fbpx

quarta, 17 de agosto de 2022

Entusiasmo de governador e prefeito esbarra na vontade da população

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

14 de junho de 2021

Compartilhe

Foi um sucesso inegável o mutirão de vacinação realizado no fim de semana em parceria inédita entre a Prefeitura de Manaus e Governo do Amazonas. O entusiasmo com o resultado da ação ficou evidente na coletiva de imprensa convocada pelo governador Wilson Lima (PSC) e pelo prefeito David Almeida (Avante), na manhã desta segunda-feira (14). Ambos protagonizaram um clima de comemoração entre “melhores amigos”. A parcela da população que ainda se recusa a receber a imunização, entretanto, acaba se transformando em empecilho ao entusiasmo em prol da vacinação de todos na capital.

___

LONGE DA META

Para o mutirão do final de semana, por exemplo, a meta anunciada na sexta-feira (11) era a vacinação de 214 mil pessoas. O resultado final de 141 mil pessoas, portanto, ficou aproximadamente 71 mil doses aquém da meta estipulada. E aí, governo e prefeitura não têm nenhuma culpa. A vacinação depende, em última instância, da vontade individual de cada um, que tem que se deslocar até o local de imunização disposto a ser vacinado.

___

NÃO É SUPERMERCADO

O médico e cientista Dráuzio Varella criticou em suas redes sociais o fato de algumas pessoas quererem escolher qual o imunizante que vão tomar. Essa seletividade, segundo o médico, pode explicar o fato de algumas deixarem de tomar a vacina quando chega sua vez, por quererem tomar outra “marca” além da que está sendo oferecida. “Posto de vacinação não é supermercado, onde você escolhe que produto vai levar”, disse o médico. A questão levantada por Varella pode explicar o número de pessoas que não se imunizaram no mutirão do fim de semana.

___

NOVA AÇÃO EM 15 DIAS

Em seu pronunciamento, o governador Wilson Lima fez alguns anúncios. Entre eles o de que um novo mutirão de vacinação nos mesmos moldes será realizado em breve. “David, vai se preparando que daqui a uns 15 dias a gente vai fazer outra ação dessas”, avisou o governador. Wilson também afirmou que nesta quarta-feira (16), o Estado receberá mais uma remessa de 44 mil doses e que todas essas serão entregues para Manaus.

___

VACINAÇÃO DE ADOLESCENTES

Wilson Lima também afirmou que fez uma consulta ao Ministério da Saúde para saber se pode usar a vacina da Janssen em adolescentes de 12 a 17 anos com limitações ou comorbidades, já que o imunizante é o único que foi testado em pessoas desta faixa etária. Um lote das vacinas está sendo esperado desde a semana passada. O desembarque das vacinas, contudo, vem sendo adiado desde então.

___

SEM TERCEIRA ONDA

Muito entusiasmado com o mutirão do fim de semana, o prefeito David Almeida afirmou que Manaus não terá terceira onda de Covid-19 porque será a primeira capital a vacinar toda a população. O prefeito afirmou que 40,76% de todos os adultos vacináveis de Manaus já receberam a primeira dose da vacina. David aproveitou para anunciar que, na próxima quinta-feira (17), vai apresentar o “maior pacote de obras e recuperação econômica da cidade de Manaus”.

___

SALÃO DE BELEZA ESSENCIAL

A Câmara Municipal (CMM) apresentou sua contribuição para que em Manaus quase todos os serviços sejam considerados essenciais. Após a Assembleia Legislativa determinar que templos, academias e escolas são essenciais e não podem ser fechados em tempos de pandemia, a CMM decidiu que os salões de beleza da capital oferecem um serviço essencial à população e também não poderão ter seus préstimos interrompidos.

___

VAZANTE À VISTA

Após passar nove dias estabilizado na cota de 30 metros, o nível do Rio Negro baixou um centímetro nesta segunda-feira (14), ficando na cota de 29 metros e 99 centímetros. A tímida baixa aponta para a chegada da vazante do rio. Não se sabe, entretanto, se ainda vai ocorrer o fenômeno do repiquete, que é quando, após começar a baixar, o rio volta a subir alguns centímetros antes da vazante definitiva.

Leia mais a Coluna TEMPOREAL

PC-AM abre inscrições de concurso para peritos, investigadores e escrivães

Os salários para escrivão e investigador são de R$ 12.948,78. Para perito criminal, perito legista e perito odontolegista o valor sobe para R$ 16.237,85.

3 de janeiro de 2022

Concurso para delegado da Polícia Civil prevê salário inicial de R$ 20 mil

As provas objetiva e discursiva serão realizadas nos municípios de Coari, Eirunepé, Humaitá, Itacoatiara, Manaus, Parintins, Tabatinga e Tefé.

3 de janeiro de 2022

Segurança recebe equipamentos e 1,6 mil PM’s são promovidos nesta quarta

Os veículos e equipamentos a serem entregues por Wilson Lima na noite de hoje fazem parte do programa Amazonas Mais Seguro, coordenado pela Secretaria de Segurança Pública.

22 de dezembro de 2021

Prefeitura divulga edital do concurso da Semsa no dia 27 de dezembro

Há vagas para médico, enfermeiro, cirurgião-dentista, farmacêutico, nutricionista, psicólogo, assistente social, fiscais de saúde, técnico em enfermagem, entre outros.

22 de dezembro de 2021

Concurso da PC-AM tem 300 vagas para peritos, investigadores e escrivães

Os salários para escrivão e investigador são de R$ 12.948,78. Para perito criminal, perito legista e perito odontolegista o valor sobe para R$ 16.237,85. Confira o edital!

20 de dezembro de 2021

Edital de concurso para delegado da Polícia Civil do Amazonas é publicado

Os candidatos a uma das 62 vagas para o cargo de delegado terão pela frente duas fases com várias etapas de classificação e eliminação. O salário é de mais de R$ 20 mil.

17 de dezembro de 2021

Edital do concurso da Polícia Civil é lançado no Amazonas com 362 vagas

Vagas são para delegado, investigador, escrivão, perito, médico legista e odontolegista, além de cadastro de reserva. Provas objetivas e discursivas ocorrem em abril de 2022.

17 de dezembro de 2021

Servidores estaduais vão receber salário de dezembro nos dias 20 e 21

O benefício atende 117 mil servidores do Amazonas. Com a medida, serão injetados na economia do estado R$ 383 milhões antes das festas de Natal e Ano Novo.

15 de dezembro de 2021