilidade da variante Ômicron do coronavírus escape à proteção das vacinas e tenha vantagens na transmissibilidade.

29 de novembro de 2021

Segundo dia do Enem cobra dengue e carro elétrico e ignora Covid

Temas como dengue e extinção no Pantanal apareceram no exame, que cobrou questões de matemática e ciências da natureza.

28 de novembro de 2021

Casarão Cassina sedia debates do Climate Story Lab Amazônia

O evento Climate Story Lab Amazônia foi realizado pela primeira vez na América Latina, em estrutura administrada pela Prefeitura de Manaus.

28 de novembro de 2021

Projeto cultural quer levar estudantes aos museus sem sair de casa

Atividades acontecerão entre dezembro de 2021 e maio de 2022. Estudantes de 11 a 17 anos da rede pública de ensino são convidados a conhecerem exposições virtuais em museus.

27 de novembro de 2021