fbpx

domingo, 24 de janeiro de 2021

Projeto que arrecada doação de cabelos completa um ano

O projeto "Fios de Vida", foi idealizado pela vereadora Mirtes Salles (Republicanos) e visa melhorar a autoestima de mulheres que perderam os cabelos no enfrentamento de câncer.

6 de outubro de 2020

Compartilhe

A doação pode ser de qualquer tipo de cabelo (Foto: Divulgação)

O projeto “Fios de Vida, doar cabelos é um gesto de amor” completa no próximo dia 10 de outubro, um ano. A proposta é arrecadar doações de cabelos para confecção de perucas às mulheres vítimas de perca de cabelo, especialmente, câncer de mama.

De acordo com a idealizadora do projeto, vereadora Mirtes Salles (Republicanos), 12 mulheres já foram beneficiadas com perucas. Entre elas, Marinei Maquiné, 37 anos, que enfrenta o câncer de mama e sofre com a queda de cabelo.

“No primeiro momento, queria que o tratamento fizesse efeito logo. Com o tempo, meu filho perguntava quando o cabelo ia crescer. Tudo isso mexeu comigo e me deixou mais forte para buscar a cura”, afirmou Marinei.

Para Mirtes, que é presidente da Comissão de Defesa e Proteção dos Direitos da Mulher da Câmara de Manaus, o objetivo é melhorar a qualidade de vida e autoestima dessas pessoas.

“Nossa ideia é resgatar a autoestima dessas meninas e mulheres, mostrando que elas podem sim ficar bonitas e femininas com o uso dessas perucas. Com o Fios de Vida, construímos um caminho de amor e sonhos, propiciando um recomeço para essas pacientes, não apenas com câncer de mama, mas também vítimas de escalpelamento, alopércia, entre outras doenças causadoras da queda de cabelo”, explicou Mirtes.

A parlamentar informa, ainda que durante esse primeiro ano do projeto, já foram recebidas mais de 23 doações.

Como doar

A doação pode ser de qualquer tipo de cabelo. Apenas é necessário seguir as seguintes recomendações: o cabelo precisa ter comprimento de no mínimo um palmo (15 cm) e ficar bem preso com um elástico. É preciso avisar ao cabeleireiro que o corte será para doação, após isso o cabelo cortado deverá ser posto em um saco plástico ou caixa.

Para mais informações sobre o projeto, o interessado deve entrar em contato pelo whatsapp: (92) 99288-9548.

Leia mais:

Veja mais notícias

Vereador vai receber demanda da população em gabinete virtual

Vereador da CMM Amom Mandel lança neste domingo (10), o ‘Gabinete Online”. O parlamentar abre, ainda, conta no Instagram exclusiva para conteúdos do gabinete.

9 de janeiro de 2021

Wallace Oliveira propõe sepulturas verticais em cemitérios de Manaus

O objetivo, segundo ele, é contribuir com uma solução rápida e eficaz para o problema de falta de espaço nos cemitérios, agravado pelo aumento no número de mortes por covid.

8 de janeiro de 2021

Câmara de Manaus suspende atendimento ao público até março

O legislativo já estava trabalhando em forma de revezamento e com quantidade de servidores reduzidos, desde que julho de 2020. A CMM também decretou regime de teletrabalho.

7 de janeiro de 2021

No parlamento, vereador Allan Campelo quer cuidar da juventude

O parlamentar que é psicólogo disse que já atua com os jovens, através de trabalhos sociais e pretende levar essa atuação para a Câmara Municipal de Manaus.

6 de janeiro de 2021

David Reis já começou a definir equipe interna de diretores na CMM

A Procuradoria Geral continua tendo como responsável Roberto Nakajima Fernandes, que é filho de Junior Fernandes, que já integrou a corte do Tribunal Regional Eleitoral.

6 de janeiro de 2021

Capitão Carpê não quer que policiais fiquem de prontidão em quartéis

O vereador Capitão Carpê (Republicanos) pede que os policiais militares não sejam obrigados a ficar nos quarteis, em sobreaviso, correndo risco de se contaminarem.

5 de janeiro de 2021

Vereador Peixoto recebe representantes indígenas na Câmara

Segundo o parlamentar, o encontro ocorreu para alinhar futuras ações realizadas para o benefício das comunidades rurais de Manaus, em especial os indígenas.

5 de janeiro de 2021

Rodrigo Guedes quer impedir aumento de salário dos vereadores

Vereador também criticou o aumento proposto e aceito aos deputados da Assembleia Legislativa. Para ele, não é o momento ideal para quaisquer acréscimo nos valores.

4 de janeiro de 2021